Fabricantes

11/05/2011 11h13 - Atualizado em 14/07/2011 06h49

Modder constrói Gamecube portátil

Arthur Figueiredo
por
Para o TechTudo

Transformar consoles domésticos em versões portáteis totalmente funcionais é uma tarefa árdua e muitas vezes inatingível, mas o modders têm chegado nos últimos anos a níveis impressionantes. Interessante notar é que o console mais modificado é exatamente um dos mais criticados das gerações recentes, o Nintendo Gamecube, e este não poderia ser diferente.

Gamecube Fusion (Foto: Divulgação)Gamecube Fusion (Foto: Divulgação)

O modder conhecido apenas como Ashen criou um aparelho interessante em sua garagem: o Gamecube Fusion, que não usa os infames mini-DVDs, mas sim roda jogos do console na forma de ROMs, transferidos para cartões SD através de emuladores instalados. (Não custa torcer para que ele tivesse os jogos originais e apenas fez um backup para as ROMs.) Ele traz controles completos direto na placa, além de uma saída para um controle externo (para um segundo jogador), tudo refrigerado por um poderoso cooler de notebook.

Em uma razoavelmente elegante construção com estilo visual do Wii (os botões são quase todos do controle Classic), e layout num meio-termo entre Gameboy Advance e PSP – é possível que tenha o peso do Game Gear –, o sistema apresenta uma brilhante tela de LCD de cinco polegadas. O estranho portátil realiza todas as funções do seu correspondente de mesa mas, estranhamente, não possui bateria interna: ele deve ficar ligado à uma tomada próxima o tempo todo. Talvez na próxima versão?

O mais curioso deste projeto é a época da sua divulgação. O sucessor do Wii, que tem o codinome Project Café, e deverá ser mostrado na E3 em poucas semanas, supostamente terá um controle que inclui, ao mesmo tempo, os botões padrão do controle Classic, mais uma tela central, para funções que o próprio Gamecube tinha ao ser ligado ao Gameboy Advance. Coincidência?

Assista a um vídeo explicativo do Gamecube Fusion, em inglês:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares