Sistemas Operacionais

20/05/2011 18h37 - Atualizado em 14/07/2011 06h47

O funeral do Windows Mobile 6 já está marcado: 15 de julho

André Fogaça
por
Para o TechTudo

Esta notícia não é muito positiva para as pessoas que estão ainda utilizando alguma versão entre o Windows Mobile 6 e o Windows Phone 7, pois a Microsoft decretou oficialmente que todas as versões do Windows Mobile 6.x não vão mais receber nenhum aplicativo novo, ou seja, ela marcou a data do velório e do funeral do seu sistema operacional voltado para smartphones.

Windows Mobile 6.1 (Foto: Divulgação)Windows Mobile 6.1 (Foto: Divulgação)

Oficialmente apareceram cinco versões depois do lançamento do Windows Mobile 6.0 em fevereiro 2007, todas com alguma melhoria em relação a versão anterior, tentando trazer mais dedos na tela do que canetinhas stylus. Mas a partir do dia 15 de julho deste ano, a Microsoft não vai mais aceitar aplicativos ou atualizações de aplicativos existentes para o Windows Mobile 6.x.

Isso não significa que o seu aparelho comeste sistema operacional vai parar de funcionar, ele só não vai mais receber nenhuma atualização ou novo app, mas você vai poder continuar baixando e comprando apps que ainda não tem, ao menos por enquanto.

Além de não receber novos aplicativos, os valores que são cobrados por alguns no Windows Marketplace também não poderá ser alterado, nem qualquer informação lá publicada poderá ser modificada. Será que agora a Microsoft consegue empurrar todos os desenvolvedores, que estavam no mundo do Windows Mobile, para a nova plataforma que já existe desde outubro de 2010, o Windows Phone 7? É o que a gigante do software precisa para que os aparelhos com este sistema operacional possam finalmente gravar bons números de vendas ao redor do mundo.

Via: Winrumors

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares