Video game

20/05/2011 12h39 - Atualizado em 14/07/2011 06h47

Rune Factory: Tides of Destiny confirmado nos EUA para Nintendo Wii e PlayStation 3

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Após muita incerteza rondando o mais novo RPG da série Rune Factory da Natsume que foi lançado no Japão já em Fevereiro desse ano como Rune Factory: Oceans, finalmente se clareou o destino deste capítulo, confirmado agora para localização nos Estados Unidos, sob o nome de Rune Factory: Tides of Destiny, tanto para o Nintendo Wii, quanto pela primeira vez nos consoles da Sony, com o PlayStation 3

Rune Factory: Tides of Destiny (Foto: Divulgação)Rune Factory: Tides of Destiny (Foto: Divulgação)

“Nós sabemos que nossos fãs leais tem esperado pacientemente notícias de um lançamento norte-americano para Rune Factory: Tides of Destiny, então estamos excitados em anunciar que a mais recente entrada na série favorita dos fãs está a caminho. Melhor ainda, essa iteração está vindo para ambos, o Wii e o PlayStation 3“, disse o presidente e chefe executivo da Natsume, Hiro Maekawa. 

Neste capítulo, jogadores saem um pouco das certezas da terra firme para explorar o vasto oceano, no papel dos personagens Aden e Sonja, que se deparam com uma estranha maldição que coloca suas duas almas em um único corpo. A dupla ainda fará amizade com o gigante de pedra Ymir, e com sua ajuda cruzarão os oceanos para resolver essa maldição e salvar sua ilha. 

Rune Factory é uma série dissidente do clássico Harvest Moon, que mistura os antigos elementos de agricultura e relacionamentos em uma nova roupagem de aventura, permitindo que você não só cultive seu sustento e encontre uma esposa, mas saia pelo mundo para se aventurar enquanto faz tudo isso.

Segundo a Natsume, o jogo fará sua primeira aparição pública na Electronic Entertainment Expo, E3, 2011 e será lançado ainda esse ano.

Via Destructoid e GoNintendo

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares