Sistemas Operacionais

16/06/2011 18h32 - Atualizado em 14/07/2011 06h41

Adobe Air deixa o Linux

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Fãs do código aberto, parece que será preciso procurar o Android se vocês quiserem continuar usufruindo de programas com a tecnologia Air, da Adobe. A empresa anunciou nesta quinta-feira (16) que a versão atual, a 2.7, será a última a suportar o sistema operacional Linux. O motivo seria a concentração de esforços em plataformas móveis, como o próprio software do Google e mesmo o iOS.

Adobe Air (Foto: Reprodução/Renato Tarantelli)Adobe Air (Foto: Reprodução/Renato Tarantelli)

A decisão não surpreende tanto do ponto de vista comercial. No mercado de desktops, os sistemas baseados em Linux são responsáveis apenas por cerca de 2%, deixando o resto para Macs (7%) e, claro, para o Windows (mais de 80%). Além disso, há uma óbvia demanda grande de aplicativos para smartphones e tablets, plataformas em franca ascensão – somente o iOS conta com 2,80% de participação entre os sistemas mais populares.

“Com a distribuição do Linux para desktops, vemos uma curva de crescimento basicamente inexistente, flutuando por volta de 1%”, disse a Adobe em comunicado. “E, desde o lançamento do AIR, temos visto apenas uma participação de apenas 0,5% de downloads”, continua.

Mesmo com o desânimo, a empresa vai fornecer um “kit de conversão Linux” para o Air aos parceiros open-source para proporcionar um meio de criarem aplicativos com a tecnologia. Se você é usuário e está já pensando que terá de deixar de usar o TweetDeck por conta dessa restrição, saiba que o cliente para Twitter já possui uma versão plenamente funcional em HTML5 para o navegador Chrome, com visual renovado (parecido com a versão para iPhone).

Via: OMG! Ubuntu

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares