Jogos de ação

15/06/2011 12h58 - Atualizado em 14/07/2011 06h42

Id Software compara jogos FPS com McDonald's

Alexandre Silva
por
Para o TechTudo

Os jogos de tiro em primeira pessoa (FPS) fazem parte do gênero que mais se popularizou na geração atual de consoles, sendo os títulos que mais venderam no mercado até hoje, batendo recordes mundiais. Para termos noção do que o gênero FPS se transformou na indústria, basta olharmos séries como Call of Duty, Battlefield e muitos outros jogos de várias empresas, que tentam o seu lugar ao sol nessa disputa. 

Rage (Foto: Divulgação)Rage (Foto: Divulgação)

Mas quem tem uma opinião curiosa em relação ao sucesso desse gênero, é justamente o diretor de criação da Id Software, a empresa que deu vida aos FPS na indústria de games. Para Tim Willits, a maioria dos FPS podem ser comparados ao McDonald’s, onde a fórmula usada é sempre a mesma e vende bem. 

Falando do novo jogo que o estúdio está sendo produzido, Rage, este não terá o mesmo caminho que todos os FPS que conhecemos atualmente. Willits está convicto nisso, pois foram eles quem inventaram o Deathmatch nos games, e eles não querem colocar em Rage, elementos que já estiveram em Doom, Wolfenstein e Quake. Em resumo, os produtores querem que a experiência single-player e multiplayer em Rage se sustentasse por conta própria, e que fosse diferente dos outros títulos já lançados no passado. 

Mas e as outras produtoras, deverão seguir os mesmos passos que a Id Software começou a dar? Willits espera que sim, pois todo mundo está sempre fazendo a mesma coisa. Segundo ele, seria melhor que olhassem para aquilo que os seus jogos oferecem e que pegassem um elemento divertido no single-player e transformassem em algo no multiplayer, assim como eles fizeram com os veículos. Termina dizendo que comparar Rage com outros FPS é igual o Mc Donald’s, onde em cada esquina existe um, mas não quer comer lá todos os dias. Tem vezes que um bife é melhor. 

Via Eurogamer

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares