Tablet

14/06/2011 16h00 - Atualizado em 14/07/2011 06h42

Shadowgun promete gráficos de ponta e 60 fps no iPad 2

Bruno do Amaral
por
Para o TechTudo

Até hoje, Real Racing 2 e Infinity Blade disputavam o posto de jogo mais “bonito” da App Store, principalmente após a chegada do iPad 2 com seus gráficos mais poderosos. Mas a produtora tcheca Madfinger Games mostrou na E3 na semana passada em Los Angeles, nos Estados Unidos, que está pronta para competir com seu Shadowgun, um título de ação fortemente inspirado na série Gears of War.

Shadowgun (Foto: Divulgação)Shadowgun (Foto: Divulgação)

Ao contrário dos concorrentes, o game tem a vantagem de ser multiplataforma. Ele é compatível não só com iOS, mas também dispositivos com o sistema operacional Android, do Google, desde que estejam equipados com o processador Tegra (imaginamos que tanto a primeira quanto a segunda versão, com dual-core), da NVIDIA.

Além disso, Shadowgun funciona bem em aparelhos Apple de gerações anteriores, rodando a 30 fps (quadros por segundo, na sigla em inglês) no iPad original e no iPhone 4 e 3GS. Claro, no iPad 2, com muito mais capacidade de processamento, o game flui a 60 fps, o que não dá para perceber tanto pelo vídeo de demonstração no YouTube (embora saibamos que está lá).

Mas já é possível perceber como o jogo é bonito, com gráficos extremamente detalhados chegando a exibir complexos efeitos de luz dinâmica. O personagem principal é John Slade, um caçador de recompensas que procura o Dr. Edgar Simon, um geneticista que gosta de colocar mutantes, ciborgues e humanóides “geneticamente aperfeiçoados” como soldados contra você.

A perspectiva em terceira pessoa lembra muito Dead Space e o próprio Gears of War, então quem está acostumado com esses títulos não terá dificuldades. A jogabilidade ainda parece meio básica, com cenários repetitivos e tiroteios sem inspiração, mas a produtora Madfinger ainda está desenvolvendo o título em seus escritórios na cidade de Brno, distante duas horas de Praga, na República Tcheca

Shadowgun chegará à App Store e Android Market em setembro deste ano. A produtora ainda não informou o preço do aplicativo, mas se a engine utilizada é mais “econômica” do que a Unreal, de Infinity Blade, poderíamos esperar ao menos um custo competitivo com esse tipo de jogo. Ficaremos de olho.

Via: Destructoid, TouchArcade

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares