12/07/2011 17h14 - Atualizado em 14/07/2011 06h37

Japão apresenta a montanha russa mais íngreme do mundo

André Fogaça
por
Para o TechTudo

Se você é uma das pessoas que amam incondicionalmente as montanhas russas, saiba que a mais íngreme do mundo está localizada no Japão. Ela chama-se Takabisha e consegue acelerar o carro que vai nos trilhos a uma velocidade de 160 quilômetros por hora e sobe 43 metros à 90 graus.

Montanha russa Takabisha (Foto: Divulgação)Montanha russa Takabisha (Foto: Divulgação)

Se você quer conhecer absolutamente todas as maiores montanhas russas do mundo seja ela a mais longa, a mais alta, ou qualquer outro padrão para chamá-la de maior montanha russa do mundo, é bom marcar a terra do sol nascente, ou seja, o Japão, em sua lista de países que deve visitar para conhecer a montanha russa que tem a subida mais íngreme do mundo.

Ela fica no parque chamado Fuji-Q Highland, que fica na cidade japonesa de Fujiyoshida, e guarda uma montanha russa nada convencional, ela tem uma subida que te coloca à 90 graus durante 43 metros para te jogar em uma quase queda livre de 121 graus, já que ela chega a descer e voltar um pouco para a direção da subida para depois seguir seu caminho.

Veja o vídeo da Takabisha em funcionamento:


Esta montanha russa japonesa conseguiu tirar do trono a francesa Le Timber Drop, com 113,1 graus de queda. O investimento para a criação desta montanha russa foi de nada menos de que 37 milhões de dólares e uma passagem por toda a extensão da montanha russa leva 112 segundos ao custo de US$ 12,50. Confira dois vídeos, sendo que um mostra a sensação da queda que é proporcionada e outro onde é apresentada a montagem de toda a montanha russa em time lapse.

Vídeo da construção da Takabisha:


Via: TechCrunch

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares