Fabricantes

27/07/2011 14h44 - Atualizado em 27/07/2011 14h44

Veja o Kit que a Nintendo enviou para as vítimas do terremoto no Japão

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

Após os eventos do terremoto e da tsunami que devastaram a costa nordeste do Japão, um investidor da Nintendo perguntou por que a empresa não havia doado itens para os sobreviventes nos abrigos. O presidente da companhia respondeu então que havia doado, mas sem fazer propaganda a respeito. Conheça agora o kit que os japoneses receberam. 

Veja o Kit que a Nintendo enviou para as vítimas do terremoto no Japão (Foto: Tiny Cartridge)Veja o Kit que a Nintendo enviou para as vítimas do terremoto no Japão (Foto: Tiny Cartridge)

Os sobreviventes vivendo em abrigos no Japão receberam sistemas Nintendo DSi XL (conhecido como Nintendo DSi LL no Japão), que contam com telas maiores que os tradicionais, em edições especiais e limitadas, na cor amarela. Por se tratar de uma edição tão limitada, essas unidades poderiam valer bastante em caso de leilão. 

A Nintendo deu um passo além do necessário quando além dos sistemas incluiu também no pacote um periférico chamado TV Tuner, que permite que o Nintendo DSi capte a programação da televisão, dando assim a oportunidade para que as pessoas ficassem antenadas quanto às notícias envolvendo a catástrofe. 

Tudo isso teria ficado em segredo, como a Nintendo desejava, atitude comum entre empresas que praticam caridade. Ela veio abaixo devido à transcrição de uma reunião de investidores, seguida agora por essas fotos que confirmaram o pacote que as pessoas receberam. 

Durante uma reunião da Nintendo com seus investidores, um deles perguntou a Satoru Iwata por que a empresa não teria ajudado as vítimas no Japão. O presidente da companhia então revelou que o fez, em seguida pedindo que aquela resposta fosse removida da transcrição. Sites que cobriam a reunião, no entanto, mantiveram essa parte, permitindo que ficássemos sabendo. 

Via Tiny Cartridge

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares