Fabricantes

27/07/2011 13h28 - Atualizado em 27/07/2011 13h28

Videogame Atari 2600 revestido com ouro 24k

 Alessandro Iglesias
por
Para o TechTudo
Atari 2600 banhado a ouro 24 quilates. (Foto: Divulgação)Atari 2600 banhado a ouro 24 quilates. (Foto: Divulgação)

Muitas vezes, consoles de videogames tornam-se muito mais que apenas uma central de diversão, mas verdadeiros templos de inserção. E, por essa função tão nobre, são merecedores de, digamos, agrados de seus donos. Muitas empresas perceberam isso há tempos e lançaram no mercado versões comemorativas e deluxe de seus consoles, causando frisson nos clientes.

Marcas à parte, potencialmente todo jogador já quis customizar seu videogame, mas nem sempre sabe como ou não possui os recursos desejáveis. Entretanto, membros da Urchin Associates levaram a modalidade à frente em 2009 e acabaram de concluir o projeto Gold Mine, All Mine.

Gold Mine, All Mine. (Foto: Divulgação)Gold Mine, All Mine. (Foto: Divulgação)

A base do Gold Mine, All Mine foi um Atari 2600, possivelmente um dos consoles de videogame mais queridos de todos os tempos. Em gratidão às inúmeras horas de diversão proporcionadas pela criação do fundador da Atari, Nolan Bushnell e sua equipe banharam o idoso videogame, lançado em 1977, a ouro 24 quilates, materializando toda sua merecida realeza.

Ao contrário do que se esperaria, nenhuma parte do Atari 2600 foi negligenciada, até mesmo os cabos dos joysticks foram banhados, aumentando ainda mais uma dúvida: será que este Atari ainda funciona? Certamente essa é uma questão menor para os fãs que desenvolveram o casemod, já que eles devem possuir (ainda) um Atari 2600 extra totalmente funcional; ou, caso não tivessem, bastaria comprar um no eBay, afinal, quem possui recursos para banhar com 24K um videogame seguramente pode comprar alguns consoles backup.

Via: TechnaBob

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares