TechTudo

18/08/2011 08h53 - Atualizado em 19/08/2011 18h29

Mãe bate em filho com cabos de computador por usar Facebook

Aline Carvalhal Da redação

Althea Ricketts (Foto: Reprodução)Althea Ricketts (Foto: Reprodução)

Althea Ricketts, de 62 anos, decidiu bater no filho usando cabos de computador após ler a mensagem postada por ele em seu perfil do Facebook. Ela foi avisada por um amigo sobre a “perturbadora” atualização de status da criança na rede social que dizia: “Eu quebrei um copo de propósito e guardei um pedaço de vidro pra brincar mais tarde.” Um vizinho afirmou que a criança, cujo nome e idade não foram divulgados, tem histórico de autoflagelação.

A polícia foi chamada quando a criança fugiu de casa e declarou a um vizinho que estava com medo de apanhar da mãe novamente caso voltasse para casa. O oficial Josean Velez, que conduziu a investigação, disse que a mãe admitiu ter batido no filho e estava zangada por ele ter dito que não tinha Facebook. “ela declarou que bater em uma criança com cabos é uma maneira comum de disciplinar os filhos no lugar de onde ela veio”.

Ricketts foi acusada de agressão a menor e está detida sem direito a fiança.

Via AllFacebook

 

 

 

  

  • imprimir
  • Compartilhar no Orkut
  • Enviar para um Amigo
140 caracteres

Verificação de segurança

Gênero

  • Maria Santana
    2012-01-16T10:07:56

    Cresci apanhando quando fazia algo de muito errado, como é o caso do garoto, e hoje sou uma mulher de bem, construí minha própria família com muito amor. É um absurdo que tenham prendido essa mãe, provavelmente assustada com o nível do problema do filho. Sim, é um garot extremamente perturbado. Ela deve fazer o que, se sentar e chorar? Colocá-lo de castigo, para que assim que ela se virar, ele voltar a autoflagelar-se? Ao menos uma boa surra vai marcar na cabeça da criança que seus atos geram consequencias terríveis. Se bem que, nesse caso, talvez ele até goste...

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Gilda Taveira
    2011-08-19T15:52:12

    Não estou fazendo apologia de surrar crianças com cabos, fios,cintos, etc. Mas não podemos ignorar q este tiipo de punição ainda é muito comum, principal/ no interior e em familias carentes.Muitas vezes os filhos tem mais cultura e conhecimento do q os próprios pais, q pararam no tempo p/ trabalhar e sustentar a familia. E como mesmo tento apanharam de forma violenta qdo crianças, e se acham vencedores na vida (e são) por terem conseguido ter familia organizada,fillhos na escola,etc.Não entendem q surra d cinto pode fazer mal aos filhos,uma vez q tb apanharam e são "pessoas de bem"

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Gilda Taveira
    2011-08-19T15:38:12

    O caso foi muito mal resolvido.O menino,segundo vizinhos,tem um perfil "masoquista" ou de culpa, já q ia usar o vidro p/se ferir e já se auto flajelou outras vezes:precisa ter ao menos uma avaliação psicológica séria p/ saber se tem ou não este problema e tratá-lo. Por outro lado,não podemos culpar a mãe, muito menos prende-la! Parece ser uma pessoa ignorante,e já deve ter visto na TV os alertas sobre os perigos no mau uso das redes sociais.Ao saber q o filho usava o facebok d forma escondida,resolveu puni-lo p/ protegê-lo d tais perigos.Usar cabo p/bater é algo + comum d q se pensa.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Anselmo Rosa
    2011-08-18T18:32:25

    Para as pessoas que acreditam que a agressao e um meio valido para " educar " podem responder como sao tratadas quando erram? Provavelmente resolvem na negociacao, na conversa e no acordo, porque bater em quem nao pode se defender? Entendo que antigamente as pessoas eram mais ignorantes e nao sabiam conversar com seus filhos e passaram essa " verdade " para eles, que por sua vez passaram adiante e por ai vai, educar e amar mas devemos entender os limites para isso

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Valecio Viana
    2011-08-18T16:53:03

    Vai ser mais um marginal, coitado... Já aprendeu que a mãe não pode repreender as coisas que ele faz. Então, vai achar que é o dono do mundo. Depois de umas "cabadas" (hehe), a mãe está presa. E ele livre para fazer o que quiser sem ser repreendido. Até concordo que ela exagerou ao usar cabos, mas pior é a situação do garoto, que agora não vai ter limites.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário

TechTudo.com.br © Copyright 2010-2014 Globo Comunicação e Participações S.A. Política de Privacidade