Jogos de ação

15/08/2011 14h31 - Atualizado em 15/08/2011 14h31

Novo Silent Hill manterá a qualidade, mesmo sem compositor

Dori Prata
por
Para o TechTudo

Desde que a Konami revelou o próximo capítulo da série Silent Hill (Downpour), os fãs tem tido alguns motivos para desconfiar do jogo. Além do desenvolvimento estar nas mãos da Vatra Games, estúdio checo formado por ex-integrante da Kuju Entertainment, e que no portifólio só tem o jogo Rush’n Attack: Ex-Patriot, eles também tiveram que aceitar a idéia de que pela primeira vez o compositor Akira Yamaoka não assinaria a trilha sonora de um título da franquia. 

Silent Hill: Downpour (Foto: Divulgação)Silent Hill: Downpour (Foto: Divulgação)

Dono de um estilo singular, o nome do japonês praticamente virou sinônimo de Silent Hill. É fácil encontrarmos pessoas que defendem a idéia de que grande parte da atmosfera da série deve ser creditada ao excepcional trabalho de Yamaoka, mas após alguns desentendimentos com a Konami, ele decidiu deixar a companhia. 

Porém, para tentar amenizar os ânimos dos fãs, o diretor de design da Vatra, Brian Gomez, garantiu que não há motivos para preocupações e defendeu o responsável pela trilha do jogo, cujo trabalho pode ser conferido na série para TV Dexter

“Fiquei preocupado quando o perdemos, o que aconteceu bem no início do desenvolvimento do Downpour. Mas eu já era um grande fã do Dexter, então fiquei feliz de termos fechado com o Daniel Licht. Ele é o mais próximo do Akira, mas ainda assim trará algo de novo para a série. 

Ainda que eu adoraria trabalhar com Akira, não acho que perderemos por não tê-lo no jogo.” 

Com versões para Xbox 360 e Playstation 3, teremos que esperar até o dia 25 de outubro para saber se eles conseguirão entregar um Silent Hill tão bom quantos os primeiros da franquia. 

Via Joystiq

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares