Jogos de ação

29/08/2011 09h45 - Atualizado em 29/08/2011 09h48

Revelados todos os modos e detalhes dos mapas multijogador de Gears of War 3

Rodrigo Tadeu
por
Para o TechTudo

A Epic Games revelou finalmente os mapas do modo multijogador que farão parte da versão final de Gears of War 3.

Faltando menos de um mês para o lançamento mais aguardado da história dos videogames, a Epic Games e Microsoft Studios revelaram nesta sexta feira (26) as informações completas dos mapas do modo multijogador de Gears of War 3, incluindo a revelação do mapa Gridlock. O campo de batalhas favorito dos jogadores de Gears of War e Gears of War 2 está de volta.

Gears of War 3 (Foto: Divulgação)Gears of War 3 (Foto: Divulgação)

Gears of War 3 promete proporcionar a experiência de jogo multijogador mais explosiva do ano, com 10 mapas baseados nos cenários do modo campanha e que poderão ser jogados nos três modos de jogo: Versus Multiplayer, Beast e Horde. Fora isso, Gears of War traz uma versão modificada de Gridlock, o lendário mapa que redefiniu a jogabilidade multijogador nos dois primeiros jogos da série.

Com gráficos melhorados e novos pontos para os jogadores voltarem depois de mortos, o novo Gridlock foi tomado pela escuridão da noite, forçando os jogadores a andarem na ponta dos dedos e trabalharem em equipe, enquanto surpreendem os inimigos saindo das sombras.

Graças a participação de milhões de jogadores que estiveram na versão beta, os mapas Old Town, Thrashball e Trenches também sofreram alterações para oferecerem uma jogabilidade mais balanceada, tanto para jogadores veteranos, como para os menos experientes. Por exemplo, Trenches agora conta com uma nova área de combate que muda significativamente a dinâmica dos tiroteios, e modificações similares foram feitas no Thrashball para melhor a volta do jogador depois de morrer e prevenir a prática de ficar escondido para surpreender o inimigo.

Gears of War 3 (Foto: Divulgação)Gears of War 3 (Foto: Divulgação)

Para dar boas vindas aos jogadores recém chegados ao universo de Gears of War. Gears 3 conta agora com uma playlist Casual, onde eles poderão competir com outros jogadores do mesmo nível técnico e de habilidades semelhantes. Baseado em uma grande quantidade de dados e testes, a Epic consegue detectar certos padrões, o que possibilita manter uma área neutra onde os iniciantes podem aperfeiçoar suas habilidades, se divertirem e prepararem-se para entrar em salas com jogadores mais avançados.

Veja abaixo a lista completa de mapas presentes em Gears of War 3, junto com uma descrição detalhada de cada um:

Checkout  (Foto: Divulgação)Checkout (Foto: Divulgação)

· Checkout – O combate em Checkout acontece em um supermercado abandonado. Os proprietários da loja tentavam fazer uma liquidação nas semanas que antecederam as evacuações HOD, mas não tiveram tempo e deixaram tudo para trás.

O combate corpo a corpo intenso nos corredores da loja faz com que cada decisão seja importante. A seleção das armas é fundamental, a cobertura é essencial para sobreviver e cada movimento tem um impacto na ação. Ao enfrentar o inimigo, lembre-se que a placa diz: “Everything must go.”

DryDock (Foto: Divulgação)DryDock (Foto: Divulgação)

· Drydock – Muito tem sido escrito sobre a beleza da cultura Seran, mas as pessoas muitas vezes esquecem a espinha dorsal sobre a qual tudo depende. Este estaleiro está cheio de mercadorias estocadas e conta com as ferramentas necessárias para a infraestrutura de uma sociedade. O ponto que mais se destaca é a casca podre de um navio de carga que vai ficar para sempre ancorado em Drydock.


· Gridlock – Esta rua cinzenta já serviu como destino turístico movimentado, conhecida por suas pousadas e cafés pitorescos à beira mar. No lugar do mar restou uma grande cratera, que se destaca como um testemunho da perda da humanidade Seram.

Hotel (Foto: Divulgação)Hotel (Foto: Divulgação)

· Hotel – Um resort numa pequena ilha atendia aos gostos da exigente elite de Seram. Mas, como a infecção Lambet se espalhou rapidamente em todo o mundo, marés inundaram o que antes eram praias populares e ventos fortes derrubaram aquilo que um dia foi grandes paredes criadas pela humanidade.

Mercy  (Foto: Divulgação)Mercy (Foto: Divulgação)

· Mercy – Esta área já foi uma praça movimentada, mas nunca se recuperou do bombardeio durante as Pendulum Wars. O Emergence Day veio logo em seguida, e os moradores que já estavam com o coração partido não foram poupados pelas forças Locust, o que acabou levando para uma evacuação imediata. Esta grande praça central é cercada por todos os lados por edifícios e passagens para abrigos.

Old Town (Foto: Divulgação)Old Town (Foto: Divulgação)

· Old Town – Várias áreas remotas de Sera conseguiram se afastar do impacto do Emergence Day por algum tempo. Ilhas de cidade como esta foram capazes de se sustentar com pequenas explorações e daquilo que o mar oferecia. Mas chega uma hora que tudo o que é bom chega ao fim, e eventualmente, nada pode ficar escondido.

Este é um excelente mapa para jogos em equipe, com várias áreas que são indicadas tanto para ataques como defesa. Um plano bem executado, muitas vezes, pode colher grandes recompensas, e um inimigo pego de surpresa pode ser levado para uma armadilha como uma galinha livre de sua gaiola.

Overpass (Foto: Divulgação)Overpass (Foto: Divulgação)

· Overpass – Com a infecção Lambent se espalhando por Sera, o planeta está caindo literalmente aos pedaços. E com a desintegração do substrato abaixo da terra, cidades inteiras estão desmoronando, deslizando para uma caverna subterrânea enorme. As batalhas neste mapa dinâmico se concentram em torno dos viadutos, onde equipes tiram proveito da posição protegida e das armas ali colocadas.

Sandbar (Foto: Divulgação)Sandbar (Foto: Divulgação)

· Sandbar – Este ponto de observação um dia já teve uma visão dominante do horizonte distante. Nunca ameaçado, ele foi pensado para ser impenetrável, devido à sua costa imprevisível e a constante mudança dos bancos de areia ao longo das águas rasas do litoral. E nunca caiu, foi simplesmente abandonado quando a humanidade fugiu de uma ameaça que ninguém jamais poderia ver chegando.

Thrashball  (Foto: Divulgação)Thrashball (Foto: Divulgação)

· Thrashball – Este estádio serviu de lar para um tipo diferente de herói nacional, alguém que lutou pela honra e glória, em vez de optar pela sobrevivência. O rugido revigorante da multidão foi substituído pelo gemido melancólico do vento nos assentos agora vazios. As partidas não estão mais restritas ao campo de jogo, e a equipe que controla a concessão ganha grande vantagem. O placar ainda mantém a marcação dos últimos pontos ali jogados, mas os seus cabos de suporte estão desgastados e o tornam uma armadilha precária para qualquer tolo o suficiente para correr debaixo dele.

Trenches  (Foto: Divulgação)Trenches (Foto: Divulgação)

· Trenches – Os Locust começaram a esculpir minas e túneis nas rochas de Seran Deadlands. Este ambiente hostil é tão implacável como qualquer outro inimigo que já tiveram que enfrentar. As trincheiras são pequenas e apertadas, com amplo campo de visão de praticamente todo campo de batalha. A colina central leva a um bunker fortificado com um ponto de vista estratégico. Uma vez tomada, raramente é entregue, salvo forças opostas conseguir deslocar-se sob uma terrível tempestade de areia, que deixa todo mundo cego por um curto período de tempo.

Gears of War 3 promete oferecer a melhor experiência multijogador da série, através de um arsenal de modos competitivos e cooperativos, inclusive com o modo campanha para quatro jogadores. Novos jogadores poderão desfrutar de um jogo muito mais equilibrado que permitirá a qualquer um saltar direto para dentro da ação.

O título tem lançamento mundial agendado para dia 20 de setembro, e no Brasil não será diferente. Já no próximo dia 1 de setembro será dado o início a pré-venda nas principais lojas do país em três diferentes versões – Standard, Limited e Epic. Os preços ainda não foram divulgados pela Microsoft Brasil, mas boatos indicam que a versão Standard será comercializada com preço sugerido de R$ 129.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • SERGIO LIRA
    2011-09-10T23:00:10

    eu discordo do Arlon Borges pois gears so nao e mais esperado q o primeiro halo lançado pro xbox 360

  • Douglas Gonçalves
    2011-09-01T21:22:29

    Opa piñata!! saiu errado no outro comentario!! kkkkkk

  • Douglas Gonçalves
    2011-09-01T21:21:13

    kkk esse arlon deve ta esperando o lançamento de Viva pinhãta!!! kkkkkkkkkkkkk

  • Arlon Borges
    2011-08-31T10:12:42

    Bem, esta é uma justificativa genérica e facilmente aplicável a qualquer comentário, pois minha criática anterior é idêntica à atual, com o acréscimo de meu espanto pelo fato do comentário anterior ter sido removida. A crítica sempre foi a mesma, que não existem fundamentos para colocar Gears of War 3 como o jogo mais aguardado da história do videogame. E com a notícia se iniciando desta maneira a mesma perdia credibilidade, tendo em vista sua falta de fundamentação. Em nenhum momento a crítica foi ao véiculo, sendo eu claramente um leitor regular do site, mas sim à matéria. Boa semana tbm.

  • Aline Melo
    2011-08-30T14:41:30

    Caro, Arlon. A moderação julgou seu comentário anterior ofensivo, embora tenha considerado a crítica. Caso deseje, pode refazê-lo dessa vez evitando ofender a credibilidade do veículo. Valorizamos muito a opinião dos nossos leitores. Boa semana!

  • Arlon Borges
    2011-08-30T07:45:15

    Incrível que meu comentário de ontem foi retirado desta página por criticar a falta de credibilidade da matéria ao colocar Gears of War 3 como o jogo mais esperado da história dos videogames. Além da falta de credibilidade da matéria (uma vez que Gears, embora um jogo de sucesso, não é nem nunca foi mais aguardado que Halo, por exemplo), perde também credibilidade o site, o moderador, ou a pessoa responsável por retirar o comentário da pagina. Uma vez que não é elógio à matéria, mas sim uma crítica, e com fundamentos, o comentário é simplesmente retirado? Mais triste ainda...