Sistemas Operacionais

29/08/2011 18h58 - Atualizado em 29/08/2011 18h58

Samsung cria ChatOn, serviço de IM multiplataforma

Rafael Silva
por
Do Tecnoblog

Assim como nos demais setores do mercado, as fabricantes de celular estão constantemente olhando para os lados, tentando ver o que suas concorrentes estão fazendo certo para imitar. No caso da Samsung, uma área específica da plataforma móvel atraiu os olhares da fabricante: a de bate-papo.

Samsung ChatOn (Foto: Divulgação)Samsung ChatOn (Foto: Divulgação)

A RIM já tem a BBM, seu programa de bate-papo entre usuários de BlackBerry, há anos, e com o lançamento do iOS 5 a Apple também vai oferecer o seu iMessage. Então a Samsung resolveu atacar todos de uma só vez com a criação do ChatOn.

Uma versão do aplicativo vai ser mais avançada, para smartphones, e permitir bate-papo em grupo, troca de imagens, vídeos e atualizações de status. Mas haverá uma mais simples, provavelmente em Java, que vai servir apenas para conversas em texto. Por isso mesmo o programa será multiplataforma, suportando não só BlackBerry OS, iOS, os próprios Android e Bada da Samsung, como também celulares mais simples.

Veja o vídeo abaixo com a demonstração das funcionalidades do programa.

 


Quem não deve estar muito feliz são as operadoras, que já veem uma parcela dos lucros de SMS ser comida por programas similares - e que já existem há algum tempo, como o WhatsApp e o Viber, que usam a rede de dados para permitir que seus usuários troquem mensagens de texto. Mas é a primeira vez que uma fabricante cria um programa para isso.

Um detalhe que é importante ressaltar é que a Samsung garantiu que a plataforma iOS será suportada no ChatOn, mas a Apple notoriamente proíbe aplicativos que duplicam funcionalidades no seu sistema. Ele pode ser aprovado agora, no iOS 4, mas pode ser que desapareça com o lançamento do iOS 5, que deve acontecer ainda neste semestre.

Via Engadget.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares