Celular

29/08/2011 19h12 - Atualizado em 29/08/2011 19h12

São Paulo proíbe uso de celular em agências bancárias

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

Em nome da segurança das pessoas que frequentam as agências bancárias, a cidade de São Paulo proíbe, a partir dessa semana, o uso de telefones celulares nesses ambientes. A lei foi sancionada pelo prefeito Gilberto Kassab e publicada no “Diário Oficial” de sábado. Já vale desde a segunda-feira.

A proibição também vale para joguinhos na fila do caixa (Foto: Reprodução)A proibição também vale para os joguinhos
na fila do caixa (Foto: Reprodução)

Pelo texto da lei, os clientes que estiverem em bancos ou em ambientes em que haja caixas eletrônicos serão impedidos de usar seus celulares. Seja para fazer ligações de voz, seja para mandar mensagens, essas ações não serão autorizadas. Ao que parece, os seguranças das agências serão instruídos para pedir que os aparelhos sejam guardados.

A prefeitura argumenta que a iniciativa vai coibir o crime nas agências. Diz o prefeito que o tradicional “saidinha de banco” é possível em muitos casos porque um informante dentro da agência percebe o cliente que porta volumes vultosos de dinheiro e avisa os bandidos do lado de fora para que abordem a vítima assim que ela sair.

As agências bancárias serão as responsáveis por instruir os clientes sobre a proibição. Nesse primeiro momento, elas terão que fixar placas informando que o celular não é mais permitido. Depois que o período de adaptação for concluído, entra em vigor a multa de R$ 2,5 mil para a agência que descumprir a lei. Em caso de reincidência, a multa dobra.

E como fica o uso de outros dispositivos eletrônicos, como os iPods Touch, tão parecidos com os iPhones? O prefeito de SP ainda não se pronunciou sobre o assunto. E o mesmo vale para os tablets, que permitem mandar uma mensagem rápida com o toque de um botão.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares