Fabricantes

14/10/2011 15h55 - Atualizado em 14/10/2011 15h55

Lenovo passa a Dell e agora é a segunda maior fabricante de PCs do mundo

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

O mercado de PCs vive um momento um pouco incerto. Indiferente a isso, a chinesa Lenovo assumiu a vice-liderança entre os maiores fabricantes de notebooks e desktops do mundo, superando a Dell e ficando atrás apenas da HP. Os números são de duas consultorias independentes: Gartner e IDC.

Lenovo notebook (Foto: Divulgação)Lenovo é a nova vice-lider no mercado de
notebooks e desktops (Foto: Divulgação)

No terceiro quadrimestre de 2011 a produção de PCs cresceu no mundo 3,2%, de acordo com a Gartner, e 3,6%, pelos números do IDC, em relação ao mesmo período de 2010 (91 milhões de unidades frente a 88 milhões ano passado). São dados interessantes de observar, levando-se em conta que não faltou quem tenha profetizado o fim do computador convencional depois do sucesso dos tablets. O crescimento foi menor que o previsto, mas o mercado tradicional ainda está longe de ser pulverizado pelo tablet.

A título de comparação, a Apple vendeu 9,25 milhões de iPads no trimestre e 3,95 milhões de Macs. Ao passo que a HP, líder em PCs, entregou mais de 16 milhões de unidades.

Os dois institutos tinham previsto um crescimento na faixa de 5% no período para o mercado de PCs. A justificativa para o resultado abaixo da expectativa está na perda de renda do consumidor. Tanto Gartner como IDC acreditam que o crescimento se fortaleça nos últimos três meses do ano e que tenha novo vigor em 2012, com novos lançamentos e com os rumos da indústria melhor definidos depois de dois anos de convivência com os tablets.

De qualquer forma, a Dell foi destronada no mundo. Mas, nos EUA, continua segurando o segundo lugar na produção de notebooks e desktops, seguindo sempre a HP.

Via Neowin

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares