Jogos de estratégia

02/11/2011 06h15 - Atualizado em 02/07/2013 14h36

Especial dia de finados: top 10 jogos com Zumbis

Ingo Müller
por
Para o TechTudo

No mundo dos games, existem diversos jogos de matar zumbis, e a explicação é bastante simples: poucos homicídios são mais justificáveis do que quando você mata alguém já morto. Por isso, colocar protagonistas contra oponentes sem batimentos cardíacos é uma forma de garantir que o jogo seja violento arranjando menos problemas com a censura e com os politicamente corretos.

Zumbis (Foto: Reprodução)Zumbis (Foto: Reprodução)

Mesmo assim, sabemos os ingredientes fundamentais para um bom jogo com zumbis: hordas famintas, sobreviventes acoados e reações desesperadas com uma ocasional motosserra ou escopeta esquecida por aí. Como a fórmula é simples, ela foi repetida a exaustão, com diferentes graus de sucesso e comprometimento: existem grandes jogos de zumbis até mesmo em flash (como os gratuitos Zombiegrinder 60000 e Zombie Defense 1 e 2) e versões de filmes famosos que não conseguiram retratar bem o espírito de sua mídia original, como o caso de Evil Dead, que teve vários jogos, mas todos aquém dos filmes. 

Para separar zumbis de cadáveres decompostos, o TechTudo avaliou vários jogos – e olha que não são poucos, já que existem games para todos os gostos, da tensão de Siren à avacalhação total de OneChanbara; com a liberdade de Minecraft ou com os caminhos bem definidos de Area 51 - para preparar este top 10 especial do dia de finados com os melhores jogos dos mortos-vivos. 

zumbi (Foto: Divulgação)Zumbis de Dead Rising (Foto: Divulgação)

Nesta seleção, levantamos games que tenham os mortos vivos como o foco da ação, seja como protagonistas ou como monstros medonhos. Por isso, jogos como Call of Duty ficaram de fora – apesar de ter ótimos modos de jogo que colocam os soldados contra mortos vivos, estes continuam sendo extras, já que o principal do game é a guerra. Também demos prioridades para jogos originais, já que existem muitos jogos que apenas compilam clichês sem acrescentar nada ao gênero. 

Sem mais demoras, confira a lista dos melhores games com os comedores de cérebros, e não se esqueça: zumbi bom é zumbi morto. Definitivamente. 

10. Dead Nation (Housemarque, PS3, 2010) 

Dead Nation é um jogo de ação com visão de cima que coloca até dois jogadores na pele de soldados fortemente armados, que devem mandar bala para abrir caminho por uma nação tomada após a praga zumbi. A cada oponente derrotado, você ganha dinheiro para comprar armas, munições e itens de proteção, que podem ser adquiridos em lojas convenientemente espalhadas pelo que restou do país.

Dead Nation (Foto: Divulgação)Dead Nation (Foto: Divulgação)

Além de ação frenética, o jogo apresenta boa jogabilidade e feitos de luz interessantes. O game é exclusivo da PSN, mas foi oferecido gratuitamente no pacote de boas vindas após o hack da rede da Sony este ano.

9. Stubbs the Zombie (Wideload; PC, Mac, Xbox, Xbox 360; 2005) 

Cansado de matar zumbis? Que tal ser um deles, para variar? Em Stubbs the Zombie você controla um “rebelde sem pulso” que aterroriza uma pequena cidade fictícia na Pensilvânia retro-futurista de 1959. Stubbs come cérebros, destaca partes do seu corpo e ainda ataca inimigos com terríveis bombas flatulentas enquanto tenta montar um exército de mortos vivos, mas toda esta destruição tem um motivo nobre: Stubbs quer apenas encontrar seu verdadeiro amor.  

Stubbs the Zombie (Foto: Divulgação)Stubbs the Zombie (Foto: Divulgação)

Porém, como todo protagonista incompreendido, nosso herói terá que enfrentar uma série inimigos até conseguir encontrar a sua cara-metade, e quando encontra, acaba decidindo que ela é melhor como refeição do que como companhia. 

8. Doom (iD Software, PC e várias plataformas, 1993) 

Doom 3 (Foto: Divulgação)Doom 3 (Foto: Divulgação)

Mais do que um clássico, Doom é uma verdadeira referência para todos os jogos de tiro – e também para os games que colocam você contra legiões de mortos vivos! Neste game antológico da iD Software, você controla um fuzileiro colonial exliado em Marte que precisa investigar estranhos fenômenos sobrenaturais, como soldados mortos voltando do túmulo para matar seus antigos comandantes.  

Mas apesar desta insubordinação, os zumbis ainda mantém alguns hábitos de seus dias de soldado, como carregar armamento pesado – em Doom, os zumbis não querem saber de caçar cérebros: eles estão mais preocupados em despejar chumbo! 

7. Plants vs. Zombies (PopCap Games; PC, Mac, PS3, Xbox360, DS e celulares, 2009) 

A PopCap é especialista em fazer jogos simples e viciantes, como Bejeweled e Peggle, e este não é exceção. Essencialmente, Plants vs Zombies é um jogo de jardinagem onde você precisa cultivar o terreno com várias plantas agressivas para que elas contenham a invasão zumbi.  

plants zombie (Foto: Divulgação)Plants Zombie (Foto: Divulgação)

 

Com jogabilidade estilo tower defense, este game parece uma mistura de Farmville com Zombie Defense, mas apresentando gráficos cartunescos que tornam os mortos vivos bem distintos e carismáticos – para um bando de cadáveres, até que os zumbis da PopCap são bonitinhos. 

6. Zombies ate my Neighbors (LucasArts, Snes e Mega Drive, 1993) 

Zombies... (Foto: Divulgação)Zombies... (Foto: Divulgação)

Depois que zumbis devoraram seus vizinhos, os adolescentes Zeke e Julie precisam fugir pelos quintais do bairro procurando sobreviventes – cheerleaders loiras empolgadas, gordões tomando banho de piscina e outras pessoas que parecem estar completamente alheias ao fato de que o fim do mundo já começou. Para se defender dos inimigos, os dois heróis utilizam um arsenal criativo, que conta com pistolas de água, latas de refrigerante explosivas e até bazucas.  

Ao longo das 48 fases do game, você passa pelos subúrbios, por um shopping center e até pelas ruínas de um castelo, combatendo zumbis e outros monstros clássicos da literatura. Com gráficos coloridos e gameplay vibrante, Zombies ate my Neighbours é um game criativo, que fica ainda mais divertido quando você se junta a um amigo no modo cooperativo para dois jogadores. 

5. House of the Dead: Overkill (Headstrong Games, Wii, 2009)

Os primeiros games da franquia House of the Dead eram basicamente uma versão rail shooter de Resident Evil. Porém, quando a série chegou no Wii, ganhou uma roupagem nova e muito mais interessante, inspirada nos filmes B dos anos 70. Por conta disto, Overkill é um jogo notadamente canastrão: os personagens tem atuações forçadas, a violência é gratuita, o enredo é bizarro, as mulheres são hipersexualizadas e há uma série de piadas de gosto duvidoso, além de paródias metalinguísticas como erros de continuidade e defeitos de projeção característicos do cinema de baixo orçamento.  

The House of the Dead: OVERKILL - Extended Cut (Foto: RandomProdinc)The House of the Dead: OVERKILL - Extended Cut (Foto: RandomProdinc)

Por tudo isso, este House of the Dead é um game impressionante, ainda mais se considerarmos que foi lançado para um console da Nintendo, empresa conhecida por investir em jogos mais “família”. Overkill ganhou uma versão extendida PS3 em outubro deste ano, contando com gráficos em HD e compatibilidade com o controle Move

4. Resident Evil (Capcom, várias plataformas, 1996) 

Apesar dos últimos lançamentos desta franquia da Capcom terem enfocado mercenários, majini e vítimas de uma estranha praga, o mal residente da Capcom sempre será o a praga dos zumbis, mortos que levantam do túmulo por causa das experiências da Umbrella Corporation com vírus desconhecidos. A série surgiu em 1996, mostrando a ação de um grupo de forças especiais (os STARS) investigando o trabalho de um cientista maluco em uma mansão abandonada que, digamos, acabou sendo repopulada por habitantes que insistem em se levantar do túmulo.  

Resident Evil (Foto: Divulgação)Resident Evil (Foto: Divulgação)

Resident Evil ganhou várias continuações, ports para diversos consoles e entrou para a história dos videogames como um dos jogos que popularizaram o gênero Survival Horror. Sua fórmula foi copiada a exaustão, mas o original continua sendo soberano, e permanece até hoje como um dos jogos mais influentes dos anos 90. 

3. Dead Island (Techland; PC,PS3, Xbox 360, 2011) 

Para muitos de nós, a definição de férias frustradas é um final de semana na praia com o tempo nublado. Porém, para os visitantes da fictícia ilha de Banoi, as coisas ficaram muito piores do que algumas simples nuvens de chuva: quando o luxuoso resort Palms Hotel é atacado por criaturas mortas vivas, a luta pela sobrevivência passasse a ser a prioridade dos hóspedes que outrora se deliciavam com festas exageradas regadas a drinks coloridos.

Dead Island (Foto: Divulgação)Dead Island (Foto: Divulgação)

Nesta aventura em primeira pessoa de mundo aberto, você explora o que sobrou do hotel após o ataque, e precisa descobrir um jeito de fugir do local, mesmo sabendo que o mundo nunca mais será o mesmo após o surgimento da ameaça zumbi.  

Dead Island teve alguns problemas de distribuição, mas apesar destes atropelos, o game é ótimo e vale ser jogado até o final – se não acredita, assista ao trailer do game, possivelmente a melhor peça promocional de um jogo de videogame em toda a história: 

 

2. Dead Rising (Capcom, Xbox 360, 2006) 

10 anos depois de Resident Evil, a Capcom nos brindou com outro sensacional jogo de zumbis. Porém, se Resident é inspirado em George Romero, Dead Rising apresenta uma estética digna de Peter Jackson no começo da carreira: o jogo é trash do começo ao fim, e nem a ambientação em um shopping center esconde que este jogo está mais para Fome Animal do que para Madrugada dos mortos.

Dead Rising 2: Off the Recod (Foto: Divulgação)Dead Rising 2: Off the Recod (Foto: Divulgação)

Tudo começa quando o fotojornalista Frank West chega a uma pequena cidade do Colorado atacada por zumbis. Ele e outros sobreviventes tentam se manter vivos em um shopping, cabendo a Frank descobrir a verdade por trás da ameaça. Para isto, ele pode usar literalmente tudo que estiver a seu alcance como arma, dando uma boa variedade ao game. 

Dead Rising ganhou um remake para Wii em 2009 chamada Chop Till You Drop, mas o jogo era graficamente mais feio e, ao contrário da versão para Xbox, focava mais em tiroteios (com uma jogabilidade emprestada de Resident Evil 4) do que nos combates com armas improvisadas. Uma sequência foi lançada em 2010 e os personagens da franquia já fizeram até aparições em jogos de luta, como Tatsunoko versus Capcom.

 

1. Left 4 Dead (Turtle Rock Studios/ Valve; PC, Mac e Xbox 360, 2008) 

Poucos jogos conseguem fazer um jogador se sentir na pele de um sobrevivente como Left 4 Dead. E assim como em muitas situações de crise, a chave para o sucesso no game reside no trabalho em equipe: neste jogo de tiro em primeira pessoa, o foco é a cooperação.

Quatro sobreviventes distintos se vêem em meio ao turbilhão de violência de uma cidade devastada pelos mortos vivos, precisando coordenar suas ações e avançar com cautela para não virar lanche para as centenas de cadáveres que tomam as ruas. Left 4 Dead é um jogo tenso, onde você pode morrer facilmente caso fique no lugar errado – e o lugar errado geralmente é longe dos seus amigos, já que as armas dos outros três companheiros são inestimáveis para conter o avanço da horda. 

Se não bastasse este sentimento de impotência individual, a munição não é abundante, e kits médicos são raros como água no Saara. Mais do que um jogo, Left 4 Dead é um simulador de apocalipse. O game ganhou uma continuação tão boa quanto o original em 2009, e já está mais do que na hora para um L4D3 chegar as lojas, trazendo novos sobreviventes e inimigos ainda mais brutais.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Paulo Almeida
    2011-11-04T13:52:04

    Essa lista não consta Sillent Hill? Nossa, que coisa viu... Um dos melhores survivor horror de todos os tempos fora...

  • Leandro
    2015-02-19T02:06:38

    Cara porque ninguém cria um jogo de Zumbi igual a TWD ? Tipo GTA , poxa ninguém nunca pensou nisso antes ? Queria mais jogos de Zumbi , só tem Left 4 Dead , State of Decay e Dead Island de bom ? Vacilo ...

  • João Nunes
    2015-01-29T13:17:04

    cade o state of decay?

  • Ingo Müller
    2011-11-05T10:27:01

    Exatamente Leonardo. Tem muito jogo de Zumbi caricato excelente, como Stubbs, Zombies Ate My Neighbors e Plants vs Zombies. Para coisas mais gore, veja o Top 10 jogos de Horror: http://www.techtudo.com.br/jogos/noticia/2011/02/top-10-jogos-de-horror.html. Valeu!

  • Leonardo Almeida
    2011-11-05T08:50:05

    Entendi. Você deu mais foco aos jogos de zumbi e não necessariamente assustadores =D

  • Paulo Moraes
    2011-11-02T20:40:14

    desde quando Silent Hill tem zumbi ? oO noobinho :]

  • Kayo Santos
    2011-11-02T20:27:21

    nossa so falto rise of nightmares

  • Cairo Oliveira
    2011-11-02T18:08:21

    Left 4 Dead é muito fera e o L4D2 é 2 vezes mais!

  • Ingo Müller
    2011-11-02T15:49:03

    Edgar, eu queria ver um jogo bom baseado em ZUMBILÂNDIA. E COM o BILL MURRAY.

  • Edgard Bortoletto
    2011-11-02T15:10:34

    Quem merece mesmo um jogo e se fizer bem fiel é a série Walking Dead!

  • Maycon Barbosa
    2011-11-02T13:47:24

    L4D >>>> ALL

  • Wallyson Tabosa
    2011-11-02T13:46:35

    Nessa lista faltou o melhor jogo nesse estilo o Silent Hill!

  • Lorenzo Silva
    2011-11-03T16:35:42

    O Left 4 Dead é o melhor da lista dos 10 melhores e não Resident Evil

  • Danilo Santos
    2011-11-03T16:28:39

    Zombies ate my Neighbors Marcou minha infância no super Nintendo ! belo game.

  • Ingo Müller
    2011-11-03T15:37:25

    Obrigado Aline. E Maria, pensei bastante sobre a colocação de Resident Evil na lista. Um fator que pesa contra é que a franquia vem, gradualmente, se afastando do foco principal deste top 10 - os zumbis. Quanto a Doom, Leonardo, também foi outra decisão bem ponderada: perdeu posições pois (ao contrário de L4D, por exemplo), não tem nos zumbis sua maior ameaça - não vou dar spoiler, mas quem terminou Doom II no 486dx2 deve se lembrar daquela coisa que ficava naquele objeto naquela parede daquela sala. Um abraço!

  • Aline Melo
    2011-11-03T10:05:10

    Ingo Muller ganhou ainda mais o meu respeito após incluir Zombies ate my Neighbors nessa lista. A trilha sonora era cativante pra não dizer medonha. E o desespero quando perdíamos um sobrevivente? Ele inclusive virava anjinho! Sensacional!

  • Maria Leal
    2011-11-03T09:18:02

    resident evil nao ser primeiro é piada de mal gosto, dead rising é ridiculo

  • Maria Leal
    2011-11-03T09:17:36

    resident evil nao ser o primeiro é piada de mal gosto, dead rising é ridiculo

  • Leonardo Almeida
    2011-11-03T08:34:14

    Concordo que Left 4 Dead seja o primeiro da lista. Dead Island é muito bom sim, mas é recente, não tem o peso que L4D tem, não tem os personagens engraçados e reais como L4D tem. Left 4 Dead possui também um grande histórico de videos fan-made na internet. Não concordo com Doom estar em 8 colocado atrás de jogos como Plant Vs Zombie apesar de serem bem divertidos. Doom tem história no mundo do jogos e há partes em que você deve optar por utilizar sua arma ou segurar sua lanterna, tornando o jogo assustador.

  • Thalles Jacobs
    2011-11-03T08:15:30

    realmente Dead Island devia ser o primeiro devido a jogabilidade, mas na historia ele é um dos ultimos com certeza!