02/11/2011 10h40 - Atualizado em 15/07/2013 14h38

Golden Age, o MMORTS da Aeria Games

Lorena Boyer
por
Para o TechTudo

Imagine um MMO que funcione como um simulador de construção de cidades, combinado com cenários de guerra e comércio. Assim é Golden Age, o novo MMORTS da produtora Aeria Games. Esse tipo de jogo não é novidade, e a maioria, como este, consiste em jogos baseados no browser, como o Ikariam, por exemplo.

Golden Age (Foto: Divulgação)Golden Age (Foto: Divulgação)

O jogo é focado na captação de recursos naturais, para construir e fortalecer sua cidade e seu exército, tanto para expandi-los através de conquistas, defendê-lo de invasores, quanto para entrar em dungeons e batalhas instanciadas, que são feitas através de um sistema de cartas com habilidades.

Os jogadores podem escolher entre 3 diferentes classes: Knight Templar, Ibero Alliance e Rhine Commerce Guild, todas baseadas em organizações que realmente existiram na idade média, época em que é ambientado o jogo, por volta do ano de 1300. As construções, roupas e armaduras são características do período, se diferenciando também de acordo com a classe escolhida, cada uma dando acesso a recursos e características não presentes nas demais classes.

Uma das grandes diferenças de Golden Age para os outros MMORTS é que as missões são realizadas em ambientes comuns aos jogadores, áreas públicas onde podemos ver a progressão dos demais ao invés de cuidarmos somente de nossas áreas de jogo, interagindo somente em alguns níveis. A socialização é em tempo real.

Golden Age roda direto no browser, utilizando o Flash Player. Para jogar basta fornecer usuário, e-mail, senha e data de nascimento sem pagar nenhum tipo de taxa. Através do site da Aeria Games você também pode acessar outros jogos free to play para browser como DDTank, Dragon’s Call e Ministry of War, entre outros.

Via Massively

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares