Internet

21/11/2011 19h28 - Atualizado em 21/11/2011 19h28

Google+ traz o famoso “TT” do Twitter para sua rede social

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

Depois de ser acusado por Mark Zuckerberg de ser um “mini-Facebook”, ao que tudo indica, o Google+ está de olho também nas principais funções de outro dos seus grandes concorrentes no mercado de redes sociais: o Twitter. O site, desde a noite do último domingo (20), agora tem também a sua própria versão dos “Trending Topics”, os populares “TT’s” do microblog.

Trends no Google+ (Foto: Divulgação)Google+ tem sua versão de "Trending Topics". (Foto: Divulgação)

A princípio, a nova funcionalidade fica disponível apenas depois do usuário realizar uma busca na rede social. Por exemplo, se você pesquisar por um determinado conteúdo no campo de busca do Plus, além de exibir os resultados relacionados ao que você digitou, haverá, também, do lado direito superior, um menu com a palavra “Trends”.

No item, em destaque, aparecerão os dez assuntos mais comentados pelos internautas no Google+. Exatamente como acontece no Twitter. Segundo especulações de especialistas na Internet, os “Trends” devem ser movidos para a página principal da rede social do Google até o final do ano.

A ideia da empresa é a de, não só dar público à rede social, mas também de incrementar ainda mais o seu sistema de buscas – que já vem passando por algumas modificações desde julho. Além dos algoritmos que foram modificados para refinar ainda mais as pesquisas dos internautas, os engenheiros estão trabalhando fortemente para oferecer um serviço em tempo real do que acontece no mundo pela página. E os “Trends” podem ser um exemplo de que isso está bem próximo.

Via Techcrunch

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Elias Maia
    2011-11-21T23:43:52

    Seria interessante se com o tempo, eles também assim como o Twitter, fizessem um trending topics por região.