Internet

12/12/2011 15h03 - Atualizado em 12/12/2011 15h03

Google compra empresa de direitos autorais pensando no futuro do YouTube

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

O Google comprou uma empresa por dia no último ano, de acordo com Eric Schmidt, porta-voz oficial da empresa. Na semana passada foi a vez da compra da RightsFlow por um valor não revelado. Você nunca ouviu falar da firma, mas a aquisição da mesma demonstra o quanto o Google pretende fazer com o YouTube em futuro próximo.

YouTube (Foto: Divulgação)YouTube (Foto: Divulgação)

A RightsFlow especializou-se em gerenciar banco de dados sobre músicas e artistas. Com 30 milhões de registros, eles conseguem determinar quem são os detentores de direitos autorais de uma determinada música, inclusive com acesso às informações para pagamento dessas pessoas.

Com as informações fornecidas pela RightsFlow, o Google poderá dialogar com mais facilidade com os artistas, sobre seus direitos das músicas inseridas em vídeos enviados para o YouTube. Cabe ao detentor dos direitos autorais definir se deseja que o vídeo com conteúdo de terceiros seja retirado do ar ou se prefere receber um percentual em cima da receita gerada com publicidade pelo Google em cada uma das milhões de páginas vistas diariamente no YouTube.

O Google afirmou que vai integrar o banco de dados da RightsFlow ao ContentID. A tecnologia exclusiva do YouTube foi criada pelo Google e permite criar uma identificação única, como se fosse uma impressão digital, para cada conteúdo de áudio e de vídeo submetido para o YouTube. Essa é a principal arma do site para detecção de conteúdo de terceiros utilizado sem a devida autorização.

Via The Guardian

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Joao Regassi
    2011-12-13T12:43:07

    isso vai ser uma mão na roda para esses milhões de vídeos de musicas no Youtube que não tem autorização para ser reproduzido , agora receber um percentual pela receita gerada pelo google não tem problema de os vídeos se espalharem por milhares de contas por ai.

  • Samuel Franco
    2011-12-13T09:17:15

    Google não dá ponto sem nó.