PC

07/12/2011 15h58 - Atualizado em 07/12/2011 16h11

Intel desenvolve novo padrão de memória que promete mais eficiência

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo
intelMemória Intel (Foto: Divulgação)

A Intel estaria convencida de que a evolução das memórias não acompanha os saltos de desempenho de CPUs e GPUs. Por conta disso, a companhia estaria fazendo a sua parte, pensando já no futuro e na substituição dos padrões DDR4, que sequer são uma realidade do mercado atual.

Atualmente, a memória recebe dados do processador e os armazena, e os envia novamente conforme a demanda do sistema. O processo de trânsito de informação não é exatamente eficiente para os padrões atuais de processadores com capacidade de cacheamento maior e que agregam cada vez mais recursos, como GPUs. Estima-se que as novas arquiteturas em 3D da Intel deem margem para a possibilidade de uma nova concepção da memória RAM.

Na agenda dos estudos da Intel está a criação de uma interface de memória que seja não apenas proporcionalmente muito mais rápida, mas também até 100 vezes mais eficiente no consumo de energia do que aquilo que vemos hoje. Embora memórias não sejam grandes vilãs no consumo de eletricidade, os esforços de toda a indústria de hardware estão convergindo para a criação de produtos mais econômicos, sem perder o foco no desempenho.

Caso o resultado seja um tipo de memória de tão baixo apetite, acredita-se que o padrão teria mercado não apenas nas aplicações hardcore da informática, mas também em dispositivos móveis, que dependem cada vez mais de miniaturização, melhor desempenho e consumo cada vez menor de energia em aparelhos que agregam cada vez mais tecnologia.

Via Softpedia

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares