Fabricantes

07/12/2011 09h52 - Atualizado em 07/12/2011 12h52

Voyager 1 alcança a borda do Sistema Solar e ainda envia dados

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Em 1977, a Nasa enviou ao espaço duas sondas avançadas para  revelar o Sistema Solar. Mas,  a Agência Espacial Norte-Americana foi além com a Voyager 1, dentro de alguns meses ou anos, a sonda deve alcançar a borda extrema do nosso sistema, chamada de heliopausa. A distância percorrida pela nave foi estimada em 18 bilhões de quilômetros.

Na borda do Sistema Solar, os recentes dados da Voyager ajudam os cientistas a compreender como se encerra a área de influência solar. (Foto: Reprodução)Na borda do Sistema Solar, os recentes dados da Voyager ajudam os cientistas a compreender como se encerra a área de influência solar. (Foto: Reprodução)

Para operar regularmente o envio de dados, a Voyager é abastecida por painéis solares e energia nuclear. Cada porção de informações que a Voyager envia para a Terra viaja à velocidade da luz e chega aqui 15 minutos depois.

Embora use baterias para enviar dados, a Voyager voa hoje com a inércia. Não há mais combustível na nave para orientar, acelerar ou desacelerar sua trajetória rumo às estrelas, e a velocidade da sonda atualmente é estimada em 15 km/s. Mas, alguns instrumentos continuam operacionais: detector de raios cósmicos, magnetômetro, detector de ondas de plasma e detector de partículas de baixa energia. Outros sensores sofreram deterioração com o tempo e deixaram de funcionar.

Na borda do Sistema Solar, os recentes dados da Voyager ajudam os cientistas a compreender como se encerra a área de influência solar. Nesta região do espaço, o poder das ejeções de partículas do Sol já não é sentido. O campo magnético destas partículas funciona como escudo de proteção contra radiações que viajam pelo espaço. Os dados são consistentes com observações feitas em 2010, que apontavam para uma crescente diminuição dos índices de detecção de partículas por parte dos instrumentos de medição da Voyager.

Via Nasa

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares