Tablet

27/01/2012 10h35 - Atualizado em 27/01/2012 10h35

Apple pretende investir no Brasil e na China em 2012

Luciana Vieira
por
Para o TechTudo

Primeiro a China, depois o Brasil. Para o presidente-executivo da Apple, Tim Cook, o Brasil ocupa o segundo lugar na lista para receber investimentos em 2012. A afirmação dele está em conformidade com o bom momento do país frente à economia mundial, o que trouxe, nos últimos anos, muitos investimentos estrangeiros. Vale considar que em dezembro de 2011 chegaram ao país o iTunes Store e o iPhone 4S. O último, contudo, faltou informações sobre serviços nacionais e suporte para o português, Siri.

A loja da Apple na China (Foto: Divulgação)A loja da Apple na China (Foto: Divulgação)

O iPad 2, por exemplo, lançado nos Estados Unidos em março de 2011, só chegou no Brasil no final de maio do mesmo ano. Quanto às lojas físicas, são 29 no Reino Unido, três na Suíça, quatro na Itália, entre outras. Já a China, foco da empresa atualmente, já conta com quatro lojas da marca.

No Brasil, ao que tudo indica, pelo menos por enquanto o quadro não vai mudar. Segundo Cook, o aumento nos investimentos no país não significa, a princípio, a instalação de lojas físicas. A experiência do consumidor brasileiro com os produtos da empresa revela que é preciso segurar a ansiedade a cada lançamento no exterior, já que, normalmente, os lançamentos no Brasil são demorados.

Por exemplo, o iPad 3, que provavelmente será lançado no mercado internacional no início deste ano, não tem previsão para entrar no mercado nacional. Resta ao consumidor brasileiro torcer para que o iPhone 5, último projeto de Steve Jobs, chegue ao país tão logo seja lançado nos Estados Unidos.

O Brasil tem se mostrado um mercado promissor, mas os investidores estrangeiros ainda encontram barreiras expressivas, como a elevada carga de impostos. De acordo com o jornal O Globo, Steve Jobs desabafou em 2011: “Não podemos nem exportar nossos produtos direito em razão da política maluca de taxação super alta do Brasil”. Isso faz com que seja pouco atraente investir no País", disse.

O TechTudo apoia o Brasil Sem Vírus, movimento que dissemina práticas de segurança e distribui antivírus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros já estiveram com os computadores ameaçados por vírus e ataques de hackers. Você pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntário!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Fernando
    2012-01-27T12:56:21

    é muito imposto