23/01/2012 20h06 - Atualizado em 23/01/2012 20h06

Demanda por wireless deve dobrar durante as Olímpiadas de Londres

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

O órgão regulador dos serviços de telecomunicações da Inglaterra, a OFCOM, informou hoje (23/01) que os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres poderão contar com até 20 mil assinaturas de frequências para dispositivos sem fio durante o período das competições esportivas. É quase o dobro da quantidade de licenças concedidas pelo órgão para empresas de internet ao longo de 2011.

london-2012Os Jogos Olímpicos de Londres terão mais que o dobro do espectro para tecnologias wireless que é utilizado em um ano (Foto: Divulgação)

A OFCOM pretende finalizar o seu plano de distribuição de sinais wireless até o início do mês de fevereiro, e afirma que as novas tecnologias de transmissão de dados estão ajudando a cobrir a demanda de novos pontos de acesso. Já foram enviados mais de 10 mil pedidos para o período de sete semanas de atividades esportivas em Londres, mas a entidade acredita que esse número aumente consideravelmente conforme a data de início dos jogos se aproxima.

Em 2011, a OFCOM aprovou 12.5050 pedidos de frequências wireless para as mais diversas finalidades, e durante os Jogos Olímpicos não será diferente. Alguns exemplos de usos das conectividades sem fio solicitadas são uso de câmera sem fio - para closes e detalhes exclusivos dos atletas -, microfones sem fio, aparelhos de previsão do tempo, localização, placares e classificação em provas de atletismo. Além disso, será possível encontrar também sistemas de comunicações para empresas de radiodifusão e empresas de segurança e emergência médica.

O órgão afirma que está trabalhando para fornecer o espectro necessário para cobrir a forte demanda de sinal wireless desde 2006. Para isso, providências importantes foram tomadas, como utilizar parte do espectro do Ministério da Defesa, e o uso da frequência do sinal da TV analógica, que será desligada em Londres no dia 18 de abril de 2012. A partir dessa data, as transmissões de TV da capital inglesa serão 100% digitais.

Após a realização dos jogos, as frequências obsoletas serão leiloadas para empresas que quiserem oferecer o serviço de redes 4G na cidade. Um porta-voz da OFCOM disse ao site da BBC, que há a preocupação de também atender a demanda de sinal sem fio de órgãos públicos. Eles acreditam que a liberação das ondas do sinal de TV aberta seja o suficiente para todos os setores que estarão envolvidos nos Jogos Olímpicos.

A OFCOM também informou que construiu um sistema que evita a interferência de sinal entre os diversos serviços e usuários ativos nas diferentes redes sem fio, e que 90 engenheiros estarão de prontidão para lidar com os eventuais problemas que ocorrerem durante os Jogos. Nas próximas semanas, a OFCOM deve informar mais detalhes sobre o seu plano de gerenciamento de redes sem fio.

Via The Verge

--
O TechTudo apoia o Brasil Sem Vírus, movimento que dissemina práticas de segurança e distribui antivírus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros já estiveram com os computadores ameaçados por vírus e ataques de hackers. Você pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntário

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares