TechTudo

24/01/2012 08h53 - Atualizado em 24/01/2012 14h47

Estudante de 16 anos desenvolve aplicativo que condensa páginas da web

Luciana Vieira Para o TechTudo

Uma ideia simples, mas muito útil: resumir textos da web em pontos importantes no seu iPhone. Criado por Nick D'Aloisio, um estudante britânico de 16 anos, o aplicativo Summly já atrai vários investidores da área de tecnologia, incluindo um dos homens mais ricos do mundo, Li Ka-Shing.

Nick D'Aloisio (Foto: Reprodução/Daily Mail)Nick D'Aloisio (Foto: Reprodução/Daily Mail)

A fama veio depois que o programa foi escolhido pela Apple como o aplicativo da semana, tendo sido baixado cerca de 115 mil vezes. O motivo do sucesso é óbvio: o Summly facilita as buscas na rede, resumindo os resultados encontrados em pontos de maior relevância. Para isso, ele utiliza o histórico de pesquisa do usuário. Além disso, o download é gratuito.

O menino se reuniu com investidores do Vale do Silício, e já pensa em licenciar ou vender a tecnologia. Entusiasmado com a repercussão do aplicativo, ele declarou: “Ter o apoio da Apple tem sido incrível. Seis meses atrás, quando eu estava aprimorando a idéia, sabia que tinha potencial, mas a velocidade que as coisas têm tomado me surpreendeu”. O sucesso permitiu o encontro do estudante com o designer da Apple Jonathan Ive.

Entre provas da escola que frequenta em Wimbledon e reuniões com empresários, Nick, que desenvolveu o software em casa com o apoio dos pais e a ajuda do irmão de 12 anos, já pensa em abrir um escritório e contratar funcionários de várias partes do mundo. O menino pretende ir para a Universidade estudar Filosofia, mas não descarta seu futuro como desenvolvedor: “Eu tenho várias outras ideias também, mas no momento eu só quero ver como o Summly pode crescer”, revelou.

Via Daily Mail

O TechTudo apoia o Brasil Sem Vírus, movimento que dissemina práticas de segurança e distribui antivírus gratuitamente. Estima-se que 80% dos brasileiros já estiveram com os computadores ameaçados por vírus e ataques de hackers. Você pode ajudar sua rede de amigos enviando uma vacina para eles. Seja voluntário!

  • imprimir
  • Compartilhar no Orkut
  • Enviar para um Amigo
140 caracteres

Verificação de segurança

Gênero

  • Gabriel Ferreira
    2012-02-06T11:13:25

    Provavelmente eu poderia processa-lo por plagio pois, ele usou o servidor de busca do android 2.2 ou seja o linux para tablet como base entro no sistema de função e pegou o codigo html e simplesmente fez o progama como base que como prova eu poderia baixar o progama e transferir pro meu tablet que isso é uma coisa que qualquer nerd como a gente poderia fazer.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Leandro Velasco
    2012-01-24T18:06:00

    Provavelmente poucos sabem que a tecnologia do motor de buscas da Google é brasileira (longa história)! Resumindo: Os NERDS daqui venderam o direito. Mal sabiam o potencial que tinham nas mãos! Mas tudo bem, enquanto pessoas pensam que o Brasil só tem putaria, prodígios em todas as áreas não têm o apoio merecido, e ainda assim correm atrás. Com um pouquinho de apoio o futuro pode ser bem diferente. O inacreditável é o polo tecnológico que Malásia e Índia se tornaram e o Brasil .... sem comentários! Eita NÓIS...

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Vagner Kochi
    2012-01-24T17:24:35

    O MUNDO É DOS NERDS. Com certeza, aqueles que são geralmente os cdfs e são zoados um dia podera ser seu patrão.Então o caminho é o estudo. Pena que aqui os melhores não são valorizados e ainda sofrem o bulling.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Alberto Esteves
    2012-01-24T16:35:33

    Só para corrigir o site era o "Cadê"

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Antonia Rodrigues
    2012-01-24T16:31:35

    O Glauber está por fora, pois não sabe que foi um garoto brasileiro quem fez um aplicativo para traduzir o SIRI para o Português e foi aplaudido até pela APPLE ! Essa notícia foi publicada na Folha de São Paulo !

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário

TechTudo.com.br © Copyright 2010-2014 Globo Comunicação e Participações S.A. Política de Privacidade