Segurança

23/01/2012 08h48 - Atualizado em 19/03/2012 15h19

Hackers invadem computadores usando sites de jogos infantis

Thássius Veloso
por
Do Tecnoblog

Pessoas mal intencionadas têm um novo alvo para propagação de vírus e ameaças virtuais: as crianças. Um site com jogos infantis infectou, sozinho, 12.600 usuários em apenas um mês, de acordo com informações da Avast.

O colorido e os jogos dos sites atraem o publivo mirim  (Foto: Reprodução/DailyMail)O colorido e os jogos dos sites atraem o público
infantil (Foto: Reprodução/DailyMail)

O nome da página é CuteArcade e seu principal chamariz são os jogos oferecidos gratuitamente para as crianças. A maioria dos vírus desse tipo apresenta “game” ou “arcade” no nome.

Para atrair a atenção do público infantil, os hackers (ou crackers, termo mais preciso) desenvolvem jogos que demandam muitos cliques. Conforme o jogo acontece, a página carrega de maneira silenciosa elementos que não são esperados pelo internauta mirim.

Pelas informações da Avast, os cavalos de troia instalados por esse método rodam no computador e, em seguida, levam o navegador para outras páginas - essas sim responsáveis por baixar os vírus mais pesados. As crianças são usadas para atrair a instalação dos softwares, mas o interesse principal dos crackers são os dados dos pais dos pequenos, como o número do cartão de crédito ou endereço para cobrança.

A Avast ainda afirma que muitos dos sites parecem ser legítimos, ainda que não sejam. A dica da empresa é que usuários estejam sempre com o navegador e com aplicativos de segurança atualizados. E o mais importante: não é possível detectar um site malicioso apenas pelo seu visual.

Se você está desconfiado se o seu computador está seguro ou não, pode acessar a página do Brasil sem Vírus para retirar qualquer vírus ou malware que esteja na sua máquina.

Via Daily Mail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rafael Monteiro
    2012-01-24T13:14:53

    É Pedro, mas a maioria visa oferecer um serviço gratuito de qualidade e assim ganhar com anúncios, não contaminando seus usuários. Pesquisar no Google por qualquer site de jogos infantis é um hábito muito comum, grande alerta

  • Pedro Santana
    2012-01-23T10:40:40

    isso não é novidade não, ninguém faz nada de graça pra ninguém!, todos sites free ganham algo em troca!