Sistemas Operacionais

31/01/2012 17h33 - Atualizado em 31/01/2012 17h34

Para evitar conflitos na China, Apple resolve não vender iPhones em lojas

Marcell Almeida
por
Para o TechTudo

A Apple está implementando um sistema de sorteio para quem quer comprar um iPhone na China. A medida foi tomada devido aos recentes tumultos que aconteceram no país, quando o iPhone 4S foi lançado.

Lançamento do iPhone 4S na China (Foto: Reprodução)Lançamento do iPhone 4S na China (Foto:
Reprodução)

Os chineses que quiserem comprar um iPhone terão que preencher uma série de informações nesta página, que pede seu nome, endereço, número de telefone e número de identificação. Uma vez selecionados, os usuários recebem um e-mail informando o local para efetuar a compra e receber o aparelho.

A decisão foi tomada após um tumulto criado pelos consumidores chineses. Revoltados quando souberam que a venda do iPhone 4S seria adiada, atacaram a principal loja da Apple em Pequim e entraram em confronto com a polícia. Algumas pessoas, inclusive, tiveram que ser tiradas à força do local.

Na China os cambistas são muito organizados, e contratam pessoas para ficar na fila e comprar o iPhone. Quando a Apple fechou a loja devido à multidão, os contratados ficaram irritados porque não iam ser pagos. Eles também alegaram que era falta de consideração da empresa, principalmente porque eles tinham passado a noite na fila sob um frio quase congelante.

“Infelizmente nós não pudemos abrir nossa loja em Sanlitun em razão da grande quantidade de pessoas e, para garantir a segurança dos clientes e dos funcionários, o iPhone não estará disponível em nossas lojas em Pequim e Xangai por enquanto”, informou a Apple em comunidade.

Você acha que esse processo poderia ser implementado em outros países? Você acha que as filas quilométricas para a venda do aparelho são boas ou ruins? Deixe sua opinião nos comentários.

Via Business Insider.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares