07/02/2012 20h35 - Atualizado em 07/02/2012 20h38

Smartphones ficarão mais baratos com incentivo fiscal, afirma ministro Paulo Bernardo

Thássius Veloso
por
Da Campus Party

Marcando presença na Campus Party, o ministro de Comunicações, Paulo Bernardo, prometeu redução no preço dos smartphones para os brasileiros. Bernardo pretende incluir a categoria de celulares inteligentes na MP do Bem, aquela que conseguiu baratear os valores cobrados por computadores e também por tablets.

Paulo Bernardo, Ministro das Comunicações na Campus Party (Foto: Tecnoblog)Paulo Bernardo, Ministro das Comunicações na Campus Party (Foto: Tecnoblog)

Infelizmente, o ministro não deu muitos detalhes sobre as especificações dos aparelhos enquadrados na MP do Bem. Também não disse quando a medida provisória começa a valer. Bernardo limitou-se a falar que a medida era esperada para o ano passado, mas no fim das contas acabou passando para o ano corrente mesmo.

Os smartphones são importantes instrumentos para promover a inclusão digital, de acordo com o ministro. Se seguir as mesmas regras da MP do Bem para tablets e computadores, é de se esperar que o governo exija que fabricantes montem pelo menos parte dos smartphones no Brasil, a fim de garantir que o preço fique mais em conta por meio de isenções fiscais. A Motorola e a Nokia, entre outras companhias, produzem aparelhos em território nacional — normalmente os componentes eletrônicos vêm de fora.

Bernardo comentou a futura instalação da internet móvel 4G no país. Para o ministro as operadoras ainda devem demorar para colocar o LTE nas principais cidades. Em parte porque a instalação da próxima geração da banda larga móvel está vinculada à instalação de cobertura 3G em outras regiões ainda carentes do serviço.

Via Tecnoblog

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares