Internet

21/03/2012 10h33 - Atualizado em 21/03/2012 12h21

A evolução da plataforma do Twitter em imagens e vídeos

Aline Jesus
por
Para o TechTudo

O Twitter apaga hoje a sua sexta velinha. Em 21 de março de 2006 nascia o primeiro tweet. Jack Dorsey, Evan Williams e Biz Stone juntaram suas ideias para idealizar a ferramenta e, mal podiam imaginar que ela evoluiria tanto, a ponto de ser considerada uma das redes sociais mais utilizadas no mundo.

Em seis anos de existência, a plataforma do Twitter mudou muito. Desde a timeline até atalhos para a busca de posts e hastags foram muitas mudanças. No entanto, entre diversas novidades, a maioria dos usuários ainda se pergunta “Por que o limite de 140 caracteres por mensagens ainda não mudou. Em razão da ferramenta ter o conceito de enviar mensagens curtas, no estilo SMS, Jack Dorsey, um de seus inventores, sempre disse que pode mudar tudo, menos essa regra. Segundo ele, a ideia do Twitter é minimizar e sintetizar pensamentos, seja para qualquer finalidade.

Fizemos um especial para você entender como a plataforma evoluiu com o tempo, mas antes do especial, você já segue o @TechTudo no Twitter?

2006 – o surgimento do Twitter

Jack Dorsey, com apenas 15 anos, era um programador que desenvolvia softwares para taxistas em que precisavam informar à central onde estavam. Muito tempo depois, ele teve uma ideia semelhante e pensou em uma plataforma onde pessoas pudessem publicar onde estavam ou o que faziam no dia a dia. Em 2006, Dorsey entrou para Oreo – empresa de podcastings que estava com poucos resultados e cujo donos eram Biz Stone (criador do Blogger) e Evan Williams (programador). Em uma reunião, Dorsey sugeriu a ideia de um serviço, semelhante a uma SMS, em que as pessoas trocariam mensagens, com apenas 140 caracteres, dentro da empresa. Era o início do Twitter (veja o projeto inicial, feito em uma folha de papel, feito por Jack Dorsey).

Primeiras ideias do Twitter em um rascunho feito por Jack Dorsey (Foto: Divulgação) (Foto: Primeiras ideias do Twitter em um rascunho feito por Jack Dorsey (Foto: Divulgação))Primeiros rascunho do Twitter (Foto: Reprodução)

Inicialmente, o conceito consistia no envio de mensagens curtas pelo celular em que a pessoa receberia um twich (vibração) quando uma atualização chegasse. A nomeclatura não traduzia a ideia de Dorsey e, então, ele pesquisou no dicionário até encontrar a palavra “twitter” que significa “espalhar informações inconsequentes”, além de significar também o "gorgeio dos pássaros".

 2007 – reconhecimento oficial da ferramenta

Em 2007, o Twitter se tornou conhecido em todo o mundo graças ao festival SXSW, por conta de duas telas de 60 polegadas. Nelas, o conceito criado em 2006, foi materializado e encantou os presentes. Como? Simples. A mecânica do Twitter foi utilizada para as pessoas trocarem recados durante o evento, em tempo real, com mensagens curtas.

Não poderia ter dado mais certo. Foram quase 60 mil mensagens enviadas por dia durante o evento. E o melhor de tudo, entre pessoas que entendiam e gostavam de tecnologia, já que as conferências interativas atraíram este tipo de público. Por isso, os criadores do Twitter ganharam o prêmio Web Award, feito pelo SXSW, e agradeceram de maneira simples: em 140 caracteres.

2008 – a chegada de uma nova rede social

Após o curioso início do sucesso em 2007, o Twitter se tornou a novidade da tecnologia em 2008, considerando-se de fato uma nova rede social. Seus números eram de 400 mil postagens por trimestre em 2007, mas chegaram a 100 milhões em 2008. Ainda era relativamente pequeno. Porém, se o número de publicações ainda não era tão expressivo, a inovação e a importância que o Twitter parecia estar ganhando impressionavam. O presidente Barack Obama, um dos primeiros entusiastas do Twitter, usou a rede social para agradecer seus eleitores após vitória nas eleições dos Estados Unidos.

A página na Internet começou a funcionar de maneira mais simples e eficaz. A pergunta “What are you doing” (O que você está fazendo) traduzia o desejo de Dorsey onde as pessoas falariam de seu dia a dia. O sistema de busca do Twitter melhorou com a compra da empresa Summize e o uso apenas pessoal passou a dar lugar ao conteúdo noticioso. A ferramenta, que parecia apenas um simples método de comunicação, passou a chamar a atenção pelo fato de ser tão polivalente com tanta simplicidade. Foi em 2008 que se iniciou a discussão sobre “O que é Twitter e como usar”, e a página ainda tinha um layout bem básico, um tanto quanto diferente do que é hoje.

Layout do Twitter em 2008 (Foto: Reprodução)Layout do Twitter em 2008 (Foto: Reprodução)

2009 – o grande “boom” do Twitter

Não há dúvidas: 2009 foi o ano do Twitter. A ferramenta ganhou o mundo. Arrebatou o coração de usuários famosos e, com isso, também levou suas legiões de fãs para a rede. Neste ano, o microblog deu um salto e adicionou novas ferramentas, criou listas, adicionou o botão de retweet… Além de tudo, foi consagrada como um serviço “jornalístico”, para transmissão de fatos em tempo real e não apenas para se dizer “o que estou fazendo”.

É bem verdade que a página parou de crescer um pouco no fim deste ano – até porque quase todo o mundo já havia aderido à febre no início dele. No entanto, 2009 certamente foi o “boom” da consolidação do Twitter e do conceito de microblog. A morte do rei do pop, Michael Jackson, as eleições no Irã e repercussões do filme “Lua Nova” foram os assuntos mais comentados na rede social. Ao fim do ano, o site que em 2007 era avaliado em 3 milhões de dólares, passou a ser cotado em US$ 3,7 bilhões.

2010 – Mudanças e a conquista de audiência

Em 2010, o Twitter se redesenhou. Já estabelecido no mercado, a empresa precisava voltar a inovar. E o fez visualmente. Entre setembro e outubro, os designers do site trabalharam bastante para colocarem a nova versão da página no ar com maior interação com as mídias. Ocorreu uma mudança no desenho geral de todas as páginas – nas menções, no perfil, na home page, aliás, até mesmo a pergunta “What are you doing” (O que você está fazendo), que ilustrava o topo do site, mudou para “What’s happening” (O que está acontecendo). Era um sinal: o Twitter estava mais maduro, mais bem sucedido e firmado no mundo virtual.

Os menus mudaram de lugar – saíram da barra lateral e passaram para cima dos tweets, uma barra preta passou a se localizar no topo do site e, além disso, houve uma nova integração com diversos tipos de serviços, como o YouTube e o Twitpic (envio de fotos para o Twitter). Os links publicados por estes sites, por exemplo, passariam a ser exibidos diretamente, sem a necessidade de abri-los em novas janelas. Lançaram os "tweets promovidos", uma espécie de anúncios feitos por empresas nos trending topics e o aplicativo para iPhone, que rapidamente se tornou um dos mais baixados da App Store, também foram destaques da ferramenta.

O novo Twitter ficou disponível para todos os usuários em novembro de 2010 – ano que marcou diversos assuntos, como a Copa do Mundo de Futebol, o vazamento de petróleo no Golfo do México, assuntos relacionados ao iPad e Android entre outros que bateram recorde de audiência. Na época, o site chegou a registrar 65 milhões de tweets por dia.

Layout do Twitter em 2010 (Foto: Reprodução)Layout do Twitter em 2010 (Foto: Reprodução)

2011 – tradução para português e mudanças radicais

Em junho de 2011, o Twitter terminou de ser traduzido para diversos idiomas. Entre eles, o português. Rapidamente, o serviço ganhou popularidade ainda maior mundialmente, alcançando a marca de 300 milhões de usuários com mais de 1,6 bilhões de buscas por dia. O Tweetdeck foi comprado e integrou ainda mais novas ferramentas ao Twitter.

O visual, então, teve sua mudança mais radical, com completa integração com vídeos e fotos tiradas pelos usuários, agora com uma ferramenta e galeria de imagens própria. Em abril de 2011, o “velho Twitter”, aquele de 2008 e 2009, foi extinto. Era o início de uma grande modificação, até mesmo para o layout criado em 2010. Em 8 de dezembro, foi lançado o design “Fly”, adicionando os botões Homes, Conectar e Descobrir, sem falar em uma nova timeline de tweets e perfis – dando um ar mais "completo" ao microblog.

Em seu quinto ano no ar, o Twitter registrou números impressionantes: 140 milhões de tweets, em média, publicados por dia, além de 50 milhões de usuários que utilizavam a página diariamente. Sem falar na quebra do recorde de tweets: foram quase nove mil mensagens por segundo sobre o anúncio da gravidez da cantora Beyoncé.

2012 – popularidade no Brasil

Techtudo (Foto: Divulgação)@Techtudo no Twitter em 2012 (Foto: Divulgação)

Em 2012, o Brasil se tornou o segundo país mais ativo no Twitter, com 33 milhões de usuários dos 465 milhões registrados na página. A média agora é de 175 milhões de tweets por dia em todo o mundo. A cada segundo, 11 novas contas são registradas. A renda esperada com o site até o fim do ano é de 260 milhões de dólares. Nesse mês de março, o Twitter comprou o Posterous

E como a história do Twitter mostra, 2012 ainda promete. O sucesso do site é cada vez maior – prova disso é que o novo assunto mais comentado por segundo é o programa de TV “Castle in the Sky”, com mais de 25 mil mensagens, mais do que o triplo do que a gravidez de Beyoncé. Ao que tudo indica, a evolução do Twitter continuará. Enquanto isso, a gente fica na espera de novas mudanças e assuntos que, em sua grande maioria, são abordados em primeira mão na ferramenta que hoje completa 6 anos de vida. Ou seja, o sexto ano de vida do microblog ainda pode trazer muitas novidades.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares