17/04/2012 09h18 - Atualizado em 01/07/2013 12h06

Lista de jogos para PS3 em 2012

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

O TechTudo preparou uma lista com os principais jogos lançados para PlayStation 3 em 2012. Mês a mês você vai acompanhar o que saiu de bom ou de ruim no console da Sony e se informar sobre os grandes games (e sobre aqueles nem tão grandes assim). Confira!

JANEIRO

- Choplifter HD

O primeiro game do PlayStation 3 em 2012, Choplifter HD, foi lançado via PlayStation Network (PSN/SEN) logo no início de janeiro. O título é uma releitura da clássica série que nasceu em 1982. A versão mais famosa surgiu na era dos consoles de 16 bits e esta nova edição é quase uma edição aprimorada do que saiu naquela época.

Choplifter HD (Foto: Divulgação)Choplifter HD (Foto: Divulgação)

Contando com gráficos em alta definição, o game coloca o jogador na missão de resgatar sobreviventes em zonas de guerra com um helicóptero bem equipado. Algumas diferenças aqui e ali trazem surpresas aos fãs, como a presença de fases com zumbis e até a participação especial de Duke Nukem.

Saiba tudo sobre Choplifter HD

- AMY

AMY nasceu como uma grande promessa para o gênero de jogos de horror. Criação de uma das mentes por trás do clássico Flashback, o título prometia reapresentar os jogadores ao que games de terror podem fazer com seus fãs. O jogo conta a história de uma moça que sofre com uma doença mutante degenerativa. Sua única esperança é uma menina indefesa, Amy, que tem o estranho poder de curar este mal.

AMY (Foto: Divulgação)AMY (Foto: Divulgação)

Infelizmente, AMY sofre com uma série de problemas técnicos e artísticos e não passa de uma experiência que os fãs preferem esquecer. O jogo foi mal avaliado em sites e revistas especializadas e decepcionou justamente por ter prometido tanto. Por melhores que sejam as boas intenções, bugs e gráficos ruins deixaram um gosto amargo.

Saiba tudo sobre AMY

- Gran Turismo 5 XL Edition

Este lançamento nada mais é que uma reedição de Gran Turismo 5 com direito a todos os bônus lançados por download e atualizações gigantescas que antes enchiam o disco rígido dos consoles. A Sony resolveu lançar uma nova edição, também mais barata, para quem ainda não tinha optado pela compra da versão original.

Gran Turismo 5 XL Edition (Foto: Divulgação)Gran Turismo 5 XL Edition (Foto: Divulgação)

O jogo ainda é o mesmo, o que muda no pacote se resume a atualizações e adicionais que saíram ao longo dos meses. O game, originalmente lançado em 2010, ainda surpreende pela grande qualidade técnica e tem a mesma pegada de simulação que os fãs sempre curtiram em Gran Turismo.

Saiba tudo sobre Gran Turismo 5 XL Edition

- Final Fantasy XIII-2

Inesperadamente, a Square Enix resolveu lançar mais uma continuação para um Final Fantasy “principal”, o Final Fantasy XIII-2. A história do RPG segue os fatos do primeiro Final Fantasy XIII, mas alguns anos após o final do jogo. Lightning, a heroína da aventura anterior, está desaparecida e cabe à sua irmã Serah encontrá-la antes que seja tarde demais.

Final Fantasy XIII-2 (Foto: Divulgação)Final Fantasy XIII-2 (Foto: Divulgação)

O game oferece uma série de melhorias em cima das críticas que Final Fantasy XIII sofreu. Temos cenários maiores, missões mais variadas e sistema de batalhas refinado, mudanças que renderam elogios. Os gráficos continuam extremamente belos.

Saiba tudo sobre Final Fantasy XIII-2

Confira o review completo de Final Fantasy XIII-2

- Soul Calibur 5

A série de luta com armas está de volta, ainda melhor que seu capítulo anterior. Soul Calibur 5 se passa anos após a versão 4 e apresenta uma série de novos personagens, com novas histórias e ainda mais golpes. O game agora é focado no herói dúbio Patroklos, mas novamente toma seu rumo pela história das espadas amaldiçoadas Soul Edge e Soul Calibur. O título conta ainda com a participação especial de Ezio, herói de Assassin’s Creed.

SoulCalibur V (Foto: Divulgação)SoulCalibur V (Foto: Divulgação)

Muito se falou a respeito do retorno de Soul Calibur. Alguns gostaram, outros odiaram. Na verdade, o game tem alguns pontos fracos, como uma história muito curta e pouco conteúdo para jogar sozinho, mas o forte do jogo ainda está lá. As batalhas estão extremamente frenéticas, os gráficos são muito bonitos e o modo online é um prato cheio para os amantes do gênero.

Saiba tudo sobre Soul Calibur 5

Confira o review completo de Soul Calibur 5

- NeverDead

NeverDead é a tentativa da Konami (de Metal Gear Solid) de tentar emplacar uma nova série no mundo dos games. O game te coloca no controle de um herói que não pode morrer. Por ser imortal, um de seus poderes é, literalmente, arrancar pedaços de seu corpo e espalhar pelo cenário para se dar bem contra os inimigos. O problema é que isso não acaba de forma tão boa assim.

NeverDead (Foto: Divulgação)NeverDead (Foto: Divulgação)

O game prova ser uma aventura mediana, com desafio baixo, jogabilidade imprecisa e o sistema de desmembramento não funciona como deveria. Ao menos a trilha sonora é boa, mas isso não foi suficiente para salvar o jogo de ser fraco.

Saiba tudo sobre NeverDead

Confira o review completo de NeverDead

 

FEVEREIRO

- Kingdoms of Amalur: Reckoning

Uma obra original em tempos de cópias e remakes, Kingdoms of Amalur: Reckoning é uma aventura medieval que lembra Dragon Age. O game se passa em um reino mágico que vive um grande conflito. O protagonista precisa, então, mudar o rumo da história.

Kings of Amalur: Reckoning (Foto: Divulgação) (Foto: Kings of Amalur: Reckoning (Foto: Divulgação))Kings of Amalur: Reckoning (Foto: Divulgação)

O título é um bom RPG de ação, com combates em tempo real, história consistente e sistemas até certo ponto inovadores, como a possibilidade de mudar de classe e tipos de ataque a qualquer momento da história, sem se prender a uma linha de evolução fixa. Apesar de seus gráficos simples, o jogo pode prender os amantes do gênero.

Saiba tudo sobre Kingdoms of Amalur: Reckoning

Confira o review completo de Kingdoms of Amalur: Reckoning

- The Darkness 2

The Darkness 2 é a continuação de um dos primeiros jogos lançados nesta geração de consoles. O game é novamente adaptação da história em quadrinhos The Darkness, da editora Image Comics, e coloca o jogador no controle de Jackie Estacado, ex-mafioso que conta com um poder oculto de trevas dentro de si, capaz de controlar demônios e seres sobrenaturais.

The Darkness II (Foto - Divulgação)_00011_ (Foto: The Darkness II (Foto - Divulgação)_00011_)The Darkness II (Foto: Divulgação)

Assim como o primeiro, o game é de tiro em primeira pessoa, mas com gráficos bem diferenciados. O estilo agora é cel-shading, o que deixa tudo com cara de desenho animado e, de certa forma, ameniza a violência. O jogador enfrenta uma aventura com muito tiroteio, traições e belas mulheres.

Saiba tudo sobre The Darkness 2

- Jak and Daxter Collection

Jak e Daxter são dois heróis da Sony que nasceram no PlayStation 2 pelas mãos da produtora Naughty Dog. Isso mesmo, a mesma produtora da série Uncharted trabalhava bastante com mascotes no passado e isso rendeu os bons jogos desta série de aventura e plataforma, que acabou compilada no PlayStation 3 em alta definição.

Jak & Daxter (Foto: Divulgação)Jak & Daxter (Foto: Divulgação)

Os fãs vão se sentir em casa com os três games reunidos em um único pacote e ainda com a presença de troféus da PlayStation Network. Não pense que os jogos ficaram muito mais bonitos com o trabalho em alta definição, apenas receberam melhorias leves de resolução e texturas, mas ainda assim são bem divertidos.

Saiba tudo sobre Jak and Daxter Collection

- Gotham City Impostors

Gotham City Impostors tinha tudo para dar errado, afinal mas que ideia louca é essa de produzir um jogo de tiro em primeira pessoa no universo de Batman? É assim que desenrola este jogo, com grande foco no multiplayer e muita inspiração em Call of Duty. Na aventura, uma gangue de fãs do Homem-Morcego luta sem cansar contra um grupo de bandidos inspirados pelo Coringa.

Gotham City Impostors (Foto: Divulgação) (Foto: Gotham City Impostors (Foto: Divulgação))Gotham City Impostors (Foto: Divulgação)

É difícil de acreditar, mas Gotham City Impostors surpreende bastante. É divertido até dizer chega e conta com um multiplayer interessante. Cada facção tem suas respectivas classes de personagens, que contam com habilidades únicas e um sistema de evolução próprio. É possível participar de batalhas online ou treinar suas habilidades em ambientes offline.

Saiba tudo sobre Gotham City Impostors

- Shank 2

Uma das surpresas de 2010, o primeiro Shank provou ser um jogo divertido de plataforma, com jogabilidade atraente, gráficos 2D muito bem produzidos e uma história digna de filme cult de violência dos anos 80. Sua continuação, lançada no início do ano, voltou com o personagem principal, mais mal-humorado do que nunca, com direito a multiplayer cooperativo.

Shank 2 (Foto: Reprodução)Shank 2 (Foto: Reprodução)

Shank 2 é tão bom quanto o primeiro, apesar de ser uma continuação desnecessária. O primeiro game surpreendeu, mas só pediria um novo capítulo se sua história fosse algo lá muito desenvolvida, o que não era o caso. Ainda assim, vale para quem se tornou muito fã do game original e quer mais de Shank e sua violência descerebrada.

Saiba tudo sobre Shank 2

- The Simpsons Arcade Game

Outro clássico que retornou do além nesta geração, The Simpsons Arcade ganhou versão remasterizada na PSN e Xbox Live, com direito ao multiplayer cooperativo que fez o jogo famoso. No game, Marge, Homer, Lisa e Bart se unem com a missão de salvar Meg das mãos do Sr. Burns, mas para isso terão de enfrentar hordas de inimigos inesperados.

The Simpsons Arcade Game (Foto: Divulgação)The Simpsons Arcade Game (Foto: Divulgação)

O game é um bom título cooperativo e mantém todos os seus atrativos originais, como os gráficos no clima do desenho animado, brincadeiras e surpresinhas sobre a série, além de uma trilha sonora bem característica. Alguns fãs podem achá-lo datado, mas a verdade é que o jogo continua com seu charme de clássico.

Saiba tudo sobre The Simpsons Arcade Game

- Twisted Metal

Twisted Metal finalmente resolveu aparecer na nova geração com um game inédito no PlayStation 3. O jogo é uma espécie de recomeço para a série de combate entre veículos, contando a história de todos os personagens novamente, como o icônico palhaço Sweet Tooth. Recheado de explosões e direção perigosa, Twisted Metal apresenta ainda um modo multiplayer online de primeira.

Twisted Metal (Foto: Divulgação) (Foto: Twisted Metal (Foto: Divulgação))Twisted Metal (Foto: Divulgação)

Apesar da destruição de primeira, jogabilidade bem bolada e com elementos tradicionais e o multiplayer online (e também local!), o game pecou em alguns pontos, como a campanha muito curta e o esquema de controles um pouco complexo no início, principalmente para quem não está acostumado com a série. Ainda assim, uma boa pedida para os fãs.

Saiba tudo sobre Twisted Metal

Confira o review completo de Twisted Metal

- UFC Undisputed 3

O retorno do UFC aos games foi em grande estilo. Lançado com mais de 150 lutadores (muitos brasileiros no meio disso tudo), o UFC Undisputed 3 começou bem pela capa, estrelada pelo brasileiro e campeão Anderson Silva. O game tentou não fazer feio em meio aos jogos de esporte, dominados por futebol e outras modalidades mais tradicionais.

UFC Undisputed 3 (Foto: Divulgação) (Foto: UFC Undisputed 3 (Foto: Divulgação))UFC Undisputed 3 (Foto: Divulgação)

Controles mais simplificados, tradução para o português e gráficos mais realistas fazem parte da lista de qualidades do UFC 3. O modo online foi retrabalhado, e o game ganhou tutoriais que ensinam aos novatos com passos didáticos a lutar bem e ao menos vencer os embates mais básicos. Uma das principais novidades é a presença do modo Pride, antiga modalidade de luta que era realizada no Japão.

Saiba tudo sobre UFC Undisputed 3

Confira o review completo de UFC Undisputed 3

- Grand Slam Tennis 2

Sequência do game de tênis da EA Sports baseado nas quatro maiores competições do esporte no mundo, Grand Slan Tennis 2 matou a sede dos fãs de tênis em seu lançamento. O título reúne os maiores atletas do circuito mundial de tênis, ídolos da geração atual e do passado.

Roger Federer se prepara para sacar na Rod Laver Arena (Foto: Divulgação) (Foto: Roger Federer se prepara para sacar na Rod Laver Arena (Foto: Divulgação))Gran Slam Tennis 2 (Foto: Divulgação)

O grande trunfo do game é contar com as licenças dos badalados campeonatos Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e US Open, basicamente as competições mais tradicionais do esporte. As quatro juntas são conhecidas como o Grand Slam, que dá nome ao game. Jogar com o PlayStation Move é uma boa pedida.

Saiba tudo sobre Grand Slam Tennis 2

- Asura’s Wrath

Asura’s Wrath quase pode ser considerado o “God of War da Capcom”. Há uma série de semelhanças, a começar pelo fato de ambos tratarem de uma guerra entre divindades. Ainda assim, Asura chega a ser original por ter uma narrativa que mais lembra desenhos animados japoneses, do tipo super-exagerados. O game é focado no personagem central, o próprio Asura, que está em conflito constante com forças de um deus maligno.

Asura's Wrath (Foto: Divulgação) (Foto: Asura's Wrath (Foto: Divulgação))Asura's Wrath (Foto: Divulgação)

Apesar de ser um game bastante divertido e com gráficos atraentes, Asura’s Wrath padece um pouco por conta da repetição – seja de cenários, golpes ou inimigos. Além disso, o jogo está “incompleto”, com um final que não representa o real final do título, sendo necessário a compra de um pacote extra para complementar a história, fato que foi alvo de reclamações dos jogadores.

Saiba tudo sobre Asura’s Wrath

- Syndicate

O novo Syndicate chegou com a difícil missão de ser um jogo tão bom quanto o original – algo bem difícil, já que a série é considerada clássica. O jogo deixa de lado o gênero de estratégia e coloca o jogador em uma aventura de tiro em primeira pessoa, mas com boas novidades como um sistema de controle de inimigos. A história mostra um mundo futurista dominado por empresas criadoras de chips eletrônicos revolucionários.

Syndicate (Foto: Divulgação) (Foto: Syndicate (Foto: Divulgação))Syndicate (Foto: Divulgação)

O game tenta ser inovador, mas parece um pouco genérico. Suas mecânicas de tiro em primeira pessoa são muito comuns e não fogem do que já vimos em outros jogos do tipo, levando o nome de Syndicate à poeira. Para quem resolver se arriscar, o modo cooperativo online pode até ser divertido.

Saiba tudo sobre Syndicate

- SSX

Parece que fevereiro foi o mês dos retornos, já que SSX é mais um game clássico que retorna com uma nova versão nesta geração. O jogo é uma releitura do que SSX tem de melhor, colocando os jogadores para descer montanhas abaixo em uma aventura de snowboarding. Personagens antigos estão presentes e o game apresenta multiplayer online.

SSX (Foto: Divulgação) (Foto: SSX (Foto: Divulgação))SSX (Foto: Divulgação)

O jogo é bem produzido, com gráficos animais e adrenalina mil. O novo SSX mantém o nome da série lá em cima, com direito a um modo online muitíssimo interessante e um sistema de pontuação que vai prender o jogador por muito tempo na jogatina.

Saiba tudo sobre SSX

- Binary Domain

Produção feita pela equipe que nos trouxe a série Yakuza, Binary Domain é um jogo de tiro em terceira pessoa no melhor estilo Gears of War. Os inimigos, porém, não são alienígenas e sim robôs que se rebelaram contra a humanidade e agora podem até mesmo se disfarçar perfeitamente de humanos. O jogador controla uma equipe de soldados que precisa parar a rebelião das máquinas e seu líder no Japão.

Binary Domain (Foto: Divulgação) (Foto: Binary Domain (Foto: Divulgação))Binary Domain (Foto: Divulgação)

O game foi bem recebido por fãs e crítica. Como uma nova franquia, Binary Domain surpreendeu por ser mais do que um mero jogo de tiro genérico ou um clone de Gears of War. O jogo apresenta personalidade total, jogabilidade que não é tediosa e um sistema de comunicação de equipe bem interessante, onde é possível utilizar um headset no videogame e falar com seus parceiros controlados pelo computador.

Saiba tudo sobre Binary Domain

- Hyperdimension Neptunia mk2

Este jogo exclusivo do PlayStation 3 é uma loucura bem japonesa que poucos tiveram a chance de experimentar. O game é continuação de um primeiro jogo que foi lançado há algum tempo e não foi lá muito bem recebido. A “loucura“ fica por conta do universo da aventura – tudo se passa em um lugar que imita a indústria dos videogames, onde os personagens são consoles e portáteis em formato de garotinhas colegiais. O título é do gênero RPG e apresenta uma série de características presentes em desenhos japoneses.

Hyperdimension Neptunia Mk2  (Foto: Destructoid)Hyperdimension Neptunia Mk2 (Foto: Destructoid)

Hyperdimension Neptunia mk2 é melhor que o primeiro, tanto nos gráficos quanto na jogabilidade. As batalhas, alvo de críticas no anterior, foram remodeladas e agora são bem mais fluídas e um pouco menos engessadas. Vale pelos extras e homenagens a grandes empresas de games, como a SEGA.

Confira tudo sobre Hyperdimension Neptunia mk2

- Mortal Kombat Komplete Edition

Após surpreender o mundo com um novo e bom Mortal Kombat, no ano passado, a Warner Bros. resolveu lançar um pacote do jogo contendo o game original, os extras lançados por download e um seriado. O conteúdo do jogo em si está todo lá, com toda a jogabilidade que você gostou (ou não) e o modo de história que chama a atenção por não se parecer com um jogo de luta.

Mortal Kombat: Komplete Edition (Foto: Divulgação) (Foto: Mortal Kombat: Komplete Edition (Foto: Divulgação))Mortal Kombat: Komplete Edition (Foto: Divulgação)

O seriado no pacote é Mortal Kombat Legacy, no qual personagens da série são mostrados no mundo real, com histórias mais verossímeis. Os personagens extras são Kenshi, Skarlet, Freddy Krueger e Rain, mas o game acompanha também cores e roupas adicionais para lutadores antigos, como os ninjas Scorpion e Sub-Zero. Vale para quem deixou de comprar na primeira vez.

Saiba tudo sobre Mortal Kombat Komplete Edition

 

MARÇO

- Mass Effect 3

O capítulo final na saga do comandante Shepard enfim chegou. O game marca o fim da trilogia da BioWare, que começou no Xbox 360 e PC, mas chegou também ao PlayStation 3 após um tempo. A história narra a batalha final contra os seres da raça Reaper, que têm a missão de expurgar toda e qualquer forma de vida da galáxia. Shepard e sua tripulação uma vez mais embarcam em uma missão suicida.

Mass Effect 3 (Foto: Mass Effect 3)Mass Effect 3 (Foto: Divulgação)

Mass Effect 3 é um excelente jogo, sem precedentes e uma boa conclusão para a trilogia do herói. Alguns fãs reclamaram do final, dizendo que não era digno, que era “muito aberto”, mas a verdade é que para chegar até lá todos os jogadores precisam passar por tudo que este grande jogo tem a oferecer. O modo multiplayer cooperativo foi a principal novidade neste capítulo.

Saiba tudo sobre Mass Effect 3

Confira o review completo de Mass Effect 3

- Street Fighter X Tekken

Encontro entre duas grandes séries de jogos de luta, Street Fighter X Tekken é o primeiro de dois jogos que nasceram do acordo entre Capcom e Namco Bandai. Aqui a regra que vale é a luta de dois contra dois, onde personagens das duas sagas se enfrentam pela poderosa Caixa de Pandora. O game lembra muito Street Fighter IV em seu estilo de jogo.

Street Fighter X Tekken (Foto: Divulgação) (Foto: Street Fighter X Tekken (Foto: Divulgação))Street Fighter X Tekken (Foto: Divulgação)

Street X Tekken foi um jogo polêmico em seu lançamento. Ele já contém todos os extras que serão liberados por download travados em disco, o que não deixou os fãs lá muito felizes. Quem arriscou, no entanto, acabou se dando bem, já que é um ótimo jogo que não pode faltar na coleção de qualquer fã do gênero ou das duas séries.

Saiba tudo sobre Street Fighter X Tekken

Confira o review completo de Street Fighter X Tekken

- Blades of Time

Continuação de X-Blades, um jogo de ação quase desconhecido, Blades of Time coloca novamente o jogador no papel de uma bela guerreira que deve enfrentar desafios para concluir seu objetivo, que é escapar de uma ilha misteriosa onde estava procurando um tesouro.

Blades of Time (Foto: Divulgação)Blades of Time (Foto: Divulgação)

O game lembra muito God of War, com sequências de ação que parecem bastante com a saga de Kratos, mas tem uma jogabilidade um pouco diferenciada em alguns aspectos. O título possui falhas, como a dublagem que é pouquíssimo trabalhada e os gráficos que não chamam a atenção. Mesmo assim, se você conferiu o anterior, vale saber como a história continua.

- Major League Baseball 2K12

Também conhecido apenas como MLB 2K12, o game preza pela simulação de um jogo de baseball mais real possível. Os jogadores tem de prestar atenção em todos os detalhes, pois um defensor ligado sempre poderá antecipar as jogadas, por exemplo.

MLB 2K12 (Foto: Divulgação) (Foto: MLB 2K12 (Foto: Divulgação))MLB 2K12 (Foto: Divulgação)

Há novidades interessantes nesta versão, como o MLB Today, no qual a produtora a repete uma fórmula consagrada na sua franquia de basquete, o NBA 2K. Nele é possível comandar sua equipe favorita como se estivesse vivendo o dia a dia dela na realidade. Os jogos ocorrem nos mesmos dias do calendário real e há atualizações constantes, como contratações e lesões.

Saiba tudo sobre MLB 2K12

- MotorStorm RC

A Sony surpreendeu seus fãs ao lançar MotorStorm RC, nova versão de sua série de corrida cheia de adrenalina, que desta vez era estrelada por… carinhos de controle remoto. O game saiu para Vita e PS3, com direito a multiplayer compatível entre as duas versões. A visão também mudou, com a câmera colocada acima dos veículos, que correm em cenários que lembram pistas de brinquedo.

MotorStorm RC (Foto: Divulgação) (Foto: MotorStorm RC (Foto: Divulgação))MotorStorm RC (Foto: Divulgação)

MotorStorm RC possui um sistema de controle bem diferente do restante da série. Nele, o jogador acelera com os analógicos e também direciona seu carro por eles. Alguns fãs mais tradicionais podem não gostar desta nova proposta, mas o game chega a ser divertido e com boas opções para sua logenvidade.

Saiba tudo sobre MotorStorm RC

- Tales of Graces f

Um RPG que todos pensavam que ficaria apenas no Japão, Tales of Graces f é uma versão em alta definição do jogo que foi originalmente lançado no Wii. O “f” no título significa “future”, pois o jogo traz uma história a mais, que se passa além do encerramento do jogo original. A aventura é focada em um grupo de jovens que possui problemas familiares pendentes.

Tales of Graces (Foto: Divulgação)Tales of Graces f (Foto: Divulgação)

O game foi elogiado no Japão, sua terra natal, e ganhou boas notas no ocidente em sua versão de PS3, principalmente por não apresentar os bugs vistos na versão Wii, que eram até em número considerável. Quem está acostumado com a série Tales of vai gostar deste e os gráficos em alta definição deixaram os traços ainda mais bonitos.

Saiba tudo sobre Tales of Graces f

- Journey

Journey talvez possa ser considerado o jogo mais peculiar da PlayStation Network. O game não possui uma história tradicional e faz com que o jogador interprete sua própria aventura. A missão é controlar um ser misterioso que tem como principal objetivo alcançar uma montanha que possui um estranho feixe de luz saindo de seu topo. 

Journey (Foto: Divulgação)Journey (Foto: Divulgação)

Extremamente elogiado, Journey é uma experiência única que faz o jogador refletir após terminar a aventura. O título possui um multiplayer online onde é possível encontrar outro jogador pelo cenário sem que seja necessário procurar alguém. Em dupla, os jogadores precisam superar os desafios para alcançar um objetivo maior. Apesar de ser curto, o game apresenta estes e outros atrativos, além dos gráficos que mal podem ser classificados em palavras de tão bonitos.

Saiba tudo sobre Journey

Confira o review completo de Journey

- Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations

Mais um ano, mais um jogo de luta de Naruto. Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations, porém, parece ser bem diferente, por conter lutadores de diversas gerações do famoso desenho animado. Os jogadores vão encontrar uma série de lutadores para escolher e cair lutando contra seus amigos, seja no multiplayer online ou offline.

Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations (Foto: Divulgação)Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm Generations (Foto: Divulgação)

O título tem suas qualidades, como o modo multiplayer, gráficos que imitam perfeitamente o desenho e um sistema de lutas revisado, com batalhas ainda mais frenéticas e rápidas. São mais de 70 lutadores disponíveis e cenários retirados da aventura original.

- Silent Hill: Downpour

A Konami mais uma vez tentou levar Silent Hill de volta aos holofotes com uma aventura inédita, produzida por uma equipe que nunca havia feito um jogo da série antes. O game conta uma nova história na famosa cidade, quando um prisioneiro aparentemente escapa do carro onde estava sendo escoltado e vai parar no lugar assombrado. Lá ele se depara com mistérios e outros “sobreviventes”.

Silent Hill Downpour para PlayStation 3 e Xbox 360 (Foto: Divulgação) (Foto: Silent Hill Downpour para PlayStation 3 e Xbox 360 (Foto: Divulgação))Silent Hill Downpour para PlayStation 3 e Xbox 360 (Foto: Divulgação)

Mais uma vez a Konami decepciona ao apresentar um Silent Hill que não faz justiça aos primeiros jogos da série. O game é repleto de bugs e erros de design de fazer qualquer fã chorar. A história também não é lá muito digna, e este acaba se passando mais como um Silent Hill que não pode entrar no hall da fama da série.

Saiba tudo sobre Silent Hill: Downpour

- FIFA Street

Boleiros de plantão ficaram felizes com a nova versão de FIFA Street. A EA resolveu fazer mudanças na série e apresentou um jogo que deixou o estilo caricato de lado para ser um pouco mais “realista”, se parecendo mais com o próprio FIFA Soccer. Aqui o futebol de rua é levado com mais seriedade.

FIFA Street (Foto: Divulgação) (Foto: FIFA Street (Foto: Divulgação))FIFA Street (Foto: Divulgação)

Como citamos, os fãs gostaram e não foi ao acaso. O game é realmente agradável e segue a fórmula de FIFA Soccer para fazer certo sucesso. Nomes famosos, modo online, cenários inspirados por grandes cidades (incluindo Rio de Janeiro) fazem deste game mais um na lista de imperdíveis para os amantes do futebol.

Saiba tudo sobre FIFA Street

- Yakuza: Dead Souls

Neste ano tivemos um novo jogo dos criadores de Yakuza e também um novo Yakuza! Ao menos no ocidente, já que Dead Souls foi lançado no Japão em 2011. O game é bem diferente por apresentar zumbis como ameaça principal. Pois é, os gangsters e brigas de rua ficam de lado para dar lugar a mortos-vivos. É a missão da Yakuza proteger o Japão desta ameaça.

Yakuza: Dead Souls (Foto: Divulgação) (Foto: Yakuza: Dead Souls (Foto: Divulgação))Yakuza: Dead Souls (Foto: Divulgação)

Dead Souls é bem próprio para fãs da série, com todos os exageros e elementos que o tornaram famoso, a exemplo dos clubes de acompanhantes, onde belas moças fazem companhias a rapazes mesmo que o apocalipse zumbi esteja rolando solto do outro lado da porta. O game apresenta jogabilidade de tiro em terceira pessoa, com elementos de pancadaria e uma história que dura mais de 20 horas.

Saiba tudo sobre Yakuza: Dead Souls

- Ninja Gaiden 3

Este é efetivamente o primeiro Ninja Gaiden após a saída de seu criador, Tomonobu Itagaki, do estúdio Team Ninja. A aventura é mais uma vez estrelada por Ryu Hayabusa, que agora precisa descer às profundezas do inferno para completar sua missão derradeira.

Ninja Gaiden 3 (Foto: Ninja Gaiden 3)Ninja Gaiden 3 (Foto: Divulgação)

A qualidade de Ninja Gaiden 3 é um pouco duvidosa. Inimigos com inteligência artificial ruim não oferecem o desafio adequado ao qual os fãs da série estavam acostumados. O game também peca em seus gráficos e em batalhas repetitivas. Ao menos o modo online é interessante, ainda que não seja tão inovador assim.

Saiba tudo sobre Ninja Gaiden 3

- Resident Evil: Operation Raccoon City

Resident Evil: Operation Raccoon City é um tipo de homenagem para a série de horror da Capcom, mas que muda o foco para um jogo de tiro em terceira pessoa. O game se passa entre os eventos de Resident Evil 2 e 3, narrados por mercenários da Umbrella Corporation que devem eliminar provas na cidade repleta de zumbis.

Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação) (Foto: Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação))Resident Evil: Operation Raccoon City (Foto: Divulgação)

Infelizmente, praticamente nenhum fã vai se sentir homenageado com este game. O jogo é uma mudança de gênero muito brusca para a série e não cumpre nem o seu papel de ser um bom jogo de tiro em terceira pessoa. Ainda que tenha um modo multiplayer minimamente interessante, ele não vai te prender tanto assim.

Saiba tudo sobre Resident Evil: Operation Raccoon City

- Silent Hill HD Collection

Apesar do novo Silent Hill ter decepcionado um pouco, a Konami resolveu brindar a série com uma coleção em alta definição com Silent Hill 2 e 3, lançados originalmente no PlayStation 2. As histórias e personagens são as mesmas dos originais, mas contam com gráficos remasterizados, nova dublagem e troféus para os mais “viciados”.

Silent Hill HD Collection (Foto: Divulgação) (Foto: Silent Hill HD Collection (Foto: Divulgação))Silent Hill HD Collection (Foto: Divulgação)

A versão PS3 do jogo inicialmente sofreu com alguns bugs e problemas de conversão, como dublagem fora de sincronia e travamentos. A Konami logo corrigiu todos com uma atualização online, o que deixou o game ao menos apresentável para os fãs, que lembram destas duas obras com muito carinho.

Saiba tudo sobre Silent Hill HD Collection

- Armored Core V

Armored Core V é um retorno ao básico da série: robôs gigantes se enfrentam em grande regiões urbanas, montanhas ou até oceanos com uma variedade de armas à disposição (que inclui rifles, escopetas, disparos laser e plasma). Pensamento tático, conhecimento do campo de batalha e moderação são os temas dos conflitos do jogo. Sobreviver aqui depende mais de sua capacidade de tomar decisões do que seus reflexos.

Armored Core 5 (Foto: Divulgação) (Foto: Armored Core 5 (Foto: Divulgação))Armored Core V (Foto: Divulgação)

O quinto game da série é também o primeiro a trazer um bem desenvolvido componente multiplayer, que conta com combates entre times de cinco jogadores e a possibilidade de ser promovido como líder de um batalhão cibernético. O game também surpreende pelos gráficos, que não deixam a peteca cair em um jogo frenético como este.

Saiba tudo sobre Armored Core V

- Devil May Cry HD Collection

Seguindo a onda de coleções em alta definição, Devil May Cry HD Collection reúne os três jogos da série da Capcom em mais um pacote de alta definição com direito a troféus. Os fãs vão se sentir em casa ao jogar de novos estas três aventuras com visual repaginado e nos consoles atuais.

Devil May Cry HD Collection (Foto: Divulgação) (Foto: Devil May Cry HD Collection (Foto: Divulgação))Devil May Cry HD Collection (Foto: Divulgação)

A coletânea não compromete, mas também não adiciona nenhuma grande novidade. São apenas os jogos antigos, com um novo visual (não tão novo assim, na verdade) e a possibilidade de ter todos em apenas uma caixa. Vale também pelo preço, mais em conta do que comprar três games separados.

Saiba tudo sobre Devil May Cry HD Collection

- Ridge Racer Unbounded

Ridge Racer Unbounded não é um novo game da série Ridge Racer que muda um pouco os paradigmas dos anteriores. Aqui a aventura em alta velocidade fica mais parecida com um Need for Speed e abandona um pouco a falta de realismo dos games passados. O que vale é correr pela cidade e disputar rachas, com direito a modo de criação de pistas.

Ridge Racer: Unbounded (Foto: Divulgação)Ridge Racer: Unbounded (Foto: Divulgação)

Como um Ridge Racer deve ser, o game ainda preza pela alta velocidade e tem alguns elementos clássicos, como o turbo que se enche com derrapadas. Ainda assim, o estilo de jogo deve assustar alguns jogadores mais antigos.

Saiba tudo sobre Ridge Racer Unbounded

 

ABRIL

- I Am Alive

Game de aventura Ubisoft que ficou na gaveta por anos, I Am Alive finalmente viu a luz do dia, com um lançamento digital via PlayStation Network. O game te coloca na pele de um sobrevivente em um mundo pós-apocalíptico. Os recursos naturais são extremamente escassos e os personagens devem sobreviver a qualquer custo – em alguns momentos a moral de nossos heróis será testada.

I Am Alive (Foto: Divulgação) (Foto: I Am Alive (Foto: Divulgação))I Am Alive (Foto: Divulgação)

I Am Alive apresenta elementos inovadores, mas acaba não sendo um jogo tão excelente quanto os fãs esperavam. O título tem defeitos como gráficos fracos e muitos bugs, seja na física ou em erros de jogabilidade. Por US$ 15, ele acaba saindo um pouco caro para o que oferece, mas fãs de jogos de sobrevivência podem acabar curtindo.

Saiba tudo sobre I Am Alive

- Wheels of Destruction: World Tour

Wheels of Destruction: World Tour é um título simples de disputa de veículos em grandes arenas. De longe o game lembra um pouco os clássicos Twisted Metal e Corrida Mortal, mas sem o mesmo charme. O jogo oferece uma variedade de partidas online e modalidades multiplayer e tenta ser divertido com a alta destruição.

Wheels of Destruction: World Tour (Foto: Divulgação) (Foto: Wheels of Destruction: World Tour (Foto: Divulgação))Wheels of Destruction: World Tour (Foto: Divulgação)

Infelizmente, o game é indicado apenas para quem realmente for fã de jogos de corrida e disputa em quatro rodas. Os veículos são um pouco genéricos e os gráficos não ajudam. Como não é muito popular, seu multiplayer acaba sendo sempre vazio e é difícil achar oponentes.

- Skullgirls

Em um mundo dominado por grandes nomes como Street Fighter, Tekken e The King of Fighters, Skullgirls chega para tentar ser a nova onda em termos de jogos de luta. O game oferece uma história original e personagens totalmente inéditos com a premissa mais simples do mundo: lutas frenéticas dentro do ringue. O jogo é povoado apenas por lutadoras e tem um sistema de combos preciso.

Skullgirls (Foto: Divulgação) (Foto: Skullgirls (Foto: Divulgação))Skullgirls (Foto: Divulgação)

Skullgirls agrada quem é fã do gênero de luta e é muito bonito, com gráficos desenhados à mão. O game também possui modo online e o desafio ao jogar sozinho é alto. É perfeito para quem curte estudar cada combo, cada animação dos personagens, para se sair melhor nos “contras”.

Confira tudo sobre Skullgirls

Confira o review completo de Skullgirls

- The House of the Dead 4

The House of the Dead 4 foi originalmente lançado em 2006 nos fliperamas e desde então não havia saído em outra plataforma sequer. Felizmente a SEGA resolveu lançar uma versão para o PlayStation 3, via PlayStation Network, e compatível com o PlayStation Move, controle com sensor de movimentos do console.

The House of the Dead 4 (Foto: Divulgação) (Foto: The House of the Dead 4 (Foto: Divulgação))The House of the Dead 4 (Foto: Divulgação)

O game funciona da forma que todo House of the Dead: atire sem parar nos monstros que aparecem na tela. O título não tem gráficos avançados, é verdade, mas a proposta da série sempre foi parecer um “filme B”, mal feito e com falhas visíveis. É uma boa diversão para quem gosta do gênero de horror e tiro.

Confira tudo sobre The House of the Dead 4

- Deadliest Warrior: Ancient Combat

Inspirado por um programa de TV norte-americano, o game Deadliest Warrior: Ancient Combat reúne os dois jogos já lançados para esta série. O pacote completo engloba os dois títulos de luta Deadliest Warrior: The Game e Deadliest Warrior: Legends, adicionando novidades como armas exclusivas.

Deadliest Warrior: Ancient Combat (Foto: Divulgação) (Foto: Deadliest Warrior: Ancient Combat (Foto: Divulgação))Deadliest Warrior: Ancient Combat (Foto: Divulgação)

No jogo é possível controlar figuras históricas, como William Wallace, Genghis Khan, Hannibal, Vlad o Empalador e até Alexandre o Grande. Claro que o jogo não tem qualquer pingo de realidade, mas seu teor é bem violento, com sangue e até membros decepados. A jogabilidade, porém, não é das melhores.

- Prototype 2

Prototype 2 é sequência direta do primeiro jogo, mas desta vez com um protagonista diferente. Na verdade, Alex Mercer, o “herói” do primeiro game, retorna aqui como o principal vilão. Agora é a vez de James Heller, que foi transformado por Mercer, de ter sua vingança. Uma cidade de mundo aberto e poderes quase infinitos são os principais atrativos desta sequência.

prototype-2 (Foto: prototype-2)Prototype 2 (Foto:Divulgação)

O game mantém quase todos os bons elementos do primeiro e adiciona novidades interessantes. O jogador tem a mesma liberdade que foi vista no jogo anterior, mas de forma ampliada, graças a uma cidade completamente nova. Os poderes também ficaram mais interessantes, já que Heller parece ser mais forte do que Mercer, de alguma forma.

Confira tudo sobre Prototype 2

- The Walking Dead

Adaptação da famosa história que se originou nos quadrinhos e virou série de TV, The Walking Dead é um jogo no estilo adventure de apontar e clicar. O game coloca o jogador em uma história inédita, no controle de um personagem totalmente novo, que deve sobreviver em um mundo dominado por mortos-vivos e ainda se dar bem com outros sobreviventes.

The Walking Dead (Foto: Divulgação) (Foto: The Walking Dead (Foto: Divulgação))The Walking Dead (Foto: Divulgação)

O game foi uma boa adaptação, mantendo o clima da história original, ainda que siga um rumo diferente e com personagens inéditos. A jogabilidade chega a ser inovadora em alguns pontos e os gráficos simulam bastante o que é visto na história em quadrinhos. Vale para os fãs e mesmo para quem não conhece a saga, já que não há muita história anterior para entender.

Confira tudo sobre The Walking Dead

- Sniper Elite V2

Sniper Elite V2 é remake de um jogo que saiu no primeiro Xbox e agora retorna para dar mais um gostinho de como é viver na pele de um atirador de elite militar. O game se passa em 1945, quando um oficial norte-americano tem a missão de capturar um cientista alemão que pretende construir um míssil capaz de mudar o curso da guerra.

Sniper Elite V2 (Foto: Divulgação) (Foto: Sniper Elite V2 (Foto: Divulgação))Sniper Elite V2 (Foto: Divulgação)

O game surpreendeu por ter uma boa jogabilidade e gráficos bacanas, ainda que não sejam coisa de outro mundo. O título é bem estratégico e não adianta sair atirando por aí sem se programar. A ideia é que o jogador tenha a verdadeira paciência de um atirador, que deve abater seus alvos com muita habilidade.

Confira tudo sobre Sniper Elite V2

- Awesomenauts

Awesomenauts foi lançado no PlayStation 3 de forma gratuita para assinantes da PlayStation Plus e, por isso, fez certo sucesso. Muitos jogadores resolveram dar uma chance a este título que lembra muito o clássico DOTA, de Warcraft III, mas com visão lateral e personagens que mais parecem alienígenas.

Awesomenauts (Foto: Divulgação) (Foto: Awesomenauts (Foto: Divulgação))Awesomenauts (Foto: Divulgação)

A jogabilidade consiste em invadir uma base inimiga controlando apenas um personagem e sendo auxiliado por outros jogadores e também por “creepers”, seres controlados pelo computador. No caminho é preciso destruir as torres inimigas até chegar ao centro da base e vencer a partida. Os gráficos são fracos, mas o modo online garante algumas horas de diversão. O jogo custa US$ 10 para quem não for assinante PS Plus.

 

MAIO

- Starhawk

Starhawk é um jogo de tiro em terceira pessoa que pode ser considerado a continuação oficial de Warhawk, um game que saiu quase no início da geração do PlayStation 3. O principal atrativo neste é seu modo multiplayer, mas não se engane ao pensar que só temos como jogar online nele, já que há um modo de campanha bem interessante e que pode render algumas horas de dversão – e também serve como treino para o modo online.

Starhawk (Foto: Reprodução)Starhawk (Foto: Reprodução)

O game é tão divertido quanto Warhawk, mas com a principal diferença que se passa no futuro e em outros planetas. Vai ser comum controlarmos equipamentos altamente tecnológicos, como naves que se transformam em robôs. O jogo também possui um sistema de estratégia em tempo real surpreendente, que se mescla com o tiro em terceira pessoa.

Confira tudo sobre Starhawk

Confira o review completo de Starhawk

- Datura

Datura não pode ser considerado exatamente como um jogo, e sim como uma espécie de “demo técnica” do PS3 com o PS Move. Datura é uma mistura de adventure clássico com uma experiência interativa moderna. O jogo tem alguns níveis de interpretação – é você quem decide como irá vivenciá-lo e compartilhar seus pensamentos com outros jogadores após terminá-lo.

Datura (Foto: Divulgação) (Foto: Datura (Foto: Divulgação))Datura (Foto: Divulgação)

O game pode ser jogado com o Move e também com o controle tradicional e suporta visualzação 3D. Você controla uma mão que viaja pelos cenários quase abstratos e interage com objetos. É uma experiência bem diferente do que os jogadores estão acostumados.

- Max Payne 3

Demorou, mas Max voltou à ativa. O policial mais casca-grossa dos games está ainda mais invocado e agora trabalha no Brasil. Com uma missão diretamente de São Paulo, Max se envolve com criminosos em favelas e precisa trabalhar em conjunto com as forças policiais da “Terra da Garoa” para cumprir seus objetivos.

Max Payne agora pode usar o sistema de cobertura para a ação (Foto: Reprodução) (Foto: Max Payne agora pode usar o sistema de cobertura para a ação (Foto: Reprodução))Max Payne agora pode usar o sistema de cobertura para a ação (Foto: Reprodução)

Max Payne3 foi bem recebido por seus fãs, ainda que seja uma experiência bem diferente dos anteriores da série. O que vale aqui é a narrativa, que está bem mais avançada e moderna, e também os gráficos, condizentes com a atual geração. O multiplayer, novidade na saga, é uma atração a parte.

Confira tudo sobre Max Payne 3

Confira o review completo de Max Payne 3

- Game of Thrones

Após o fracasso do fraco A Game of Thrones: Genesis, o estúdio Cyanide resolveu tentar de novo e adaptar o famoso seriado para os games mais uma vez – desta vez nos consoles. Game of Thrones é um RPG com ação em terceira pessoa que é baseado no seriado (e não nos livros) e conta com alguns personagens conhecidos pelo público aqui ou ali.

Game of Thrones (Foto: Divulgação) (Foto: Game of Thrones (Foto: Divulgação))Game of Thrones (Foto: Divulgação)

Apesar de não ser perfeita, a aventura não é de todo o ruim. Os gráficos, porém, são bem feios. Somente fãs fervorosos terão paciência para encarar, já que a história vale muito a pena para quem se preocupa em ler todos os textos na tela. Assim como no seriado, o game é recheado de intrigas e conspirações e vai deixar os fãs satisfeitos neste sentido.

Confira tudo sobre Game of Thrones

- Sonic the Hedgehog 4: Episode II

Sonic voltou. Sim, voltou mais uma vez. Um bom tempo depois do primeiro episódio de Sonic 4 chegar aos videogames, a SEGA resolveu lançar o episódio 2, com melhorias e boas adições. A principal delas foi a inclusão de Tails, eterno amigo de Sonic e que agora o ajuda nas fases, como em games mais clássicos.

Sonic the Hedgehog 4: Episode II (Foto: Divulgação) (Foto: Sonic the Hedgehog 4: Episode II (Foto: Divulgação))Sonic the Hedgehog 4: Episode II (Foto: Divulgação)

A jogabilidade se manteve bem parecida com a do episódio 1, mas melhorou em alguns pontos. A física de Sonic está bem mais bem produzida e realmente lembra as versões de Mega Drive. Os gráficos também estão muito bonitos, com fases bem desenhadas e produzidas. Uma pena que a trilha sonora continue fraca, ainda mais para um jogo da série Sonic, que costuma ser conhecida por ter uma das melhores trilhas sonoras dos games.

Confira tudo sobre Sonic the Hedgehog 4: Episode 2

- PixelJunk 4am

Mais um lançamento do estúdio Q Entertainment, PixelJunk 4am é uma viagem só. Segundo o criador do game, um DJ psicodélico, a intenção é passar a mesma sensação que as pessoas têm ao participar de uma balada dançante às 4h da madrugada, onde o ritmo está nas alturas e todos estão curtindo o som com afinco.

PixelJunk 4am (Foto: Divulgação) (Foto: PixelJunk 4am (Foto: Divulgação))PixelJunk 4am (Foto: Divulgação)

Nem podemos considerar PixelJunk 4am como um jogo propriamente dito e sim como um visualizador de músicas com efeitos especiais. Ainda assim, o “jogo” tem suporte a troféus e ao controle PlayStation Move, para deixar as coisas ainda mais psicodélicas.

- Rock of Ages

Rock of Ages é um jogo que já havia sido lançado no PC há algum tempo e demorou para chegar ao PlayStation 3, mas se prova tão divertido que até vale a pena não esquentar com esse atraso. A premissa deste game é rolar uma pedra gigante por aí destruindo cenários e inimigos, sempre chegando ao final do cenário dentro do tempo.

Rock of Ages (Foto: Divulgação) (Foto: Rock of Ages (Foto: Divulgação))Rock of Ages (Foto: Divulgação)

O game é inspirado pela lenda grega de Sísifo, que teve como castigo por ter desafiado os deuses a tarefa de carregar uma pedra ladeira acima. O problema é que sempre no final algo ocorria e a pedra caía tudo de novo. O jogo é cheio de bom humor e com gráficos agradáveis.

- Battleship

Inspirado pelo filme de mesmo nome, este é um jogo que passou quase sem ninguém notar. Lançado pela Activision, o título é uma adaptação do filme, mas o que nem todo mundo sabe é que o filme é uma adaptação do famoso jogo de tabuleiro Batalha naval, e isso se reflete neste game. Por isso há modos que lembram o jogo clássico, com visão superior e o tabuleiro de pecinhas.

Battleship (Foto: Divulgação) (Foto: Battleship (Foto: Divulgação))Battleship (Foto: Divulgação)

Mas o jogo em si é de ação e não justifica muito seu esforço para comprá-lo. Seu modo principal é um game genérico de tiro onde enfrentamos aliens e salvamos a Terra. Os gráficos são fracos e a jogabilidade não tem muita inspiração. Vale como curiosidade para quem curtiu o filme.

- Dragon’s Dogma

Uma das surpresas deste ano, Dragon’s Dogma é um título original da Capcom, que resolveu deixar de lado o lançamento de grandes franquias para se dedicar a uma série totalmente inédita e inspirada em RPGs ocidentais. Game é em terceira pessoa e acompanha um bom desafio, com muito conteúdo e aventura para ninguém botar defeito.

Dragon’s Dogma (Foto: Divulgação)Dragon’s Dogma (Foto: Divulgação)

De longe, lembra Skyrim, mas em terceira pessoa e com uma jogabilidade mais “solta”, onde o personagem é mais atlético e suas habilidades de combate são frenéticas. Infelizmente não há multiplayer, então você vai ter que se contentar em lidar com inteligência artificial ruim do computador para te ajudar. Porém, este é um RPG de primeira que vai satisfazer os fãs do gênero.

Confira tudo sobre Dragon’s Dogma

- Tom Clancy’s Ghost Recon: Future Soldier

Jogo de tiro de qualidade da produtora Ubisoft que dá continuidade à série Ghost Recon, que já não tinha um título novo nos consoles há um bom tempo. Este game avança alguns anos no futuro e coloca o jogador no comando de um esquadrão com equipamentos de ponta e elementos que ainda nem existem ou estão apenas em fase de testes no mundo real.

GhostReconFutureSoldier20 (Foto: GhostReconFutureSoldier20)Ghost Recon Future Soldier (Foto: Divulgação)

Como era de se esperar, o jogo é repleto de ação, tiros, modo multiplayer digno de elogio e muito mais. O título faz justiça à série por apresentar uma aventura sólida e com poucos problemas, ainda mais quando temos o prazer de usar equipamentos tecnológicos militares que só vemos em filmes futuristas.

Confira tudo sobre Tom Clancy’s Ghost Recon: Future Soldier

Confira o review completo de Tom Clancy’s Ghost Recon: Future Soldier

- Men in Black: Alien Crisis

Outro filme que seguiu uma adaptação de filme dos cinemas, o novo MIB, ou Homens de Preto, também não surpreendeu em termos de qualidade. O jogo de ação em terceira pessoa tenta passar o mesmo clima divertido dos filmes, mas é atrapalhado por uma jogabilidade estranha e confusa.

Men in Black: Alien Crisis (Foto: Divulgação) (Foto: Men in Black: Alien Crisis (Foto: Divulgação))Men in Black: Alien Crisis (Foto: Divulgação)

Ao menos a história é original e o jogador controla um personagem inédito – que nunca tinha aparecido em nenhum filme. Talvez este seja o único ponto positivo do jogo todo, já que nem um multiplayer decente ele oferece. Vale se quiser conferir uma história extra do mundo de MIB e só.

- Sorcery

A mais recente aposta da Sony para o PlayStation Move, Sorcery foi anunciado há bastante tempo, na mesma E3 onde o controle foi apresentado, e até então não havia recebido um sinal de vida. Contudo, o jogo foi lançado e surpreendeu muita gente, oferecendo uma aventura divertida, ainda que limitada.

Sorcery (Foto: Divulgação) (Foto: Sorcery (Foto: Divulgação))Sorcery (Foto: Divulgação) (Foto: Sorcery (Foto: Divulgação))

O jogo segue um estilo infanto-juvenil de aventura com magia e perigos. O jogador controla um menino que possui uma varinha repleta de poderes. As magias podem ser feitas de diversas formas com o PS Move e podem até ser combinadas entre si para gerar efeitos diversos. Sorcery é recomendado para quem quer tirar a poeira do seu Move, pois você vai ter que usá-lo durante todo o jogo.

Confira tudo sobre Sorcery

- Doctor Who: The Eternity Clock

Baseado na famosa série britânica Doctor Who, este game foi lançado em formato digital e prometeu trazer de volta a glória do personagens aos videogames. Bem, não foi bem assim. O jogo é curioso e diverte por um pouco de tempo, mas logo se mostra repetitivo e cansativo. Os gráficos também não são lá grande coisa e ele é muito caro para um game digital – US$ 20 (mais de R$ 40).

Doctor Who: The Eternity Clock (Foto: Divulgação) (Foto: Doctor Who: The Eternity Clock (Foto: Divulgação))Doctor Who: The Eternity Clock (Foto: Divulgação)

Doctor Who: The Eternity Clock conta uma história inédita em relação ao seriado e pretende continuar contando em eventuais continuações, mas o jogo foi tão mal recebido pelos fãs que fica a incerteza de que ele vá ter uma continuação um dia. Contudo, vale dizer que o game apresenta alguns quebra-cabeças interessantes.

 

JUNHO

- Virtua Fighter 5 Final Showdown

Virtua Fighter 5, um dos primeiros jogos de luta lançados nesta geração de consoles, voltou com tudo no PlayStation 3. Em edição renovada, com mais personagens e outras novidades (como a adição do modo online para lutas), o game fez valer cada centavo, ainda mais que custa bem menos que sua versão em disco.

Virtua Fighter 5 Final Showdown (Foto: Divulgação) (Foto: Virtua Fighter 5 Final Showdown (Foto: Divulgação))Virtua Fighter 5 Final Showdown (Foto: Divulgação)

A nova versão mantém todas as qualidades do original, além das novidades já citadas. O jogo continua tão competitivo quanto antes e com o modo online a coisa tende a ficar ainda mais emocionante com suporte do sistema de campeonatos, troféus e destrancáveis.

- Inversion

Inversion é uma nova aposta na área de jogos de tiro em primeira pessoa, com elementos diferenciados e até inovadores. No game o que manda é a lei da gravidade, onde é possível ativar e desativar a gravidade e modificar o ambiente ao redor dos personagens.

Inversion (Foto: Divulgação) (Foto: Inversion (Foto: Divulgação))Inversion (Foto: Divulgação)

Isso modifica constantemente a jogabilidade. Em alguns momentos o jogador pode pular da rua diretamente para as paredes e obter cobertura em lugares que antes estavam suspensos. O game tem um “quê” de Gears of War, aquela série do Xbox 360, mas não supera e nem chega perto do concorrente. Apesar de ser um pouco inovador, o jogo ainda soa bem genérico e mal trabalhado no produto final.

Confira tudo sobre Inversion

- Lollipop Chainsaw

Lollipop Chainsaw é a pedida para quem gosta de games de ação sem que precisa pensar muito – e isso não é ruim! O game mostra uma líder de torcida que foi treinada para matar zumbis durante toda a sua vida. Juliet é a nossa bela heroína, que tem curvas de cair o queixo e luta como não se houvesse amanhã.

Lollipop Chainsaw (Foto: Divulgação) (Foto: Lollipop Chainsaw (Foto: Divulgação))Lollipop Chainsaw (Foto: Divulgação)

O jogo é competente no que faz, apesar de ter uma jogabilidade repetitiva em alguns momentos. Ainda assim, a aventura vai te deixar preso por algumas boas horas na frente do videogame, já que existem muitos destrancáveis, surpresinhas na história e mais. Vale a pena se você também curte um jogo bem boca suja (repleto de palavras sujas!) e muito erotismo.

Confira tudo sobre Lollipop Chainsaw

- DiRT Showdown

Trata-se do novo game da famosa série de automobilismo, que agora se volta mais para disputas ferozes entre carros, deixando corridas profissionais de rally um pouco de lado. O game oferece uma nova visão aos jogos da série, em que o realismo fica um pouco de lado e dá margem à uma sensação mais arcade, com corridas de demolição sendo o foco principal.

DiRT Showdown (Foto - Divulgação) (Foto: DiRT Showdown (Foto - Divulgação))DiRT Showdown (Foto - Divulgação)

Outros eventos curiosos como realizar saltos insanos e acabar com os veículos adversários a troco de pontos também fazem parte do pacote de inovações de Dirt Showdown. O game nem de perto lembra o tradicional Dirt, o que pode atrair novos fãs para a série e afastar outros.

Confira tudo sobre DiRT Showdown

- Babel Rising

Babel Rising é um jogo que parece estranho em primeiro momento, mas depois faz todo o sentido. O game é um quebra-cabeça que coloca os jogadores no papel de Deus, tendo que enfrentar uma pequena afronta humana. A história bíblica original fala sobre uma torre em construção pelo povo da Babilônia, cujo objetivo era chegar ao céu. Diz na Bíblia que como esta era uma afronta à Deus, Ele se voltou contra a torre, e é exatamente isso que os jogadores fazem no game.

Babel Rising (Foto: Divulgação) (Foto: Babel Rising (Foto: Divulgação))Babel Rising (Foto: Divulgação)

Encarnando o Todo-Poderoso, o objetivo é derrubar a Torre de Babel com o auxílio de desastres naturais, podendo arremessar raios, causar terremotos ou mesmo tsunamis. Tudo isso com a utilização de controles de movimento, como o PlayStation Move.

- LEGO Batman 2: DC Super Heroes

LEGO Batman 2: DC Super Heroes é a mais nova aventura do Homem-Morcego nos videogames. Aqui a principal novidade é a presença de outros heróis e vilões, mesmo aqueles que não fazem parte da famosa Gotham City, como Superman, Lanterna Verde, Lex Luthor e tantos outros que fizeram fama nos quadrinhos da DC Comics.

LEGO Batman 2: DC Super Heroes (Foto: Divulgação) (Foto: LEGO Batman 2: DC Super Heroes (Foto: Divulgação))LEGO Batman 2: DC Super Heroes (Foto: Divulgação)

A principal adição nesta versão é o próprio Superman, que pode voar livremente entre os cenários do jogo e auxiliar carregando objetos muito pesados – afinal, ele é o homem mais forte do mundo no universo dos quadrinhos. Outros personagens voadores também estão presentes, mas é com o Homem de Aço que os jogadores se acostumam às principais novidades do game.

Confira tudo sobre LEGO Batman 2: DC Super Heroes

- Magic: The Gathering – Duels of the Planeswalkers 2013

Magic the Gathering é o card game mais famoso do mundo e sua versão para os videogames tinha que estar à altura. O game em 2013 veio com tudo, apresentando boas novidades para quem estava acostumado à versão do ano passado e mais opções de carta – todas da nova expansão do card game real.

Magic The Gathering: Duels of the Planeswalkers 2013 (Foto: Divulgação) (Foto: Magic The Gathering: Duels of the Planeswalkers 2013 (Foto: Divulgação))Magic The Gathering: Duels of the Planeswalkers 2013 (Foto: Divulgação)

Magic The Gathering: Duels of the Planeswalkers 2013 é um bom jogo para quem queria voltar a jogar Magic, queria conhecer as cartas ou até mesmo queria apenas aperfeiçoar suas habilidades no famoso card game. O modo online é seu principal atrativo e vai agradar a todos os públicos, com opções de jogo para até quatro participantes.

Confira tudo sobre Magic: The Gathering – Duels of the Planeswalkers 2013

Confira o review completo de Magic: The Gathering – Duels of the Planeswalkers 2013

- Brave: The Video Game

Brave, ou Valente, é o novo filme animado da Pixar em parceria com a Disney – e é claro que isso teria que render mais uma adaptação para os games de um desenho famoso. O game é até competente e adapta com fidelidade a aventura vista nas telonas, mas infelizmente ele não consegue ser tão belo quanto os gráficos que você pode conferir no filme, claro. Não espere também que o game seja tão divertido quanto o filme, pelo contrário.

Brave: The Video Game (Foto: Divulgação) (Foto: Brave: The Video Game (Foto: Divulgação))Brave: The Video Game (Foto: Divulgação)

Infelizmente, Brave The Video Game peca por oferecer gráficos muito fracos, história contada de qualquer jeito e uma jogabilidade que vai ficar chata após 10 minutos de partida. Somente os fãs mais fervorosos vão ter alguma coragem para encarar a aventura, que também não dura muito.

Confira tudo sobre Brave The Video Game

- The Amazing Spider-Man

Com o novo filme do Homem-Aranha nas telonas, um novo game também teria que ser lançado, e foi isso que a Activision fez, disponibilizando no mercado The Amazing Spider-Man. E não é que ficou bom? O game é uma “continuação oficial” do filme e não faz feio, roubando o cargo de Spider-Man 2 como o jogo mais divertido do personagem.

The Amazing Spider-Man (Foto: Divulgação) (Foto: The Amazing Spider-Man (Foto: Divulgação))The Amazing Spider-Man (Foto: Divulgação)

Os gráficos estão em um bom nível e a aventura é bem fiel ao herói e seu universo. A cidade, Nova York, é gigantesca e cheia de opções de missões e personagens para se encontrar. A história não é lá muito inovadora, mas também não compromete. Trata-se de um verdadeiro divertimento para os fãs do Cabeça-de-Teia.

Confira tudo sobre The Amazing Spider-Man

Confira o review completo de The Amazing Spider-Man

- Spec Ops: The Line

Spec Ops: The Line é um game de tiro em terceira pessoa que se passa em Dubai, ou melhor, nas ruínas da cidade, já que uma tempestade de areia devastou o local, deixando apenas facções militares disputanto o comando da área. A areia, na verdade, é um grande elemento de jogabilidade no single e no multiplayer, podendo ser usada para se camuflar, ou mesmo nas diversas armadilhas preparadas no vasto cenário do jogo. É possível derrubar toneladas de areia acumuladas em uma marquise, por exemplo, e enterrar seus oponentes.

Spec Ops: The Line (Foto: Divulgação) (Foto: Spec Ops: The Line (Foto: Divulgação))Spec Ops: The Line (Foto: Divulgação)

A jogabilidade em terceira pessoa oferece muitos recursos neste jogo, não somente pela possibilidade de atirar em cobertura e ter uma noção melhor do que acontece à sua volta, mas também para gerar fluidez de movimentos e momentos cinematográficos de ação e violência.

Confira tudo sobre Spec Ops: The Line

- Resident Evil: Chronicles HD Collection

Resident Evil Chronicles HD é uma coletânea em alta definição para o PS3 com os jogos de tiro da franquia que foram lançados exclusivamente para o Nintendo Wii. Por um preço “salgadinho” você pode adquirir esses dois jogos que divertem os fãs do gênero e ajuda a complementar a história principal de toda franquia. Porém, é praticamente obrigatório o uso do PS Move, uma vez que mirar com o DualShock 3 é mais difícil que sobreviver aos jogos.

Resident Evil: Chronicles HD Collection (Foto: Divulgação) (Foto: Resident Evil: Chronicles HD Collection (Foto: Divulgação))Resident Evil: Chronicles HD Collection (Foto: Divulgação)

Ambos os títulos são jogos de tiro sobre trilhos, que se focam em explorar a rica história de Resident Evil. Umbrella Chronicles conta as histórias ocultas da companhia Umbrella, responsável pela maioria dos vírus da série, enquanto The Darkside Chronicles explora o passado de alguns personagens, incluindo Leon S. Kennedy, que estará em Resident Evil 6.

Confira tudo sobre Resident Evil: Chronicles HD Collection

Confira o review completo de Resident Evil: Chronicles HD Collection

- London 2012 – The Official Video Game of the Olympic Games

O jogo oficial das Olimpíadas chegou no final de junho, bem próximo dos jogos de verdade começarem. London 2012: The Official Video Game of the Olympic Games apresenta modos de jogo single e multiplayer, além de partidas e rankings online. Esses rankings computam todas as medalhas recebidas nos eventos enquanto se joga online, e as melhores pontuações e tempos.

London 2012 - The Official Video Game of the Olympic Games (Foto: Divulgação) (Foto: London 2012 - The Official Video Game of the Olympic Games (Foto: Divulgação))London 2012 - The Official Video Game of the Olympic Games (Foto: Divulgação)

Segundo a produtora SEGA, cada medalha ganha irá ajudar a aumentar o ranking de um determinado país, criando cada vez mais momentos de glória e fama esportiva ao redor do mundo. É ou não é uma funcionalidade bacana para um jogo do tipo?


JULHO


- Dungeon Twister

Dungeon Twister é um divertido game de estratégia em turnos que muda as regras do jogo como o conhecemos. Inspirado em um jogo de tabuleiro real, o game tem um tabuleiro virtual onde cada local vai se modificando de forma dinâmica, trazendo sempre novos desafios aos jogadores.

Dungeon Twister (Foto: Divulgação) (Foto: Dungeon Twister (Foto: Divulgação))Dungeon Twister (Foto: Divulgação)

Da mesma forma que no game real, Dungeon Twister oferece personagens com temática medieval para que os participantes avancem nas masmorras repletas de desafios e armadilhas. É preciso chegar até o “chefão” e derrotá-lo. O game tem suporte a multiplayer e os gráficos tentam imitar o tabuleiro de verdade.

- Test Drive: Ferrari Racing Legends

Test Drive: Ferrari Racing Legends foi um game lançado de forma “mais em conta” para os fãs daq famosa série Test Drive. Com uma pegada mais clássica, diferente da linha “Unlimited”, este game te coloca nos volantes de carros da montadora Ferrari, cheios de combustível para queimar.

Test Drive: Ferrari Racing Legends (Foto: Divulgação) (Foto: Test Drive: Ferrari Racing Legends (Foto: Divulgação))Test Drive: Ferrari Racing Legends (Foto: Divulgação)

O game foi lançado por US$ 49 (equivalente a R$ 100) na PlayStation Network, cerca de US$ 10 (ou R$ 20) mais barato que o preço normal, o que por si só já é um atrativo. O jogo inclui diversos modelos de Ferrari e pistas que tem forte apelo para curvas perigosas e tempos cada vez menores.

- Rainbow Moon

Um RPG com toques de “antigamente”, Rainbow Moon consegue agradar gregos e troianos. Apesar de seus gráficos serem um pouco fracos, o game não faz feio quanto à questão de conteúdo e não te deixa na mão mesmo quando a história acaba.

Rainbow Moon (Foto: Divulgação) (Foto: Rainbow Moon (Foto: Divulgação))Rainbow Moon (Foto: Divulgação)

Neste jogo é possível elevar o nível de seu personagem para mais de 500, e até mais, o que já te dá uma ideia de quanta coisa você vai poder fazer na aventura. A história envolve seres mágicos, um mundo medieval repleto de conflitos e, claro, muito bom humor. Apesar de ser um jogo bem completo, ele foi lançado na PSN, e não em caixa.

- Quantum Conundrum

Game produzido pela co-criador de Portal, Quantum Conundrum surpreendeu por apresentar um produtor que ao mesmo tempo é original, mas também altamente inspirado na obra original. Aqui, porém, a mecânica não funciona com portais, e sim com “dimensões”.

Quantum Conundrum (Foto: Divulgação) (Foto: Quantum Conundrum (Foto: Divulgação))Quantum Conundrum (Foto: Divulgação)

As dimensões variam de acordo com a missão que o jogador tem em cada ambiente possível do game. Em determinada área é possível trocar sua dimensão para uma onde todos os objetos ficam “fofinhos” e mais leves. Em outra a gravidade fica alterada, e por aí vai. O jogo é engenhoso e requer muita criatividade dos jogadores que pretendem avançar até o final, que vão precisar quebrar a cabeça para resolver alguns desafios.

- Frogger: Hyper Arcade Edition

O clássico dos clássicos, Frogger retorna em uma edição especial e renovada de seu antigo jogo para o PS3 e outras plataformas. Estranhamento, o game é uma produção do Zombie Studios, responsável pela série de jogos de tiro Blacklight.

Frogger: Hyper Arcade Edition (Foto: Divulgação) (Foto: Frogger: Hyper Arcade Edition (Foto: Divulgação))Frogger: Hyper Arcade Edition (Foto: Divulgação)

Mas calma, este Frogger respeita o original e não é de tiro! O game reformula a clássica fórmula de “atravessar a rua” dos games antigos da série, mas desta vez com modos inéditos de jogo. É possível modificar o visual do jogo com elementos desbloqueáveis, incluindo cenários inspirados em outros games famosos, como Castlevania.

- Dyad

Dyad é mais um dos curiosos games lançados este ano no PlayStation 3. O jogo é uma experiência audiovisual das mais estranhas e não é para qualquer um. Não que ele seja ruim, mas é um jogo extremamente diferente dos padrões da indústria.

Dyad (Foto: Divulgação) (Foto: Dyad (Foto: Divulgação))Dyad (Foto: Divulgação)

Em Dyad você controla luz e som em cenários que mais lembram a época da discoteca antiga, onde tudo era colorido, agitado e com luzes se movendo para lá e para cá. De longe lembra o game Child of Eden, também bem diferente, mas a proposta aqui é ligeiramente diferente.

- Malicious

Malicious foi lançado há bastante tempo na loja japonesa do PlayStation 3 e só neste ano chegou aos Estados Unidos. O game é voltado para a ação e tem bons gráficos, mas seu principal atrativo está nas batalhas frenéticas que o jogador vai encontrar.

Malicious (Foto: Divulgação) (Foto: Malicious (Foto: Divulgação))Malicious (Foto: Divulgação)

A jogabilidade e Malicious é bem voltada ara a ação e o jogador vai fazer coisas impossíveis, como lutar contra um exército enorme de criaturas, que darão muito trabalho! O game não tem uma história muito desenvolvida e consiste apenas em invadir locais para derrotar chefões. Apesar de parecer limitado, ele oferece grande desafio.

- Adidas miCoach

O novo game da marca Adidas é uma mistura de jogo, aplicativo e sistema de treino. O miCoach utiliza o controle PlayStation Move para realizar movimentos do jogador e treinar suas capacidades físicas, com a possibilidade de calcular tudo em tempo real.

Adidas miCoach (Foto: Divulgação) (Foto: Adidas miCoach (Foto: Divulgação))Adidas miCoach (Foto: Divulgação) (Foto: Adidas miCoach (Foto: Divulgação))

Apesar de ter nível de dificuldade, sistema de troféus e outros elementos tradicionais, o Adidas miCoach não pode ser considerado um verdadeiro jogo, já que está mais para treinador virtual. É uma boa pedida para aqueles que pretendem entrar em forma sem desgrudar do videogame, já que as rotinas de treino são bem elaboradas.

- Foosball 2012

Foosball 2012 é um jogo que foi lançado na PlayStation Network para o PS3 que imita os famosos “pebolim”, ou “totó”, depende de que lugar do país você seja para entender este clássico jogo de clubes e bares.

Foosball 2012 (Foto: Divulgação) (Foto: Foosball 2012 (Foto: Divulgação))Foosball 2012 (Foto: Divulgação)

O game simula bem uma partida de pebolim, com um campo virtual, as peças, a bola e tudo mais. O PlayStation Move pode ser utilizado e simula de forma melhor o momento em que você move as peças em campo, mas também é possível jogar com o controle tradicional. Um bom jogo para o modo multiplayer, com direito a partidas online.

- The Expendables 2 Videogame

Baseado no filme Os Mercenários 2, este game te coloca no controle dos principais personagens, totalmente armados e com uma missão de resgate no caminho. O jogo é simples, com gráficos não muito elaborados, mas não deixa de ser divertido, principalmente em seu modo multiplayer.

The Expendables 2 Videogame (Foto: Divulgação) (Foto: The Expendables 2 Videogame (Foto: Divulgação))The Expendables 2 Videogame (Foto: Divulgação)

O título não segue a história do filme, mas apresenta um enredo original, ainda que totalmente inspirado pela “ação sem limites” que está presente no longa-metragem. Explosões, tiros voando para todos os lados e os personagens carismáticos que conhecemos no cinema estão por aqui.


AGOSTO

- Persona 4 Arena

Imagine quando um RPG dos mais clássicos muda totalmente de gênero. Foi isso que ocorreu com Persona 4, elogiado no PlayStation 2, que virou jogo de luta para os consoles desta geração. O game é um verdadeiro representante do gênero de luta, com embates ferozes, sistema de combos, especiais e tudo o mais que você lembrar em game do tipo.

Persona 4 Arena  (Foto: Divulgação) (Foto: Persona 4 Arena  (Foto: Divulgação))Persona 4 Arena (Foto: Divulgação)

O jogo preza pelos movimentos rápidos, belas animações e os carismáticos personagens de Persona 4, incluindo aí alguns de Persona 3, que foram especialmente convidados para a ocasião. O que os fãs mais vão gostar neste game é que ele é uma continuação oficial de Persona 4, então é sempre bom ver como uma história tão querida teve sua continuidade.

- Sound Shapes

Sound Shapes é uma das experiências únicas disponíveis no PlayStation 3. O game mistura quebra-cabeças, plataforma e jogo de ritmo de uma forma que não vemos com muita frequência, e por isso chamou bastante atenção.

Sound Shapes (Foto: Divulgação) (Foto: Sound Shapes (Foto: Divulgação))Sound Shapes (Foto: Divulgação)

O game é uma colaboração de vários compositores, incluindo aí o cantor Beck, que resolveram criar fases baseadas em música. No comando de um pequeno ponto, o jogador deve avançar pelas fases e coletando outros pontos, para que assim crie a música em cada cenário. A jogabilidade de Sound Shapes é inteligente, sua trilha sonora é de primeira e os gráficos são simpáticos.

- Darksiders 2

Continuação de um elogiado jogo de 2010, Darksiders II mantém o clima de aventura, agora de forma ainda mais grandiosa. O mundo da ação é maior, os inimigos são mais ameaçadores e a todo momento o jogador vai encarar uma batalha ferrenha.

Darksiders 2 (Foto: Divulgação)Darksiders 2 (Foto: Divulgação)

O game lembra bastante o clássico God of War, com toda a sua violência, combos e muitos chefões gigantescos, mas tem personalidade própria. Darksiders II inclui elementos de RPG em suas fases, com customização e evolução de personagem. Os gráficos estão ainda melhores nesta sequência.

- Sleeping Dogs

Este jogo era conhecido como True Crime Hong Kong, até que sua empresa, a Activision, resolveu cancelar o seu desenvolvimento. Para que todo o trabalho do estúdio não fosse em vão, a empresa Square Enix comprou os direitos e mudou o nome do jogo, dando uma nova direção ao projeto.

Sleeping Dogs (Foto: Divulgação) (Foto: Sleeping Dogs (Foto: Divulgação))Sleeping Dogs (Foto: Divulgação) (Foto: Sleeping Dogs (Foto: Divulgação))

Sleeping Dogs pode ser classificado como um bom clone de GTA. Enquanto o novo GTA 5 ainda não chega, Sleeping Dogs vai fazendo um grande favor aos amantes de jogos em mundo aberto. Em território chinês, o jogador deve se infiltrar no submundo do crime para descobrir uma gangue mafiosa e desmantelar seus membros. O game é uma excelente pedida para quem curte belos gráficos e uma aventura cheia de adrenalina.

- Papo & Yo

Papo & Yo é um curioso game lançado para o PS3, com um objetivo que não pode ser achado em nenhum outro. O game, na verdade, é uma metáfora. O criador do projeto resolveu contar sua história de infância dentro do jogo, quando ele enfrentava seu pai, que chegava alcoolizado em casa e muito agressivo.

Papo & Yo (Foto: Divulgação) (Foto: Papo & Yo (Foto: Divulgação))Papo & Yo (Foto: Divulgação)

Assim nasceu Papo & Yo, que conta a história de um garoto que tem um grande amigo, chamado de “Monstro”. O problema é que Monstro é viciado em sapos, e toda vez que o bicho come um sapo ele fica extremamente violento com tudo e com todos. Cabe ao menino fugir e depois tentar recuperar seu amigo. Uma história tocante, com jogabilidade de quebra-cabeças e com um cenário que lembra muito uma favela brasileira.

- Way of the Samurai 4

A série Way of the Samurai é muito famosa no Japão, mas pouco se fala dela no ocidente. Possivelmente por isso é que o quarto capítulo tenha demorado tanto para chegar por aqui e, quando chegou, veio apenas em formato digital, sem lançamento em caixa.

Way of the Samurai 4 (Foto: Divulgação) (Foto: Way of the Samurai 4 (Foto: Divulgação))Way of the Samurai 4 (Foto: Divulgação)

O jogo, exclusivo do PlayStation 3, lembra de longe a série Yakuza, mas somente em termos gráficos e de design. A história é totalmente diferente, já que se passa no Japão feudal. O jogador cria um samurai próprio, com feições únicas e características próprias, e assim segue sua jornada de honra, amor e ódio. O game tem vários personagens marcantes e até alguns históricos.

- Counter-Strike: Global Offensive

O clássico dos clássicos voltou, e desta vez voltou em grande estilo! Counter-Strike recebeu uma nova versão nas atuais plataformas e assim saciou a vontade de muitos fãs que queriam ver uma versão mais moderna, com gráficos atuais, do game que fez história nos jogos de tiro.

Counter-Strike: Global Offensive (Foto: Divulgação) (Foto: Counter-Strike: Global Offensive (Foto: Divulgação))Counter-Strike: Global Offensive (Foto: Divulgação)

Além de gráficos, o jogo também surpreendeu por manter a jogabilidade intacta e tão divertida quanto antes. A versão PlayStation 3 ainda é a mais completa, pois é compatível com mouse e teclado, além do controle normal e PlayStation Move, dando diversas opções para quem nãoq uer ficar perdido no tiroteio online.

- Transformers: Fall of Cybertron

Fall of Cybertron é continuação direta de War for Cybertron, lançado há alguns anos pela Activision. Neste capítulo, os Transformers estão de volta, agora em uma fase decisiva de sua história, quando o planeta Cybertron está nas últimas. Cabe aos robôs lutar até o fim e depois partir em busca de um novo lar.

Transformes Fall of Cybertron (Foto: Divulgação)Transformes Fall of Cybertron (Foto: Divulgação)

O jogo repete a fórmula do primeiro, com partidas multiplayer, uma história emocionante e muita guerra entre as duas facções de robôs – Autobots e Decepticons. Claro que nenhum fã vai deixar de jogar, já que conta uma parte importante da história dos personagens.

- Madden NFL 13

O novo Madden NFL 13 tem um modo carreira completamente renovado, onde o jogador pode construir sua própria carreira como iniciante, crescendo e jogando em vários times diferentes, ou escolher um time e jogar com algumas das lendas do esporte em uma experiência interativa, social e online. Os times podem ser gerenciados através do console, internet ou celular, 24 horas por dia.

Madden NFL 13 (Foto: Divulgação)Madden NFL 13 (Foto: Divulgação)

A jogabilidade e o controle também foram remodelados, permitindo que o jogo tenha um novo sistema que faz com que cada movimento seja importante durante a partida. As partidas de futebol americano são exibidas de uma forma que lembre uma cobertura de TV nacional, com os comentaristas esportivos da CBS, Jim Nantz e Phil Simms, em uma cabine virtual.

- Tony Hawk's Pro Skater HD

Tony Hawk’s Pro Skater HD chegou atrasado para a festa no PS3 e foi lançado quase um mês depois de ter sido lançado no console concorrente. Mas tudo bem, já que no final das contas os fãs puderam aproveitar o retorno do clássico game de skate na plataforma da Sony.

Tony Hawk's Pro Skater HD (Foto: Divulgação) (Foto: Tony Hawk's Pro Skater HD (Foto: Divulgação))Tony Hawk's Pro Skater HD (Foto: Divulgação)

O game agrega uma série de fases dos jogos mais antigos, com gráficos refeitos para a alta definição e trilha sonora original, para a alegria da galera. O título é novamente centrado no skatista Tony Hawk, mas é possível criar seu próprio astro do skate e partir para as manobras mais impossíveis nas rampas e pistas.

- Rock Band Blitz

O retorno de Rock Band desta vez veio sem instrumentos. Rock Band Blitz é jogado apenas com um controle comum e não tem nem multiplayer, mas surpreende por trazer uma jogabilidade divertida e que te prende por algumas boas horas.

Rock Band Blitz (Foto: Divulgação) (Foto: Rock Band Blitz (Foto: Divulgação))Rock Band Blitz (Foto: Divulgação)

A graça do game é fazer mais pontos que seus amigos da rede do PS3 em diversas músicas que estão presentes na trilha sonora. O jogo já vem com cerca de 25 músicas, ma sé possível comprar mais por download ou utilizar toda a sua biblioteca já disponível, caso tenha o game Rock Band 3 em sua casa.
 

SETEMBRO


Zen Pinball 2

Zen Pinball 2 chegou com uma proposta diferente do original, onde o jogo base era gratuito e somente as mesas eram comercializadas. O jogo agradou por reunir uma série de mesas já lançadas nos capítulos anteriores, incluindo as mesas de Marvel Pinball.

Zen Pinball 2 (Foto: Divulgação) (Foto: Zen Pinball 2 (Foto: Divulgação))Zen Pinball 2 (Foto: Divulgação)

O game em si não apresentou muitas novidades, mas agradou aqueles que não queriam armazenar outro jogo inteiro no disco rígido do console e pôde selecionar apenas aqueles mesas que queria guardar. Vale registrar que quem comprou o primeiro ganha todas as mesas já desbloqueadas de “presente” no segundo.

Tekken Tag Tournament 2

Tekken voltou e de uma forma melhor do que nunca. O novo jogo talvez seja aquele com maior quantidade de personagens, e por isso mesmo impressionou fãs, imprensa e todo mundo que pôde colocar as mãos no produto final.

Tekken Tag Tournament 2 (Foto: Divulgação) (Foto: Tekken Tag Tournament 2 (Foto: Divulgação))Tekken Tag Tournament 2 (Foto: Divulgação)

Com mais de 40 lutadores no elenco, Tekken Tag 2 mostrou que a série não deve em nada para a concorrência, com motivos de sobre para comemorar seu sucesso e sua qualidade como jogo de luta. Além dos personagens, sempre carismáticos, o jogo conta com ótimo modo multiplayer (também online).

Double Dragon Neon

Double Dragon: Neon representa o retorno de um clássico há muito tempo quase esquecido. Os irmãos Billy e Jimmy retornaram em grande estilo com um jogo que, ainda que bem diferente do clássico, manteve aquela natureza “inocente”, com uma estranha mistura de visual e violência.

Double Dragon: Neon (Foto: Divulgação) (Foto: Double Dragon: Neon (Foto: Divulgação))Double Dragon: Neon (Foto: Divulgação)

O jogo foi um lançamento exclusivamente digital, somente via PSN, o que facilitou o acesso de muitos a este retorno clássico. Apesar de não ter agradado alguns, o novo Double Dragon fez justiça para não deixar a famosa saga esquecida entre tantos outros jogos.

Borderlands 2

O primeiro Borderlands foi um sucesso tão inesperado que a produtora Gearbox Software resolveu produzir uma sequência ainda nesta geração, e assim nasceu Borderlands 2, que expande ainda mais o universo de Pandora e de seus personagens – bizarros e interessantes ao mesmo tempo.

Borderlands 2 (Foto: Divulgação) (Foto: Borderlands 2 (Foto: Divulgação))Borderlands 2 (Foto: Divulgação)

Aqui temos a estreia não somente de novos vilões, mas também novos heróis que podem ser controlados pelos jogadores. O que importa de verdade é que o game continua tão divertido quanto sempre foi o primeiro e ainda veio com belas novidades, como modo multiplayer mais apurado e uma história bem maior.

F1 2012

F1 2012 chegou para continuar a alegrar os fãs do famoso evento esportivo, justamente atualizando as novidades para a atual temporada. Aqui os jogadores encontrarão diversos novidades e melhorias em relação ao jogo anterior, mesmo que de forma sutil e quase imperceptível em alguns momentos.

F1 2012 (Foto: Divulgação) (Foto: F1 2012 (Foto: Divulgação))F1 2012 (Foto: Divulgação)

Uma das novidades, claro, foi a atualização de corredores. Agora tambem era possível utilizar um corredor próprio e seguir uma carreira completa na Fórmula 1. O jogo preza pelos gráficos belíssimos nas pistas, carros e até para representar os pilotos, além de também contar com modo online de primeira e diversas opções de carreira.

Jet Set Radio HD

Mais um clássico que retornou em formato digital para o PlayStation 3, Jet Set Radio foi lançado pela primeira vez no Dreamcast, pela SEGA, e agora ganhou o tratamento com alta definição, mas manteve sua trilha sonora original – e magnífica.

Jet Set Radio HD (Foto: Joystiq) (Foto: Jet Set Radio HD (Foto: Joystiq))Jet Set Radio HD (Foto: Joystiq)

 

No jogo, você controla uma gangue de “pixadores” que “luta contra o poder” fazendo arte pelas ruas. A experiência é divertida e bacana pois controlamos os personagens sobre skates e patins, o que dá um ar de “gangue” bem legal. O problema é que o game envelheceu bastante, e não ficou muito bom para os padrões atuais.

Dead or Alive 5

Dead or Alive 5 chegou no mesmo mês que o novo Tekken para acirrar a concorrência, e não é que conseguiu? O jogo também mostrou que essa grande série japonesa de games de luta ainda tem muita lenha para queimar pela frente, e muitas beldades para exibir por aí.

Dead or Alive 5 (Foto: Divulgação) (Foto: Dead or Alive 5 (Foto: Divulgação))Dead or Alive 5 (Foto: Divulgação)

As lutadoras de Dead or Alive 5 estão cada vez mais belas, com mais curvas e com seios mais volumosos, característica principal entre elas, claro. De quebra, o jogo ainda presenteou os fãs com a participação especial de lutadores da série Virtua Fighter, da SEGA, Inusitado e divertido.

One Piece: Pirate Warriors

A saga de Luffy D. Monkey ganhou um novo capítulo no PlayStation 3, com direito a gráficos de última geração e muita ação. O game One Piece: Pirate Warriors apresenta boa parte do famoso desenho animado japonês, com todos os personagens que aprendemos a amar.

One Piece: Pirate Warriors (Foto: Divulgação) (Foto: One Piece: Pirate Warriors (Foto: Divulgação))One Piece: Pirate Warriors (Foto: Divulgação)

A saga começa de forma bem excêntrica, com o pirata Luffy e seu bando estão causando confusões em um local aparentemente tranquilo. Depois a história volta alguns anos, mostrando como o início da saga começou e chegou até ali. Imperdível para os fãs do anime.

Tokyo Jungle

Tokyo Jungle é um dos jogos mais bizarros lançados no PlayStation 3. O game te coloca no controe de animais selvagens que dominaram Tóqui após o fim da humanidade. Trata-se de uma verdadeira selva de pedra onde só os mais fortes sobrevivem. O jogo cosegue ser tenso e hilário ao mesmo tempo.

Tokyo Jungle (Foto: Divulgação) (Foto: Tokyo Jungle (Foto: Divulgação))Tokyo Jungle (Foto: Divulgação)

Ainda que não tenha gráficos muito avançados, Tokyo Jungle é interessante somente por conta de sua premissa totalmente absurda e irreal. No jogo, por exemplo, é possível vestir os animais com as mais diversas roupas e utilizar uma série de outros utensílios.

Fifa 13

Fifa 13 voltou para acirrar a disputa entre os jogos de futebol disponíveis no mercado. O jogo veio com muitas novidades interessantes, a exemplo do controle real dos jogadores e sistema de passe bem mais apurado do que no ano passado.

FIFA 13 mostra gráficos superiores em imagem do Wii U (Foto: Divulgação) (Foto: FIFA 13 mostra gráficos superiores em imagem do Wii U (Foto: Divulgação))FIFA 13 mostra gráficos superiores em imagem do Wii U (Foto: Divulgação)

Claro que os gráficos também foram melhorados, e a física da bola também, mas o destaque mesmo fica por conta dos controles, aprovados por jogadores do mundo todo. Outro grande destaque nesta nova versão é a narração de Tiago Leifert, que agregou um tom mais brasileiro ao game.

PES 2013

Se FIFA 13 arriscou e inovou geral, Pro Evolution Soccer 2013 resolveu apostar no que estava dando certo, sem se arriscar demais. Até que deu certo, já que os fãs curtiram o novo game a ponto dele vender bem, principalmente no Brasil, mas também há espaço para novidades.

PES 2013 separa jogadores online pelo nível de cortesia (Foto: Divulgação) (Foto: PES 2013 separa jogadores online pelo nível de cortesia (Foto: Divulgação))PES 2013 separa jogadores online pelo nível de cortesia (Foto: Divulgação)

Entre as novidades temos um sistema que imita os movimentos clássicos dos principais jogadores e trouxe também um mimo para os fãs brasileiros: capa especial com Neymar (com a camisa do Santos) e continuando a apresentar a narração de Silvio Luis.

Angry Birds Trilogy

Angry Birds Trilogy é um pacote imperdível para aqueles que são fãs da série da Rovio. O jogo chegou aos consoles com uma bela versão contendo Angry Birds, Angry Birds Seasons e Angry Birds Rio, em um único disco e com todos os extras possíveis.

Angry Birds Trilogy (Foto: Divulgação) (Foto: Angry Birds Trilogy (Foto: Divulgação))Angry Birds Trilogy (Foto: Divulgação)

O bom é que os games já vem todos atualizados, com todas as fases liberadas até então, por isso conteúdo é o que não vai faltar para os fãs dos pássaros estressados. Alguns fãs ficaram desapontados pelo fato dos jogos serem simples e vendidos por um preço mais caro, mas o pacote vale o investimento.

Hell Yeah! Wrath of the Dead Rabbit

Hell Yeah! Wrath of the Dead Rabbit é um novo game da SEGA que pode ser classificado como bizarro e interessante ao mesmo tempo. No jogo você toma o controle de um coelho morto, que precisa avançar pelo inferno para retomar seu reino e fotos comprometedoras.

Hell Yeah! Wrath of the Dead Rabbit (Foto: Divulgação) (Foto: Hell Yeah! Wrath of the Dead Rabbit (Foto: Divulgação))Hell Yeah! Wrath of the Dead Rabbit (Foto: Divulgação)

O enredo é bem divertido e inusitado, repleto de humor ácido e muita violência estilizada, que vai deixar os jogadores sedentos por sangue. Tudo de mentirinha e de brincadeira, claro. O legal mesmo é acompanhar as aventuras do amalucado coelho.

Marvel vs. Capcom Origins

Marvel vs. Capcom Origins retorno o game crossover original com personagens marcantes como Ryu, Mega Man, Homem-Aranha, Wolverine e por aí vai. O jogo de luta disputado entre personagens das duas empresas marcou época e retornou renovado na plataforma da Sony.

Marvel vs. Capcom Origins (Foto: Divulgação) (Foto: Marvel vs. Capcom Origins (Foto: Divulgação))Marvel vs. Capcom Origins (Foto: Divulgação)

O game apresenta uma série de filtros gráficos, que o deixa com um visual mais arrojado e menos “antigo”, ainda que os gráficos não tenham sido totalmente refeitos. O modo online está presente, o que vai deixar todo mundo feliz. Além do jogo original, há a presença de um game extra no pacote.

Resident Evil 6

O horror está de volta! Resident Evil 6 mostrou que a série da Capcom ainda preza pelo horror, ainda que a ação seja seu foco principal no momento. O game dividiu opiniões quando foi lançado – alguns acharam que seria o jogo do ano, enquanto outros o classificaram como “péssimo jogo”, de forma bem exagerada.

Bug mostra personagem atravessando parede em Resident Evil 6 (Foto: Reprodução)Bug mostra personagem atravessando parede em Resident Evil 6 (Foto: Reprodução)

A verdade é que Resident Evil 6 é uma experiência em tanto e bem variada, com direito a campanhas diversificadas entre os personagens, multiplayer divertido e mais elementos que vão fazer a cabeça dos amantes de zumbis.


OUTUBRO


Just Dance 4

Outubro começou com um ritmo dançante no PS3, com a chegada de Just Dance 4, que utiliza o controle PlayStation Move. O game atém que é divertido e possui grandes músicas em sua trilha sonora, mas a versão PS3 acaba não sendo tão interessante quanto a versão da concorrência, por conta da captura de movimentos mais limitada do Move.

Just Dance 4 (Foto: Divulgação) (Foto: Just Dance 4 (Foto: Divulgação))Just Dance 4 (Foto: Divulgação)

Ainda assim, quem tentar se divertir com a galera vai achar um título minimamente bom em Just Dance 4, já que as músicas são realmente boas e possuem forte apelo para todas as idades. Desde hits mais antigos, dos anos 70 e 80, passando por sucessos mais recentes e músicas que ficaram famosas no YouTube.

XCOM: Enemy Unknown

O retorno de XCOM foi algo memorável. Clássico jogo de estratégia para PC, o título não fez feio ao “voltar dos mortos”, respeitando o gênero onde nasceu e com uma aventura repleta de elementos modernos que não destoam dos primeiros jogos da série.

XCOM: Enemy Unknown (Foto: Divulgação)XCOM: Enemy Unknown (Foto: Divulgação)

Com XCOM: Enemy Unknow os jogadores novatos podem ter a experiência que marcou história no PC e ao mesmo tempo se divertir com um jogo no formato dos games atuais. Os mais saudosistas também não vão se decepcionar, já que o game apresenta uma série de elementos que fizeram sucesso em XCOM, como a administração de recursos e forças militares na luta contra os aliens.

Dishonored

Dishonored é uma das maiores surpresas de 2012. Quando os jogos de tiro e ação em primeira pessoa parecem recheados de elementos repetitivos e caminhos lineares, este jogo surge para dar um basta e apresentar algo realmente novo. Dishonored nos mostra como um game ainda pode ser interessante e variado ao mesmo tempo.

Dishonored (Foto: Divulgação) (Foto: Dishonored (Foto: Divulgação))Dishonored (Foto: Divulgação)

No jogo você controla um guarda-costas da realeza que é acusado de um crime que não cometeu – assassinar uma Imperatriz. Após escapar da prisão, o herói vai atrás daqueles que o traíram e conta com poderes especiais que ganha pelo caminho. Há diversas formas de se terminar a aventura e temos até mesmo um prêmio para quem terminar sem matar nenhum inimigo.

Doom 3 BFG Edition

Outro clássico que retornou em outubro, Doom 3 BFG Edition é um pacote completo com uma nova edição do antigo Doom 3, além dos primeiros jogos da série como pequenos complementos para os fãs. Os dois primeiros jogos não possuem melhorias, mas Doom 3 recebeu um tratamento de imagem, com direito a texturas em alta definição.

Doom 3 BFG Edition (Foto: Divulgação) (Foto: Doom 3 BFG Edition (Foto: Divulgação))Doom 3 BFG Edition (Foto: Divulgação)

O bom e velho horror de Doom 3 está de volta neste pacote. Se o original já era considerado um bom jogo e com um bom clima de terror, este não faz feio para os fãs mais exigentes. A história está intacta e o game ainda acompanha sua expansão, com alguns cenários extras.

007 Legends

James Bond, o agente secreto mais famoso do planeta, ganhou um novo jogo só dele em 2012. Na verdade, 007 Legends é um game comemorativo, onde revisitamos filmes antigos do personagem, com direito aos mesmos inimigos, passagens emblemáticas, apetrechos tecnológicos e muitas surpresas que vem pelo caminho.

007 Legends (Foto: Divulgação)007 Legends (Foto: Divulgação)

No total, seis grandes missões representam seis filmes de 007 neste game, entre eles o recente Operação Skyfall e também clássicos como A Serviço de Sua Majestade e Licença para Matar. A diferença básica é que o Bond deste jogo é representado por Daniel Craig, o atual ator que faz o personagem no cinema, mesmo nos filmes antigos.

Mugen Souls

Mugen Souls foi um dos jogos exclusivos do PlayStation 3 em outubro e é totalmente direcionado para os fãs de RPGs japoneses e os chamados animes, ou desenhos animados japoneses. Produção do estúdio Compile Heart, famoso por este tipo de game, a aventura é fantasiosa e cheia de exageros típicos, mas isso não é algo ruim.

Mugen Souls (Foto: Divulgação) (Foto: Mugen Souls (Foto: Divulgação))Mugen Souls (Foto: Divulgação)

Infelizmente, a versão ocidental do game chegou por aqui com algumas censuras e a falta de algumas funcionalidades que estavam contidas na japonesa, como minigames que foram cortados e cenas mais picantes. A história se desenrola ao redor de um protagonista que planeja conquistar o universo, mas para isso terá que lidar com líderes de uma região em conflito.

Medal of Honor: Warfighter

Medal of Honor: Warfighter é a nova tentativa da editora Electronic Arts de tornar a série Medal of Honor relevante novamente. Com a nova aventura, a empresa quis elevar o status da saga a outros grandes títulos de tiro, como Battlefield e Call of Duty. Ainda que não seja de todo ruim, o jogo desapontou alguns fãs.

Medal of Honor: Warfighter (Foto: Divulgação) (Foto: Medal of Honor: Warfighter (Foto: Divulgação))Medal of Honor: Warfighter (Foto: Divulgação)

Após o fracasso de crítica com o Medal of Honor anterior, Warfighter não conseguiu se sair muito bem e não apresentou um multiplayer muito interessante, além da campanha curta e com poucas surpresas. Ao menos os gráficos ficaram caprichados, já que foram trabalhados no mesmo motor gráfico de Battlefield 3.

The Unfinished Swan

The Unfinished Swan é mais um daqueles jogos bem diferentes do padrão que a indústria costuma seguir. Ele não se preocupa com gráficos de última geração ou com uma história complexa que leva muitas horas para ser terminado. Na verdade, é um jogo que pode acabar em poucos minutos.

The Unfinished Swan (Foto: Divulgação) (Foto: The Unfinished Swan (Foto: Divulgação))The Unfinished Swan (Foto: Divulgação)

Para se ter uma ideia de como este game é diferente, ele nem mesmo tem cenário – é o jogador quem faz um. Aqui você joga bolas de tinta para descobrir o cenário e atingir seus objetivos. O game é bem misterioso como um todo, mas uma experiência única.

Killzone Trilogy

Com o pacote Killzone Trilogy, os fãs puderam comprar os três jogos da série Killzone para o PlayStation 3 por um único preço. O melhor deste pacote é que ele acompanha ainda o primeiríssimo Killzone, que saiu para o PlayStation 2, mas com gráficos em alta definição.

Killzone Trilogy (Foto: Divulgação) (Foto: Killzone Trilogy (Foto: Divulgação))Killzone Trilogy (Foto: Divulgação)

Ainda que tenha sido uma série polêmica, Killzone é um dos melhores jogos de tiro lançados nos consoles da Sony, então torna-se obrigatório para qualquer fã do PS3. Vale lembrar que os modos online de Killzone 2 e 3 ainda estão na ativa, então cabe a você adentrar na arena e ver tiro voando para todos os lados.

Skylanders Giants

O game Skylanders retornou com uma sequência devastadora, após o enorme sucesso do primeiro jogo. A série consiste em utilizar bonecos reais, que podem ser transportados para dentro do jogo por meio de um portal ligado via cabo USB. Em Giants, como o nome diz, a novidade principal é que agora existem bonecos gigantes.

Skylanders Giants (Foto: Divulgação) (Foto: Skylanders Giants (Foto: Divulgação))Skylanders Giants (Foto: Divulgação) (Foto: Skylanders Giants (Foto: Divulgação))

A aventura principal é praticamente a mesma, com os personagens fofinhos (alguns nem tanto) do mundo de Skylanders, novamente com a presença do dragãozinho Spyro. A magia rola solta pelos cenários, que são basicamente fases de plataforma que o jogador deve atravessar.

Zone of the Enders HD

Em um mês repleto de lançamentos, o PlayStation 3 recebeu o pacote Zone of the Enders HD Collection, que retoma dois grandes clássicos do PlayStation 2, novamente com gráficos em alta definição e outras melhorias que te farão jogar tudo de novo.

Zone of the Enders HD Collection (Foto: Divulgação) (Foto: Zone of the Enders HD Collection (Foto: Divulgação))Zone of the Enders HD Collection (Foto: Divulgação)

O pacote contém os dois primeiros jogos da série Zone of the Enders, criados por Hideo Kojima, o mesmo criador de Metal Gear Solid. Na série o jogador controla robôs gigantes, que participam de batalhas frenéticas e agitadas. O game foi bem elogiado na época em que saiu, principalmente o segundo.

Assassin's Creed 3

A saga de Desmond continua com Assassin’s Creed 3. Após passarmos três jogos no controle de Ezio, há um novo assassino no pedaço: Connor. O jogo também muda seu cenário histórico, que abandona a Itália renascentista para nos colocar nos Estados Unidos em período colonial.

Assassin's Creed 3 precisa de atualização antes de entrar em ação (Foto: Divulgação) (Foto: Assassin's Creed 3 precisa de atualização antes de entrar em ação (Foto: Divulgação))Assassin's Creed 3 (Foto: Divulgação)

Muitas são as novidades de Assassin’s Creed 3, que vão além de um gráfico mais avançado ou de um modo multiplayer mais refinado. O jogador vai se deparar com um cenário totalmente novo e uma realidade que o deixará chocado de tantas diferenças. O jogo também dura mais, com uma história que pode ultrapassar as 30 horas de jogo.

Need for Speed Most Wanted

A nova versão do jogo de corrida mais famoso do mundo voltou pelas mãos do estúdio Criterion, responsável também pela antiga série Burnout. Talvez seja por isso que este novo Need for Speed: Most Wanted se pareça tanto com jogos como Burnout Paradise e similares.

Need for Speed: Most Wanted (Foto: Divulgação) (Foto: Need for Speed: Most Wanted (Foto: Divulgação))Need for Speed: Most Wanted (Foto: Divulgação)

O game apresenta excelente gráficos e uma direção para os veículos que não se prende ao fator realidade, sem nenhuma vergonha de mostrar que é um jogo bem exagerado e com muitas manobras impossíveis de serem realizadas na vida real. O mapa é gigantesco e o multiplayer completa o bom pacote.

WWE 13

Nem só de UFC vivem os ringues da vida real, e o game WWE ’13 é a prova “viva” disso, com um belo exemplo de jogo de luta livre na atual geração de consoles. A nova versão não fez feio com boas novidades, gráficos ainda mais bonitos e um elenco de lutadores de dar inveja para muito jogo do tipo que tem no mercado.

WWE '13 (Foto: Divulgação) (Foto: WWE '13 (Foto: Divulgação))WWE '13 (Foto: Divulgação)

A intenção de WWE ’13 é ser um jogo de simulação, um jogo profissional, com bons golpes, todos acertados como na vida real durante as lutas, e uma infinidade de técnicas que os lutadores utilizam. Personagens como Stone Cold Austin, Rey Mysterio, The Rock, D-Generation-X, Kane, The Undertaker e Bret Hart estão disponíveis nesta versão.

Okami HD

Antes de fechar o mês, mais um relançamento para o PlayStation 3. A rima não-intencional foi para apresentar a versão em alta definição de Okami, que saiu primeiro no PlayStation 2 e depois ganhou uma versão no Wii. No PS3 o jogo ganha compatibilidade com o PlayStation Move e gráficos repaginados.

Okami HD (Foto: Divulgação) (Foto: Okami HD (Foto: Divulgação))Okami HD (Foto: Divulgação)

Quando o jogo saiu pela primeira vez, pelas mãos da Capcom, ele já foi bem elogiado. A versão em alta definição só deve aumentar estes elogios. Na história o jogador controla uma deusa no formato de lobo que conta com um pincel mágico para restaurar a cor e a vida do mundo. A personagem luta contra seres malignos e um deus das trevas em seu caminho.

Sports Champions 2

O primeiro Sports Champions saiu como o “jogo de apresentação” para o PlayStation Move, há pouco mais de dois anos. Hoje, o novo jogo da série vem apenas para reforçar sua presença no mercado, ainda que tenha perdido um pouco de seu sentido, com tantos jogos do tipo já disponíveis.

Sports Champions 2 (Foto: Divulgação) (Foto: Sports Champions 2 (Foto: Divulgação))Sports Champions 2 (Foto: Divulgação)

Mesmo assim, Sports Champions 2 não faz feio, com a mesma qualidade gráfica do primeiro, representando um realismo mais avançado em relação à concorrência, seja nos personagens ou nas modalidades de esporte. O jogo consiste em utilizar o PS Move como sensor de movimentos para diversas modalidades, como tênis e boxe.


NOVEMBRO


LittleBigPlanet Karting

LittleBigPlanet Karting é o tipo de jogo totalmente inspirado por outro, mas que consegue ser tão legal quanto. No caso estamos falando de Mario Kart, que serviu de inspiração para este jogo da Sony. A grande vantagem é que LittleBigPlanet Karting tem personalidade própria, felizmente.

LittleBigPlanet: Karting (Foto: Divulgação) (Foto: LittleBigPlanet: Karting (Foto: Divulgação))LittleBigPlanet: Karting (Foto: Divulgação)

No jogo você controla os simpáticos Sackboys, que podem correr por aí em pistas e carros totalmente personalizáveis, justamente como ocorre na série LittleBigPlanet como um todo. A personalização é o ponto alto e ainda é possível compartilhar com os amigos via Internet

Dragon Ball Z Budokai Tenkaichi HD Collection

O PlayStation 3 recebeu uma série de relançamentos neste ano de 2012 e um deles foi Dragon Ball Z Budokai HD Collection, que reúne as aventuras de Dragon Ball Z que saíram no PlayStation 2, agora com gráficos remasterizados em alta definição.

Dragon Ball Z: Budokai 3 (Foto: Divulgação) (Foto: Dragon Ball Z: Budokai 3 (Foto: Divulgação))Dragon Ball Z: Budokai 3 (Foto: Divulgação) (Foto: Dragon Ball Z: Budokai 3 (Foto: Divulgação))

Os jogos estão disponíveis em um único disco e mostram a evolução gráfica que a série sofreu ao longo dos anos. Os fãs poderão controlar novamente Goku e outros personagens marcantes que fizeram história na série Dragon Ball Z.

Call of Duty: Black Ops 2

Talvez o maior lançamento do ano, Call of Duty: Black Ops II chegou arrebatando toda a indústria novamente, com uma infinidade de cópias vendidas no mundo todo. O game mais uma vez surpreendeu, não só com seu sucesso mas com novidades na jogabilidade – a exemplo das escolhas múltiplas que podem levar a finais variados.

Call of Duty: Black Ops 2 é o maior lançamento de entretenimento do ano (Foto: Divulgação) (Foto: Call of Duty: Black Ops 2 é o maior lançamento de entretenimento do ano (Foto: Divulgação))Call of Duty: Black Ops 2 é o maior lançamento de entretenimento do ano (Foto: Divulgação)

O jogo também não pecou em seu modo multiplayer, ainda mais refinado, completo e agora com um modo voltado para iniciantes. Outra boa novidade é que o game foi lançado no Brasil com dublagem em português de boa qualidade.

Wonderbook: Book of Spells

A nova aposta da Sony para o público infantil, Wonderbook: Book of Spells é uma experiência interativa que utiliza o controle PlayStation Move e traz para a realidade um mundo de magia por meio de um acessório extra: um tipo de livro com realidade aumentada.

Wonderbook: Book of Spells (Foto: Divulgação) (Foto: Wonderbook: Book of Spells (Foto: Divulgação))Wonderbook: Book of Spells (Foto: Divulgação)

O jogo, se é que pode ser classificado assim, está mais para experiência “educativa” e divertida, pois conta uma história ao mesmo tempo em que se é jogado. O primeiro desta série saiu com a temática Harry Potter, com todo o universo do menino bruxo disponível.

LEGO Lord of the Rings

O Senhor dos Anéis voltou novamente aos games, agora com um jogo da série LEGO. Os famosos personagens como Frodo, Araorn, Legolas, Gandalf e Gollum voltaram com uma nova roupagem, ainda que mais infantil, mas sem perder o tom épico de aventura.

LEGO Lord of the Rings (Foto: Divulgação) (Foto: LEGO Lord of the Rings (Foto: Divulgação))LEGO Lord of the Rings (Foto: Divulgação)

O jogo adapta os três filmes da saga com maestria, do início ao fim, e com uma série de extras divertidos, que complementam a história. O game também tem dublagem e legendas, o que facilita o entendimento, mesmo para aqueles que já conhecem a história de ponta a ponta.

F1 Race Stars

Mais um jogo inspirado em Mario Kart, F1 Race Stars foi uma aposta mais simples na área da Fórmula 1, colocando famosos pilotos para correr em versões mais “infantis” e caricatas de cada um. Por isso mesmo o jogo não é tão competitivo e é mais voltado para a experiência multiplayer.

F1 Race Stars (Foto: Divulgação) (Foto: F1 Race Stars (Foto: Divulgação))F1 Race Stars (Foto: Divulgação)

F1 Race Stars agrega pistas inspiradas em famosos traçados, mas com um monte de elementos malucos que vão divertir quem joga. Afinal, não há nada mais absurdo do que pilotos de Fórmula 1 jogando itens uns nos outros.

PlayStation All-Stars Battle Royale

Uma reunião de personagens da Sony, PlayStation All-Stars Battle Royale é mais ou menos o “Smash Bros do PlayStation 3”. O jogo faz com que diversos personagens icônicos dos videogames da empresa se unam em uma aventura de luta e ação.

PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação) (Foto: PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação))PlayStation All-Stars Battle Royale (Foto: Divulgação)

Cole, Kratos, Sackboy, Big Daddy e outros trocam sopapos como se não houvesse amanhã. Assim com o game que o inspirou, o jogo é repleto de itens especiais e outros benefícios que podem ajudar nas lutas e o multiplayer do PS3 funciona junto com o PS Vita, o que vai facilitar a vida de quem curte jogar com os amigos.

Hitman Absolution

Hitman voltou e está mais mortífero do que nunca. O agente, e assassino secreto, está com uma nova missão que pode levá-lo a questionar suas habilidades e sua necessidade no mundo. O personagem, famoso por sua brutalidade, enfrenta uma aventura nunca antes vista.

Hitman Absolution (Foto: Divulgação) (Foto: Hitman Absolution (Foto: Divulgação))Hitman Absolution (Foto: Divulgação)

O novo jogo agradou os fãs da série e não fez feio para quem esperava um Hitman realmente inédito, sem contar relançamentos dos capítulos anteriores. As novidades ficaram bem inseridas no contexto da história, ainda que o gráfico não seja dos melhores.

Sonic & Sega All-Stars Racing Transformed

Sonic e diversos mascotes da SEGA se enfrentam novamente nas pistas, com um novo jogo de corrida que faz justiça ao legado da empresa. O que era bom no primeiro game da série foi melhorado, com mais personagens bacanas e multiplayer divertido.

Sonic & Sega All-Sars Racing Transformed (Foto: Eurogamer) (Foto: Sonic & Sega All-Sars Racing Transformed (Foto: Eurogamer))Sonic & Sega All-Sars Racing Transformed (Foto: Eurogamer)

Entre os personagens temos, claro, Sonic, mas também contamos com outras participações, como Ulala, o macaquinho do Super Monkey Ball e até mesmo Ralph, do filme Detona Ralph. O jogo tem muitos destrancáveis, então vai agradar quem busca jogar sem parar. Outra novidade é que os carros se transformam de acordo com a situação da pista.

Epic Mickey 2: The Power of Two

Mickey Mouse retornou para mais uma aventura cheia de magia e com muitas missões especiais. O rato da Disney veio acompanhado do Coelho Osvaldo, que, ao contrário da primeira aventura, agora é seu amigo de fé, irmão camarada.

Disney Epic Mickey 2: The Power of Two (Foto: Divulgação) (Foto: Disney Epic Mickey 2: The Power of Two (Foto: Divulgação))Disney Epic Mickey 2: The Power of Two (Foto: Divulgação)

Mickey e Osvaldo precisa colaborar para se dar bem nesta nova aventura, e por isso mesmo o novo jogo permite jogabilidade cooperativa como uma de suas principais novidades. No PS3 o game é compatível com o PlayStation Move, então por isso a ideia é que todo o sistema de jogo fique bem intuitivo com o controle de movimentos.

Rise of the Guardians

Baseado no filme de mesmo nome, Rise of the Guardians é uma divertida aventura com a participação de personagens lendários, capazes de trazer lembranças a todos. Assim como no filme, no jogo temos a participação de figuras como Coelinho da Páscoa e Papai Noel, mas em versões bem mais fortes e emblemáticas.

Rise of the Guardians (Foto: Divulgação) (Foto: Rise of the Guardians (Foto: Divulgação))Rise of the Guardians (Foto: Divulgação)

O jogo é de ação e aventura, então espere avançar por fases repletas de desafios e muitos outros personagens lendários que você deve enfrentar ou contar com o auxílio. O game tem multiplayer cooperativo, completando o pacote com uma opção a mais de jogar.

Sine Mora

Sine Mora é um daqueles jogos de nave que te lembram os games mais antigos do gênero, mas com belos gráficos e jogabilidade apurada. O game conta ainda com a trilha sonora de Akira Yamaoka, diretor musical da série Silent Hill.

Sine Mora (Foto: Divulgação)Sine Mora (Foto: Divulgação)

O objetivo aqui é misturar todo aquele jeito de jogos antigos de nave com as novidades que um game de nova geração pode trazer ao jogador. Sine Mora oferece um modo de história bem completo que vai deixar o participante entretido por horas. Há também um modo Arcade, que coloca o jogador em busca de mais pontos.

Ratchet & Clank: Full Frontal Assault

Apesar de não ser um jogo completo como qualquer outro da série Ratchet & Clank, o título Full Frontal Assault é uma alternativa para quem estava com saudades de uma nova aventura dos famosos personagens da série.

Ratchet & Clank: Full Frontal Assault (Foto: Divulgação) (Foto: Ratchet & Clank: Full Frontal Assault (Foto: Divulgação))Ratchet & Clank: Full Frontal Assault (Foto: Divulgação)

O game é novamente de aventura com elementos de ação e, claro, quebra-cabeças. Os gráficos são deslumbrantes, como é o normal da série, e o multiplayer é extremamente viciante, onde dois jogadores podem cooperar para resolver quebra-cabeças juntos.

DEZEMBRO

Far Cry 3

Far Cry 3 pode ser considerado um dos melhores jogos de tiro do gênero moderno que foram lançados nesta geração de consoles. Para começo de conversa o jogo é extremamente bonito, com gráficos de babar mesmo nas versões para consoles. Além disso, trata-se de um game de mundo aberto, com muita coisa para se fazer.

Far Cry 3 (Foto: Divulgação) (Foto: Far Cry 3 (Foto: Divulgação))Far Cry 3 (Foto: Divulgação)

Na história, um grupo de turistas e capturado por bandidos em uma ilha paradisíaca e precisam se livrar deste problema inesperado. O problema maior, porém, é ter que lidar com Vaas, membro da organização criminosa, que é tão insano quanto aparenta ser. O game testa os limites da loucura dos personagens sem ter medo de quebrar tabus.

Guardians of Middle-Earth

Guardians of Middle-Earth é um jogo no estilo MOBA, também conhecido como “Jogo de arena Online”. O game lembra muito os grandes conhecidos DOTA e League of Legends, com uma única diferença: conter personagens da saga O Senhor dos Anéis.

Guardians of Middle-Earth (Foto: Divulgação) (Foto: Guardians of Middle-Earth (Foto: Divulgação))Guardians of Middle-Earth (Foto: Divulgação)

No game, os jogadores escolhem livremente entre heróis e vilões da Terra-Média para disputarem partidas com muita pancadaria e controle de território via Internet. Também é possível jogar offline ou com amigos, mas a graça do jogo está realmente no modo online. Entre os heróis disponíveis temos Aragorn, Gandalf e Legolas, enquanto o grupo de vilões é representado por Sauron, Gollum e Rei dos Bruxos.

Mass Effect Trilogy

A trilogia Mass Effect foi finalmente reunida no PlayStation 3, em um pacote que agora também apresenta o primeiro Mass Effect, nunca antes lançado no console. Os jogos foram reunidos em um único pacote, vendido em caixa e também online, por um preço de um único jogo.

Mass Effect Trilogy (Foto: Divulgação) (Foto: Mass Effect Trilogy (Foto: Divulgação))Mass Effect Trilogy (Foto: Divulgação)

A oferta é ideal para aqueles que ainda não jogaram nenhum game da saga e agora possuem a chance de aproveitar tudo de uma vez e na ordem certa. O primeiro Mass Effect vem com todos os extras neste pacote, enquanto o segundo acompanha alguns extras lançados por download.

Resistance Collection

Outra compilação lançada para o PlayStation 3 em dezembro, Resistance Collection reúne os jogos da saga de jogos de tiro em primeira pessoa Resistance. Curiosamente, esta série foi uma das primeiras a serem lançadas na PlayStation 3.

Resistance Collection (Foto: Divulgação) (Foto: Resistance Collection (Foto: Divulgação))Resistance Collection (Foto: Divulgação)

O primeiro Resistance foi comparado a outros clássicos jogos de tiro, como Halo e Gears of War, da concorrência. Infelizmente, o primeiro jogo não acompanha a adição de Troféus, mas o segundo e o terceiro também estão disponíveis no pacote, o que deve deixar os fãs satisfeitos, principalmente aqueles que não tiveram a oportunidade de jogar antes.

Labyrinth Legends

Labyrinth Legends é um game diferente do que seu nome pode definir. Trata-se de um legítimo quebra-cabeças que mistura labirintos com ação. O jogador deve percorrer caminhos duvidosos com seu personagem até chegar em determinado objetivo para completar as fases.

Labyrinth Legends (Foto: Divulgação) (Foto: Labyrinth Legends (Foto: Divulgação))Labyrinth Legends (Foto: Divulgação)

O problema é que estes objetivos podem variar bastante e podem envolver até mesmo o combate contra criaturas maléfica sou chefões de fase, que podem dar trabalho ao nosso herói. O jogo tem suporte multiplayer para até quatro jogadores e não deve decepcionar aqueles que buscam por um desafio inteligente.

Guilty Gear XX Accent Core Plus

Guilty Gear é uma série de jogos de luta que tem muitos fãs no mundo todo, justamente por ser bem diferente dos padrões “Street Fighter”, em termos de jogos mais conhecidos deste gênero. Acontece que o game tem uma estética do tipo “desenho japonês”, com gráficos desenhados e animações exageradas.

Guilty Gear (Foto: Divulgação) (Foto: Guilty Gear (Foto: Divulgação))Guilty Gear (Foto: Divulgação)

O jogo foi relançado com comemoração dos fãs na PlayStation Store norte-americana no início de dezembro. Na verdade este título é um relançamento, já que saiu originalmente no PS2 e depois no Wii. Os fãs não reclamaram, já que este é considerado o Guilty Gear mais completo de todos.

  • imprimir
Seja o primeiro a comentar


Imagem do usuário
Sair

Quer realmente sair da globo.com?

Imagem do usuário

recentes

populares

  • Fernanda Couto
    2012-04-17T16:52:52

    E o I'am alive?? Já foi lançado na psn ou atrasou de novo?

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Leonardo Sensui
    2012-04-17T16:30:23

    cambada de retardados. não entenderam que essa lista é apenas dos jogos JÁ LANÇADOS de ps3 nesse ano, e não dos que ainda SERÃO LANÇADOS no decorrer do ano.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Alberico Oliveira
    2012-04-17T16:01:10

    cadê cavalheiros dos zoodiacos!!!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Marcos Godinho
    2012-04-17T15:40:26

    interessante que esqueceram de um dos jogos mais elogiados da última E3.. o BIOSHOCK INFINITE.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Marcos Godinho
    2012-04-17T15:40:06

    @luca skyrim, é do ano passado.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Luca Marcilio
    2012-04-17T14:55:06

    aff cara faltou The Elder Scrolls V: Skyrim, o melhor jogo do ano!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Lucas Barbosa
    2012-04-17T14:50:09

    eu estou esperando de mais o god of war 4 esse sim é um jogo TOP

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Daniel Fernandes
    2012-04-17T14:45:48

    Não faltou nada não ... é que foram os lançamentos até agora ... vcs podem ver que tem os meses e vai até março ... ou seja ... os que ainda não foram lançados ... não estão na lista !!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Leandro Santos
    2013-01-14T15:04:07

    Fala serio a pessoa que escreveu sobre Silent Hill: Downpour tem que rever os conceitos sobre jogos de survival horror. Realmento os inimigos do jogo são um topeira a IA tinha que ser melhor, mas os puzzles são dignos da serie Silent Hill e a atmosfera do jogo também. Um excelente jogo de survival horror, que lembra o primeiro Sielnt Hill e segue a mesmo clima atmosferico de Resident Evil 1, 2 e 3.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Leandro Santos
    2013-01-14T15:03:37

    Fala serio a pessoa que escreveu sobre Silent Hill: Downpour tem que rever os conseitos sobre jogos de survival horror. Realmento os inimigos do jogo são um topeira a IA tinha que ser melhor, mas os puzzles são dignos da serie Silent Hill e a atmosfera do jogo também. Um excelente jogo de survival horror, que lembra o primeiro Sielnt Hill e segue a mesmo clima atmosferico de Resident Evil 1, 2 e 3.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Geferson
    2013-01-03T11:04:41

    Galera mal agradecida. Cara fez um trabalho gigantesco para trazer vários estilos de jogos com comentários e tem gente criticando, bando de sem noção.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Hudson Farias
    2012-12-07T18:16:47

    po kara pra q esse exagero todo ai de jogos, bastava colocar o PES 2013 e o Resident Evil 6 q jah arregassava com uma penca desses joguinhos fuleiros q vc colocou ai... salvar a meg, ai ai , parece piada ¬¬1

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Alexsandra Bezerra
    2012-04-17T23:16:22

    Quem foi que disse que o motorstorm RC tem multiplayer? nesse jogo vc apenas bate os recordes dos seus amigos mas não joga contra eles.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Willian Silva
    2012-04-17T22:00:31

    Cavaleiros do Zodíaco?

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Rafael Freitas
    2012-04-18T03:46:08

    Ah vou comprar uns 4 da lista ai mas to esperando o pes 2013

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Ricardo Morais
    2012-04-18T00:18:02

    Os cavaleiros do zodíaco ainda não foi lançado no Brasil só em maio!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Gustavo Lander
    2012-04-17T21:30:05

    Fernanda Couto, já foi lançado sim. Mas é uma porcaria viu. Além de ser um jogo meio lento, a inteligência artificial dos inimigos é horrível. Tipo, no jogo você tem que "blefar" o tempo inteiro. Como só tem armas descarregadas, você tem que apontar a arma pra pessoa e fingir que tem bala. ai o cidadão que tava tentando te atacar fica com medo e começa a fugir. só que se vc abaixar a arma, o cara "esquece" que vc tá armado e volta a te atacar de novo. ou seja qdo vc ve um inimigo, tem que ficar apontando a arma e andando de costas até fugir do campo de visão dele.

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Harlei Cruz
    2012-04-17T21:58:38

    O mais esperado é sem dúvida Resident Evil 6!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Gabriel Marques
    2012-04-17T21:41:13

    ganharia o dia se aparecesse God of war 4...

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Léo Vargas
    2012-09-17T20:31:14

    faltou o Devil May Cry 4 u.u

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Marcos Cirilo
    2012-05-13T13:12:37

    Esperando FIFA 2013 PS3

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Markhero
    2012-04-17T19:08:37

    O MELHOR NÃO ESTA AÍ!!!BOARDERLANDS 2!!!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Higor
    2012-04-18T16:23:10

    sou do rio é pq cliquei em joao pessoa

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Higor
    2012-04-18T16:23:12

    pow o Kingdoms of Amalur: Reckoning mas parece o God of War reparem a espada dele na foto é identica a do kratos!

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário
  • Sergio Souza
    2012-04-17T13:34:37

    Tem Journey, já tá valendo ^^

    COMPARTILHAR

    Imagem do usuário