Internet

29/05/2012 08h49 - Atualizado em 29/05/2012 08h49

Para Google, bloquear conteúdo pornô na Internet é um erro

Eduardo Moreira
por
Para o TechTudo

Para o Google, todos os planos para bloquear o acesso à pornografia dos mecanismos de busca não são capazes de proteger as crianças. A declaração foi feita por Sarah Hunter, diretora da empresa no Reino Unido, durante uma conferência do Google na cidade de Watford.

A executiva afirma que o plano do governo britânico de bloquear o conteúdo adulto online é um erro, e oferece aos pais uma falsa sensação de segurança. Hunter  reforça que é dever dos adultos supervisionar de forma constante as atividades das crianças na Internet, e conversar abertamente sobre sexo à medida que elas crescem.

Pais buscam proteger seus filhos de pornografia na internet, mas Google defende internet sem censura (Foto: DailyMail)Pais buscam proteger seus filhos de pornografia
na Internet, mas Google defende conteúdo
 (Foto: DailyMail).

Para ela, as políticas do governo britânico só vão resultar, na prática, em simples adição de filtros de bloqueio parcial ou total do conteúdo adulto. “Nós do Google também acreditamos que as crianças não devem ter acesso à pornografia online. Nós apenas discordamos dos mecanismos pelos quais vamos proteger nossas crianças. Não é algo tão simples de ser feito, e as soluções em discussão não são as ideais”, completa a executiva.

Por outro lado, a executiva alegou não saber o quanto o Google lucra com a publicidade de pornografia em seus mecanismos de busca.

Mais tarde, um porta-voz da empresa informou que não é prática da empresa revelar suas receitas para um segmento ou tema específico. A gigante de buscas mantém publicidade paga exibida nos resultados da busca da palavra “pornô”.

O domínio do Google no mercado de buscas online coloca a empresa em posição privilegiada, podendo, inclusive, filtrar o conteúdo adulto em todas as pesquisas. Mas na prática, a empresa não faz isso de forma objetiva, justamente por causa do lucro adquirido. Para alguns especialistas, esse é o motivo pelo qual a empresa continua transferindo a responsabilidade para os pais.

Via Daily Mail

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Fabiana Araujo
    2012-05-29T12:27:18

    Aff...

  • Rafael Tristao
    2012-05-29T11:23:08

    o governo bloquear este de conteúdo é somente uma forma de controle sobre o povo e eu acho que não deveria ser assim. a internet tem que ser um meio livre de divulgação, seja ela qual for. com excessão de spam, o conteudo pornografico não vai atras do usuário, é justamente o contrário, portanto o bloqueio tem de partir do usuário e não de uma terceira parte

  • Rafael Costa
    2012-05-29T10:47:48

    Para ter acesso a pornografia nem precisa acessar a internet hoje em dia. E mesmo assim se for na internet vai ter que começa pelas redes sociais, msn, e por aí vai. Ou seja, não é por aí. Que eu saiba pais ainda tem domínio dos filhos.

  • Gian Depiné
    2012-05-29T10:33:51

    Retirar da pesquisa não remove da internet. Quem procura, acha... de um jeito ou de outro!

  • Elcio Filho
    2012-05-29T09:15:14

    E vamos falar sério gente... foi o google que teve relações com alguém e botou o filho no mundo? A responsabilidade realmente é dos pais. Sou contra a pornografia, porém concordo com a fulana ai do google talvez por motivações diferentes, mas o que vai ser feito é uma máscara, e só comprova que os pais hj não tem responsabilidade nenhuma para com os filhos.