Fabricantes

05/07/2012 08h00 - Atualizado em 05/07/2012 08h00

ARM mostra servidor que roda com a energia de uma bicicleta

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Um dos grandes trunfos da arquitetura ARM no mundo dos processadores é o baixo consumo de energia. Para reforçar essa imagem, a ARM Holdings plugou uma bicicleta a um servidor que opera com esses processadores. O resultado é que a eletricidade gerada pelo mover dos pedais é suficiente para fazer o sistema funcionar. A demonstração foi realizada no Red Hat Summit, evento realizado anualmente pela Red Hat, desenvolvedora de distribuições Linux para desktops e servidores.

Demonstração reforça a imagem de baixo consumo dos designs da ARM (Foto: Reprodução)Demonstração reforça a imagem de baixo consumo
dos designs da ARM (Foto: Reprodução)

O HP Redstone possui 5 processadores Calxeda, cada um dos quais com quatro núcleos. Em termos de energia, a máquina necessita apenas de 40 Watts para rodar (como base de comparação, há modelos Intel Xeon que, sozinhos, precisam de 80 W). Para provar esse conceito de apetite frugal, foi necessário uma bibicleta, uma bateria, um conversor de potência e a energia de John Masters, criador da ideia e entusiasta da plataforma.

Atualmente, o mercado demonstra preferência por processadores RISC e x86 (Opterons, da AMD, e Xeon, da Intel) para a montagem de servidores, supercomputadores (onde GPUs são usadas com sucesso) e data centers. A ARM começou a investir nesse mercado recentemente, e um dos grandes trunfos de seus designs, é a baixa demanda de energia, quando comparados com os demais.

Via Hyperscale Computing e Softpedia

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares