Internet

16/08/2012 11h03 - Atualizado em 16/08/2012 11h04

Em polêmico vídeo, atriz pornô lê livro enquanto é estimulada sexualmente

Flavio Croffi
por
Para o TechTudo

O renomado fotógrafo Clayton Cubitt e a atriz pornô Stoya viraram um dos assuntos mais comentados da Internet nos últimos dias. O sucesso se deve à nova sessão de vídeos de Cubitt, chamada “Hysterical Literature” - literatura histérica, em tradução livre - que teve a atriz como participante da primeira produção.  

Untitled-1Stoya aceitou o desafio de ler trechos de um livro enquanto sentia prazer (Foto: Reprodução)

A premissa dos vídeos é simples e ao mesmo tempo inquietante: consiste em uma mulher sentada, lendo um trecho de algum livro em voz alta, enquanto debaixo da mesa uma forma de prazer - que não pode ser vista - acontece.

Para o primeiro vídeo, o livro selecionado por Stoya foi "Necrophilia Variations", de Supervert. A obra trata de atração erótica à morte e cadáveres – de uma forma poética, lúdica e com muito humor negro. Apesar de o tema parecer "pesado", a experiência final tem o objetivo de se mostrar sexy e engraçada.

Stoya, que se define como "uma superestrela do pornô internacional", publicou o que achou da gravação em seu Tumblr. A atriz revelou que a experiência foi algo, no mínimo, curioso e diferente.

"Continuei a enunciar propriamente, me focando no texto. Comecei a transpirar. Se continuasse assim, meu cabelo teria ficado ensopado, como se estivesse suando sem fazer esforço físico algum. Eu tropecei nas palavras e logo voltei para pronunciá-las corretamente", contou a atriz.

A experiência parece ter dado certo. Em menos de 15 dias no ar, o vídeo já acumulou quase meio milhão de visitas no YouTube.

Via Gawker