Internet

03/08/2012 09h00 - Atualizado em 03/08/2012 09h00

Facebook afirma não querer competir com o Google em serviços de busca

Camila Porto
por
Para o TechTudo

Os rumores sobre a briga do Google com o Facebook parecem ter dado uma trégua. Depois de vários indícios de que o Facebook estaria disposto a concorrer com o Google no mercado das buscas, Lars Rasmussen, diretor de engenharia da rede social, "jogou um balde de água fria" em quem ainda acredita que o Facebook estaria desenvolvendo um buscador para concorrer com a gigante da web.

Google e Facebook cumprem ordem judicial e removem conteúdo considerado ilegal na Índia  (Foto: Reprodução)Rumores sobre briga entre Google e Facebook têm trégua  (Foto: Reprodução)

Em entrevista para o site "Sydney Morning Herald", Rasmussen revelou que ele e sua equipe estão desenvolvendo algo muito interessante no momento, mas que ainda não pode ser revelado.

Entretanto, o ex-funcionário do Google - que desenvolveu a empresa que daria início ao Google Maps e encabeçou o lançamento do Google Wave - deixou bem claro a impressão e respeito que ele tem pela companhia. “Eu não posso adivinhar o que acontecerá no futuro, mas não acho que faria sentido para nós, neste momento, começar a pensar em realizar buscas na web. O Google faz isso muito bem”, afirmou.

O diretor também se mostrou consciente da fragilidade do sistema de busca interna da rede social, que cresceu demais e não consegue entregar resultados relevantes. Para o executivo, os recursos do Facebook "poderiam ser muito melhores".

Via Search Engine Land

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Everson Oliveira
    2012-08-03T14:27:12

    pra q brigar pela concorrencia se vc pode inovar, trazer novas ideias e ferramentas... ta ai o exemplo do facebook q pisou o orkut...! sem mais.