25/09/2012 06h20 - Atualizado em 26/06/2013 10h21

Clássico Elifoot completa 25 anos; conheça a história do jogo

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

Quando o português André Elias, em 1987, desenvolveu um jogo de futebol para computador chamado Elifoot, talvez não imaginasse que estava dando início a uma das maiores febres da história dos games no Brasil. Desde a popularização com Elifoot II, a consagração com o Elifoot 98 e agora o flashback com o Elifoot 2012 - que ganhou recentemente versões mobile - o game, onde o usuário assume o papel de treinador e gerente de um clube de futebol, se tornou um verdadeiro clássico no gênero.

Elifoot é um dos jogos mais clássicos da história (Foto: Reprodução)Elifoot é um dos jogos mais clássicos da história (Foto: Reprodução)

Obviamente, com o passar dos anos, foram surgindo diversos concorrentes, mais avançados, como Championship Manager no início dos anos 2000 e o Football Manager, um pouco depois. No entanto, nenhum deles marcou tanto a história do gamer brasileiro como o Elifoot. Por seu sistema de jogo super simples, pouquíssima exigência de hardware e alto nível de diversão, o game é até hoje um dos mais bem sucedidos no país. E, por isso, o TechTudo resolveu relembrar um pouco da história desta série.

Gameplay

Na década de 90, jogar Elifoot era sinônimo de horas de diversão, seja sozinho ou com os amigos. E, ao contrário dos games de futebol, como Fifa ou International Superstar Soccer, que exigiam habilidade do jogador e performance do PC ou videogame, Elifoot era o mais simples possível. Nada de gráficos trabalhados, comandos difíceis ou controle de um time dentro de campo. Ele era mais simples do que tudo isso – e muitas vezes, até bem mais divertido.

Elifoot 2 foi o primeiro da série a ter menu com cor (Foto: Reprodução) (Foto: Elifoot 2 foi o primeiro da série a ter menu com cor (Foto: Reprodução))Elifoot 2  (Foto: Reprodução))

Elifoot tinha uma interface prática e permitia que o usuário apenas gerenciasse o seu clube e sem precisar ir a campo para jogar. O gamer assume o papel de diretor e técnico do seu time preferido e pode fazer contratações, expandir o estádio, escolher a formação tática e etc. Tudo isso com poucos comandos. Conforme os anos passaram, as versões do jogo foram ganhando novos recursos, mas a essência do Elifoot se manteve intacta.

Os comandos sobre as ações estão sempre em um menu em forma de barra de tarefas, localizado na parte superior da tela. No centro da tela, é possível ver os jogadores do seu elenco. Os craques são identificados com um asterístico ao lado do nome. Para jogar, basta armar a escalação da equipe de acordo com uma opção tática, ou simplesmente pedir para o game “selecionar os melhores”, avançar e pronto.

A tela de jogo do Elifoot também causou uma revolução em seus primeiros anos e era uma das principais responsáveis pela grande diversão do jogo. Afinal, você não “joga” futebol, de fato, mas sim “reza” para sair um gol de sua equipe. Na tela, aparecem os jogos de todas as divisões do país que você escolheu, como uma tabela, com todos os placares sendo atualizados “em tempo real”. A cada gol marcado, vibração. A cada gol sofrido, xingamentos e zoações. Assim são as partidas de Elifoot.

Elifoot II

O Elifoot nasceu em 1987, porém sua história começou a mudar mesmo cinco anos depois, em 1992, com o lançamento do Elifoot II. O game foi o primeiro título colorido da série, criado para rodar no MS-DOS, e marcou a infância de muita gente. Ele permitia até quatro jogadores por save. Cada um tinha que assumir um time de quarta divisão e, então, fazer sua trajetória de títulos e uma busca pelo primeiro lugar no ranking nacional.

Elifoot 2 começou a popularizar o gênero manager (Foto: Reprodução)Elifoot 2 começou a popularizar o gênero manager (Foto: Reprodução)

A sua interface visual era bem colorido para a época. O jogo era totalmente em texto e funcionava pelo teclado. A compra de jogadores era “aleatória”. Não era possível ir em um time e selecionar quem você desejava. O que havia eram os leilões em que atletas, dos níveis mais baixos aos mais altos, eram comercializados. Assim, era preciso estar sempre com dinheiro em caixa para tentar contratar os melhores.

Para ganhar dinheiro, bastava vencer jogos, estipular um bom preço dos ingressos para estar sempre aumentando o estádio, e é claro, vender os jogadores que não estivessem nos seus planos. O game ficou famoso também por suas clássicas “chicotadas psicológicas”, que eram notícias sobre os jogos, as avaliações de comportamento dos jogadores - chamados de cordeirinho ou caneleiro - e a sua facilidade de edição, permitindo que qualquer um criasse ou atualizasse um time.

Após cada rodada, classificação dos campeonatos aparecem (Foto: Reprodução)Após cada rodada, classificação dos campeonatos aparecem (Foto: Reprodução)

A tela de jogo tem um fundo preto, com os times das quatro divisões em seus jogos na parte central. Do lado direito, é exibido o público, em verde, e os gols vão aparecendo no espaço entre os nomes dos times e o público. Os placares aparecem em amarelo, bem no meio dos nomes das equipes. Ao fim de cada rodada, é exibida a classificação geral dividida em divisões.

O jogo é tão viciante e fez tanto sucesso que até hoje recebe atualizações para deixar os times com elencos idênticos ao da vida real.

Conheça o concorrente brasileiro do Elifoot: o Brasfoot.

Elifoot 98

Foram seis anos de diferença, mas o Elifoot 98 pode ser considerado a evolução perfeita de Elifoot II. Talvez por isso ele tenha sido o maior sucesso da série e o game lembrado até hoje por muitos saudosistas como um clássico. Disponível em uma época onde o PC já estava mais popularizado e com interface um pouco mais moderna - rodando agora no Windows - o jogo foi lançado em ano de Copa e virou mania.

Elifoot 98 foi o grande hit da série (Foto: Reprodução)Elifoot 98 foi o grande hit da série (Foto: Reprodução)

O usuário cadastra seu nome, seleciona as ligas que deseja jogar e depois a moeda a ser utilizada. Depois, insere até seis jogadores humanos. Todos vão começar a jogar com equipes de quarta divisão. Na versão registrada, é possível ser convidado para treinar times de outras divisões, procurar jogadores para comprar (não apenas adquiri-los por leilão), além de pedir empréstimos para aliviar suas finanças.

É possível selecionar várias ligas no Elifoot 98 (Foto: Reprodução)É possível selecionar várias ligas no Elifoot 98 (Foto: Reprodução)

Esta é a primeira vez em que a tela de treinador tem opções na parte superior, com as abas seleccionar, equipa, jogador, campeonato e treinador. No lado esquerdo da tela, aparece seu elenco. Do lado direito, próximo adversário, árbitro, dinheiro em caixa e moral. É um layout mais amigável e moderno.

A tela do jogo tem fundo verde, os times com seus nomes coloridos, placares em amarelo, assim como o público que aparece do lado esquerdo, e os gols que aparecem do lado direito – junto com cartões e lesões. Lá em cima, uma ampulheta azul indica o tempo de jogo. E mesmo com uma interface simples e um layout minimalista, Elifoot 98 foi o grande sucesso da série.

O’Matic

O'Matic era artifício muito usado no Elifoot 98 (Foto: Reprodução)O'Matic era artifício muito usado no Elifoot 98 (Foto: Reprodução)

Por sua facilidade de edição, o Elifoot 98 permitia que cada usuário montasse seu time do jeito que quisesse. Mas, além disso, tornou famoso um pequeno software de cheats para adicionar dinheiro, modificar força dos jogadores e muito mais: o Cheat O’Matic.

O programa servia para alterar atributos de diversos outros jogos, mas teve uma enorme popularização com o Elifoot. Muitos usuários baixavam o O’Matic para deixarem as suas equipes mais fortes, já que começar com um time de quarta divisão e ir subindo pode ser bem complicado e demorado.

Outras Versões

A versão zero do Elifoot foi criada em 1987, dando ao programa o título de: Pai dos Managers, já que foi o primeiro game deste estlio para PC acessível a todos e com suporte a múltiplos jogadores. Em 1990, veio a versão 1, para MS-DOS, com quatro divisões de oito equipes e esquema de cores em preto e branco. Em 1992, como já citado, foi lançado o Elifoot II para MS-DOS, o primeiro a, de fato, “bombar”. Tanto que outra edição do jogo só foi lançada dois anos depois, já em 1994.

Elifoot ganhou versões mais modernas (Foto: Reprodução)Elifoot ganhou versões mais modernas (Foto: Reprodução)

Aquele era o Elifoot Windows 1.0, primeira versão para Windows, que abriu caminho para a chegada do Elifoot 98, quatro anos depois. O jogo foi tão bem sucedido que, novamente, André Elias demorou mais quatro anos para lançar um novo game, o Elifoot 2002. Nesta edição, bastante coisa mudou. Um site do game foi criado, adicionou-se a opção de registro online instantâneo, alargou-se as divisões para 10 equipes cada e houve também alterações no layout.

Elifoot 2002 foi o primeiro a ser lançado após a febre do 98 (Foto: Reprodução)Elifoot 2002 (Foto: Reprodução)

A partir desta época, porém, começaram a surgir os concorrentes. O Elifoot 2004 chegou com versões start e profissional, com um sistema de registro feito somente para o Brasil. No ano seguinte, saiu o Elifoot 2005, com poucas modificações. Na versão 2006, adicionou-se a opção multi-ligas, mantida para o jogo em 2007, quando a interface gráfica melhorou com a adição de skins.

Somente em 2008 o Elifoot voltou a evoluir. Foi criada uma interação online entre os jogadores, com criação de rankings publicados no site oficial. Isso foi mantido na versão 2009, onde também foram modificadas as posições dos atletas, adicionando localizações mais específicas para cada jogador em campo. A flexibilidade da escalação foi mantida no Elifoot 2010 e no Elifoot 2011. Em ambos, houve mais melhorias visuais, mudança de agrupamento de clubes para 20 por divisão e ainda mais atenção para a estratégia.

Concorrência

Brasfoot, Championship Manager, Football Manager e Fifa Manager. Todos estes games também tiveram momentos inesquecíveis na história dos jogos manager. O Elifoot foi o primeiro, mas estas outras séries serviram para aprimorar o gênero, que se mantém até hoje como um dos líderes do mercado esportivo de eletrônicos.

CM 01-02 bombou no Brasil (Foto: Reprodução)CM 01-02 bombou no Brasil (Foto: Reprodução)

O Championship Manager, ou CM, passou a se destacar nas versões 99-00, 00-01 e 01-02. Mais avançado do que o Elifoot e com design bem moderno para a época, ele virou uma febre e desbancou o jogo naquele momento. O Brasfoot é contemporâneo do CM e é uma “versão brasileira do Elifoot”. O layout do jogo é parecido ao do seu “inspirador” e tem interface e funcionamento muito simples.

Já o Football Manager e Fifa Manager começaram a se popularizar há cerca de quatro ou cinco anos e são considerados os managers “do presente”, ou “do futuro”. O primeiro dá ao usuário a possibilidade de “ver” os jogos em 3D, enquanto o segundo possibilita até o controle dos jogadores em campo, misturando o manager com o futebol tradicional.

Elifoot 2012 e Mobile

O ano de 2012 marcou o lançamento de mais uma versão do Elifoot recheada de novas características, mas também gerou uma volta ao passado na série. Afinal, uma edição para dispositivos móveis do jogo, com aspecto bem semelhante ao do tradicional Elifoot 98, foi apresentada e fez muita gente reviver a infância/adolescência no Android e iOS.

Elifoot Mobile é maneira de tentar recuperar tradição do jogo (Foto: Reprodução)Elifoot Mobile é maneira de tentar recuperar tradição do jogo (Foto: Reprodução)

O Elifoot Mobile, assim como o 98, tem uma versão gratuita e uma paga. As diferenças são exatamente as mesmas da antiga edição: quando se paga pelo registro, é possível comprar jogadores sem leilão, ser convidado para equipes de outras divisões e realizar empréstimos bancários. A mecânica do jogo é idêntica ao do seu irmão (bem) mais velho e, por isso, o sucesso, obviamente, já é enorme.

Já Elifoot 2012 para PC, por sua vez, tem campeonatos estaduais e nacionais, tabelas reformuladas, personalização de camisas e escudos, copas modificadas, nova tela de jogos, melhoria da tela de tática, novo ambiente gráfico, notícias do dia, portal do jogador do Elifoot e etc. É uma tentativa de retomar o topo do mercado de jogos manager, hoje ocupado por concorrentes com mais estrutura e empresas profissionais por trás.

Se isso irá acontecer, é difícil saber, porém não há dúvida de que, de qualquer forma, o Elifoot estará para sempre na história dos jogos para PC e no coração dos gamers. São exatos 25 anos de “lei bosman”, “jogadores com estrelinha”, “selecionar melhores”, “sarrafeiros e cordeirinhos”, “leilões”, “chicotadas psicológicas”, e claro, muitos “golos”. E com certeza vêm muito mais por aí.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • João Afonso
    2015-06-28T17:00:57

    Boa tarde! Para quem gostar de basquetebol e tiver algum dispositivo Android, podem experimentar o "Basquetebol 50-40-90" no Google Play: um manager de basquetebol, NBA, ao estilo do Elifoot. Cumprimentos, JA

  • Paulo Fleury
    2012-09-26T08:00:29

    ASTERISCO - ASTERISCO - ASTERISCO

  • Rodperez
    2012-09-26T00:20:02

    clássico eterno!

  • Marcos Santos
    2012-09-26T00:06:20

    nossa passava quase a noite inteira jogando com o meu pai e as vezes com meus amigos...

  • Wagner Costa
    2012-09-25T20:10:59

    Grande Elifoot, altas tardes jogando com os amigos esse jogo...

  • Luciano Nunes
    2012-09-25T19:11:13

    Grande Elifoot!!!! Boas lembrancas.