26/11/2012 09h43 - Atualizado em 26/11/2012 09h43

Parecido com óculos, Re-Timer estimula cérebro para acabar com jet lag

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Quem viaja muito para lugares com fusos horários diferentes sente os efeitos de um fenômeno conhecido como jet lag: em resumo, o cérebro acaba ficando fora de sincronia com o horário real. O Re-Timer, criação do professor Leon Lack, é um dispositivo que “reseta” o cérebro e evita que a sensação de descompasso entre tempo biológico e tempo real cause incômodo.

Re-Timer pode acabar com o incômodo do jet-lag (Foto: Reprodução)Re-Timer pode acabar com o incômodo do jet lag (Foto: Reprodução)

Acredita-se que o jet lag seja causado porque a percepção da luz solar pelo cérebro tem seu ciclo alterado devido à diferença de fuso horário. O Re-Timer emite uma suave luz verde, que "engana" o cérebro e mantém o ciclo circadiano da mente em ordem. Este ciclo é responsável por manter diversos ritmos de funcionamento do organismo.

O Re-Timer foi desenvolvido após 25 anos de pesquisas sobre o sono na Universidade Flinders, na Austrália. De acordo com os desenvolvedores do aparelho, ele deve ser utilizado por durações definidas e em horários delimitados. Dependendo da necessidade, esse uso programado do aparelho atrasa ou adianta o horário de percepção do cérebro, evitando que o jet lag se manifeste.

Leon Lack afirma que quem deseja adiantar o relógio biológico, precisa usar o Re-Timer por 50 minutos por três dias, logo depois de acordar pela manhã. Para atrasar o relógio do corpo, basta fazer o mesmo processo durante três dias. A diferença é que o Re-Timer precisa ser usado antes de ir dormir. O óculos é recarregado via USB e sua bateria tem duração de quatro horas.

O dispositivo pode ser adquirido online por cerca de US$ 260 (R$ 545 aproximadamente). De acordo com o seu idealizador, o aparelho funciona melhor que medicamentos e não tem nenhuma contraindicação.

Via Gizmag

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares