Tablet

07/02/2013 09h15 - Atualizado em 07/02/2013 09h15

Número de aparelhos móveis vai superar o de pessoas em 2013, diz estudo

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

Os dispositivos móveis estão tão em alta atualmente que algumas previsões que antes pareciam impossíveis, estão cada vez mais próximas de se tornarem realidades. É o caso do resultado de uma pesquisa realizada pela empresa Cisco, que revela que o número de aparelhos móveis em todo o planeta vai superar o de pessoas neste ano de 2013.

Quantidade de aparelhos móveis pode superar a quantidade de pessoas em 2013 (Foto: Reprodução/WebProNews)Número de aparelhos móveis pode superar o de
pessoas em 2013 (Foto: Reprodução/WebProNews)

O estudo, realizado pela Visual Networking Index Global Mobile Data Traffic Forecast Update, decretou que não há nenhum sinal de uma diminuição do mercado mobile, pelo menos pelos próximos três ou quatro anos. A grande informação trazida pelo levantamento, porém, é o fato justamente de o número de aparelhos móveis superar o número de habitantes humanos na Terra em 2013.

Esta tarefa parece ser um pouco complicada, porém não impossível. Recentemente, foi divulgada uma pesquisa que mostra que a população mundial já é de aproximadamente sete bilhões de pessoas. Em 2012, havia mais de 1 bilhão de smartphones no mundo, e uma estimativa destacou que o número de telefones celulares inteligentes deve triplicar nos próximos anos.

Se os smartphones fossem carros, quais modelos eles seriam? Confira a brincadeira feita pelos usuários do Fórum!

Somando este 1 bilhão aos mais de 30 milhões de tablets e outros milhões de telefones móveis “comuns”, a diferença para o número de pessoas não está tão grande assim. E caso a estimativa de aumento realmente se comprove, certamente existe a possibilidade desta estatística passar, sim, da casa dos sete ou oito bilhões.

Via Mashable

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares