Fabricantes

23/05/2013 13h05 - Atualizado em 23/05/2013 13h05

AMD lança linha de processadores focados no mercado mobile

Isadora Díaz
por
Do Canadá

A nova linha de processadores quad-core da AMD, baseada na arquitetura Jaguar x86, enfim é realidade. Apresentados durante o AMD TechDay, realizado em Toronto, Canadá sob os codinomes de Temash, Kabini e Richland, os lançamentos chegam para competir no mercado de APUs ainda na primeira metade de 2013.

LInha de processadores AMD foca no mercado mobile (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)LInha de processadores AMD foca no mercado mobile (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O primeiro deles, o Temash, tem como foco o mercado mobile, em especial os tablets e os híbridos. A promessa é que gadgets equipados com o Temash entreguem ao usuário uma performance de um notebook convencional em um tablet com um consumo de bateria menor - mais por menos. De acordo com o diretor da área de mobilidade da empresa, Kevin Lensing, o processador foi desenhado para atender inclusive a usuários gamers, uma vez que a oferta de jogos em dispositivos Android e iOS cresceu nos últimos dois anos e a exigência de processamento para rodar boa parte deles seguiu a mesma lógica.

O segundo da família de processadores AMD é o Kabini, desenvolvido para notebooks ultrafinos - que seriam, basicamente, os famosos ultrabooks da Intel. Uma vez mais, a companhia ressaltou a importância de desenvolver um processador que consumisse menos bateria, uma das principais necessidades de donos de notebooks ultrafinos. Não será de surpreender, porém, que o Kabini apareça também em tablets mais "parrudos" ao longo do ano.

Esquema do processador AMD: quad-core baseado na arquitetura Jaguar x86 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Esquema do processador AMD: quad-core baseado na arquitetura Jaguar x86 (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Diferente de seus irmãos "menos potentes", o Richland é voltado para desktops e os notebooks convencionais. Trata-se da linha de processadores mais potente da família, que abarca os chips A8 e A10 e entra na categoria APU de elite.

Acima, desktop Windows equipado com o APU Richland; abaixo, símbolo do chip A6 da AMD em um notebook (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Acima, desktop Windows equipado com o APU Richland; abaixo, símbolo do chip A6 da AMD em um notebook (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

A vice-presidente da AMD, Lisa Su, ressaltou a tendência da companhia e do mercado em geral de investir na área de chips mobile. Talvez, em vista disto, a empresa tenha optado por não lançar um competidor direto do Core i7, da Intel: todos os processadores lançados foram anunciados como rivais diretos do i3 ou i5.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Carlos Lopes
    2013-05-23T17:31:13

    Minha GPU é AMD e nunca me deixou na mão, processador phenom x6 II.

  • Samuel Voltolini
    2013-05-23T15:03:56  

    Vocês irão me chamar de doido mas um dia espero ver a AMD no topo das vendas de processadores e placas gráficas, a Intel monopolizou tudo...

    recentes

    populares

    • Samuel Voltolini
      2013-05-23T15:03:56  

      Para PC, comprar processadores da Intel é perder dinheiro. Usar AMD é o melhor custo benefício para PCs. Faz uns 2 anos que uso um Athlon II X4 no meu PC para desenvolvimento de aplicações, e o mesmo até hoje está firme, forte e rápido. Nada de problemas ou super aquecimento. O processador é show de bola.

    recentes

    populares

    • Samuel Voltolini
      2013-05-23T15:03:56  

      Ta na hora de AMD lançar um voltado especialmente para smarts, com certeza seria bem interessante, principalmente a parte grafica.