Plataformas online

10/06/2013 06h00 - Atualizado em 12/06/2013 19h36

O que pode impressionar e o que pode decepcionar na E3 2013

Felipe Vinha
por
Para o TechTudo

A E3 2013 se inicia com uma série de expectativas por parte dos fãs. Entre elas estão os jogos, novas experiências e, claro, novos consoles. Entretanto, o que pode impressionar o público, também pode decepcionar, caso não atenda a essas expectativas. Confira o que pode surpreender e o que pode frustrar a todos no evento:

Hall de entrada do LA Convention Center, onde será realizada a E3 2013 (Foto: Léo Torres / TechTudo)Hall de entrada do LA Convention Center, onde será realizada a E3 2013 (Foto: Léo Torres / TechTudo)

O que pode impressionar

- Revelação completa do PS4

Apesar de ter sido anunciado ainda em fevereiro, o PS4 não teve seu design revelado até hoje. Por enquanto, sabemos apenas como vai ficar o seu controle, o DualShock 4, mas nada do console em si. A Sony até tentou deixar a expectativa nas alturas, mas os fãs já sabiam que nem precisava.

Por enquanto, só conhecemos o controle do PS4 (Foto: Divulgação)Por enquanto, só conhecemos o controle do PS4 (Foto: Divulgação)

Até hoje, a Sony não decepcionou com o design em seus consoles em portáteis – a única exceção talvez seja o PSPGo. Mas o certo é que seus consoles de mesa sempre tiveram um visual bem arrojado e até certa forma inovador. Será que o PS4 vai seguir o mesmo caminho?

- Exclusivos do PS4

Em sua apresentação do PlayStation 4, em fevereiro, a Sony mostrou que o console já possui uma enorme leva de jogos exclusivos, seja de séries antigas que retornam ou de novas marcas que devem surpreender ainda mais.

Killzone é um dos grandes títulos do PS4 (Foto: Divulgação)Killzone é um dos grandes títulos do PS4 (Foto: Divulgação)

Games como inFamous, Killzone e outros, devem pintar na apresentação da empresa, mas os fãs torcem para que tenhamos novas marcas, exclusivas do console, que mostrarão o poder do PS4 e de seu legado ao público. Será que a Sony vai deixar a peteca cair?

- Super Smash Bros.

A série Super Smash Bros. é sempre sinônimo de diversão. Desde sua estreia, no Nintendo 64, todas as edições apresentavam bom humor, excelente jogabilidade e diversão lá no alto, gerando uma série de risos em todas as partidas.

Super Smash Bros. é sempre certeza de sucesso (Foto: Divulgação)Super Smash Bros. é sempre certeza de sucesso (Foto: Divulgação)

A Nintendo já confirmou que o novo “Smash” será realmente mostrado na E3, e dificilmente vai decepcionar alguém – pelo contrário. Por conta de seu ótimo histórico, o jogo deve novamente impressionar e apresentar novas formas de se jogar, graças às tecnologias do Wii U e 3DS.

- Séries inéditas na nova geração

Felizmente, as empresas de videogame da atualidade são competentes em criar novas séries. Lembre-se que, na geração passada, tivemos o nascimento de algumas sagas que impressionaram, como Gears of War, Assassin’s Creed, Rock Band e mais. Nada mais justo que companhias como Ubisoft, EA, Konami e mais surpreendam novamente.

Watch Dogs é um dos grandes novos jogos atuais (Foto: Divulgação)Watch Dogs é um dos grandes novos jogos atuais (Foto: Divulgação)

É claro que muitas destas séries terão continuações, mas tais produtoras não deixarão o clima lá embaixo e irão apresentar suas novas armas, dignas de nova geração. A Ubisoft, por exemplo, já saiu na frente com Watch Dogs, que sai nos antigos e novos consoles. Vai dizer que você não achou o game impressionante?

- Nova Xbox Live

A Xbox Live é um dos principais atrativos do atual Xbox 360, e deve continuar sendo destaque quando a Microsoft lançar o Xbox One. A questão que fica apenas diz respeito às novas funcionalidades que devem pintar por aí.

Xbox Live sempre foi sinônimo de qualidade (Foto: Divulgação)Xbox Live sempre foi sinônimo de qualidade (Foto: Divulgação)

Como já se trata de um serviço excelente, vai ficar difícil a Microsoft estragar sua qualidade, mesmo com todas as notícias ruins que já rondam o Xbox One. Se hoje o multiplayer online na Live já é de alto nível, espere o melhor dentro de alguns meses.

O que pode decepcionar

- Ainda mais limitações no Xbox One

Convenhamos que o Xbox One está passando por uma má fase. Desde seu anúncio, a coisa não anda muito boa, principalmente por conta das limitações que a Microsoft quer inserir no console, como possível bloqueio a jogos usados e a necessidade de se conectar a cada 24 horas para rodar games.

Xbox One já decepcionou um pouco com as limitações (Foto: Divulgação)Xbox One já decepcionou um pouco com as limitações (Foto: Divulgação)

É claro que isso despertou a ira dos fãs, que não querem ter o seu hobbie afetado por limitações até certo ponto inexplicáveis para o público – ainda que façam sentido para uma grande empresa. Contudo, por enquanto, as limitações estão mais atrapalhando do que ajudando a Microsoft, por isso seria péssimo ver mais disso durante a conferência da empresa na E3.

- As mesmas limitações no PS4

Por enquanto, a Sony está “por cima da carne fresca”, já que todos os males dos bloqueios e limitações estão por conta da Microsoft. Mas tudo pode acontecer durante a E3, inclusive o mesmo tipo de limitação que está ocorrendo no Xbox One.

Fãs não querem as mesmas limitações no PS4 (Foto: Divulgação)Fãs não querem as mesmas limitações no PS4 (Foto: Divulgação)

Por enquanto, a Sony já garantiu que o PS4 pode ser aproveitado totalmente offline, com jogos que rodam sem qualquer impedimento, mas a empresa anda “esquiva” em relação a dúvidas sobre a possibilidade de games usados em seu console. Será que temos limitações parecidas no novo aparelho? Isso sim seria uma decepção tão grande quanto a que está ocorrendo com os fãs da Microsoft.

- Xbox One sem muitos exclusivos de peso

No final da atual geração, o Xbox 360 tem sofrido com poucos títulos exclusivos de peso. Basicamente, o console da Microsoft tem apenas séries como Gears of War, Halo e Forza para combater de frente o que a Sony tem a oferecer para seus fãs.

Forza 5 já é um dos exclusivos do Xbox One, mas ele precisa de mais (Foto: Divulgação)Forza 5 já é um dos exclusivos do Xbox One, mas ele precisa de mais (Foto: Divulgação)

Isso pode acabar influenciando o que vem por aí no Xbox One. É certo que o console terá alguns exclusivos a mais, como o já anunciado Quantum Break, mas não se sabe se serão o suficiente para bater de frente com as diversas séries que a Sony já abocanhou para seu catálogo.

- Nintendo com poucos jogos que não sejam Mario

A Nintendo sempre se dá bem com Mario, seu principal mascote. Seus jogos vendem milhões e mais milhões, seja no Wii, Wii U, Nintendo DS ou 3DS, e essa história já se repete há gerações. Mas será que teremos mais do que apenas Mario e mais alguns personagens famosos?

Mario é bom, mas a Nintendo pode anunciar coisas novas (Foto: Divulgação)Mario é bom, mas a Nintendo pode anunciar coisas novas (Foto: Divulgação)

Por tudo o que foi divulgado até o momento, teremos pelo menos cinco jogos envolvendo Mario e sua turma, além de marcas como Zelda, Pikmin e Metroid. Os fãs torcem para que séries inéditas e outras franquias famosas, que não são da Nintendo, sejam apresentadas durante a E3. Mas, conhecendo o histórico da empresa, isso pode ser um pouco difícil de ocorrer.

- Consoles Android

Os consoles Android são a nova moda do momento, mas até agora não mostraram uma grande revolução. O carro-chefe desta tecnologia é o Ouya, uma pequena caixa que roda a versão mais recente do Android e é capaz de rodar jogos da plataforma ligado em uma TV, com direito a controle e tudo o mais.

Ouya ainda não provou seu valor entre os consoles Android (Foto: Divulgação)Ouya ainda não provou seu valor entre os consoles Android (Foto: Divulgação)

Outros aparelhos, como o Game Stick, Nvidia Shield e agora o Project Mojo, da fabricante MadCatz, também devem ser mostrados na E3 ao lado do Ouya. Mas fica o porém: se o Ouya, que tem o maior destaque na mídia, ainda não conseguiu impressionar, o que os concorrentes podem fazer? Com a demanda de mercado pequena, os consoles Android podem fracassar e decepcionar antes mesmo de se tornarem destaque.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Andressa Costa
    2013-06-11T17:36:34

    Jogos kinect são exclusivos da Microsoft, não conta eles como exclusivo e não da nenhum destaque para esse tipo de jogo ?

  • Andressa Costa
    2013-06-11T17:35:44

    Ta bom. Todos os jogos do Kinect existem no PS4. né? Tem que comentar como exclusivos da microsoft esse negócio. Nada melhor de um Dance Central para a família e um Kinect Sports

  • Jaime Pinheiro
    2013-06-10T15:33:20

    Pessoal, vamos usar a cabeça um pouco, não doi não. Se no PS4 será possível jogar offline todo o tempo como que vai haver bloqueio a jogos usados? Como o console vaim saber se o jogo é novo ou usado se ele não irá consultar esta informação em uma base de dados?

  • Filipe Massignan
    2013-06-10T10:06:09

    Comprei um OUYA e o trem não chega ! :S

  • Marcelo
    2013-06-10T08:18:41

    Caramba... Imparcialidade 0... Podia pelo morenos esconder um pouco esse amor todo pela sony.... E na história de jogos usados... Quem "manda" são as produtoras.. A Microsoft ja disse que são elas que vão decidir se um jogo usado pode ser revendido.. Ou seja... É bem provável que as produtoras mais chatas (tipo EA) obriguem a Sony a coloca uma trava tbm..

  • João Barbosa
    2013-06-10T08:04:11

    A E3 vai ser MUITO boa! Espero que a sony não tenha essas limitações por que ai a MS vai ter que tirar para poder competir!! o que é bom para todos... Faltou citar fable ai como exclusivo de xbox! Jogo é o que não vai faltar no fim do ano...

  • Felipe Mariano
    2013-06-10T11:01:15  

    Post totalmente pago pelo Sony... Kkkkkk...

    recentes

    populares

    • Felipe Mariano
      2013-06-10T11:01:15  

      Super parcial à favor da Sony, realmente !! uhahuahua