Internet

15/09/2013 14h15 - Atualizado em 13/01/2014 16h35

Como o Facebook usa fotos e dados dos usuários em anúncios; entenda

João Kurtz
por
Para o TechTudo

O Facebook anunciou que pretende fazer mudanças nos seus termos de uso. As alterações no documento permitem que a rede social exiba nomes, fotos de perfil e outras informações de usuários em anúncios de páginas que curtiram. Muitas das ações de publicidade já ocorrem e as novidades no texto tentam oficializar o "acordo" com os membros da rede.

Quer saber como cutucar no Facebook? Linha do Tempo ainda mantém o 'poke'

Facebook pode usar fotos do perfil do usuário em publicidade (Foto: Reprodução/João Kurtz)Facebook pode usar fotos do perfil do usuário em publicidade (Foto: Reprodução/João Kurtz)

O sistema de anúncios, chamado oficialmente de “Social Ads”, foi desenhado como forma de oferecer conteúdo mais relevante aos usuários. Isso significa que, caso um membro da rede social curta uma página, amigos desse usuário poderão ver anúncios relacionados a ela.

O conteúdo do anúncio pode incluir um thumbnail com a foto do perfil e uma mensagem dizendo que a pessoa curte ou recomenda a página aos amigos. O site parte do princípio de que quando um usuário curte uma marca, existe uma boa chance de que seus amigos também gostem dela por se tratar do mesmo círculo social, cultural e, às vezes, local.

O Facebook já empregava este sistema há tempos e apenas adicionou explicações sobre ele nos novos termos. Nesta última versão do documento, a rede social deixa claro ao membro do site que vai usar os dados pessoais do mesmo e explica que, com isso, uma marca ou entidade poderá pagar à rede para mostrar informações do usuário sem que haja compensação disso para o autor. Porém, quem selecionar uma audiência específica para o conteúdo que publica ou informação cadastrada terá a sua decisão respeitada. 

Publicidade do Facebook pode mostrar nome de amigos que curtiram marcas ou empresas  (Foto: Reprodução/João Kurtz)Publicidade do Facebook pode mostrar nome de amigos
que curtiram marcas ou empresas (Foto: Reprodução)

O Facebook Brasil informa que a explicação foi simplificada nos termos para deixar claro como a publicidade funciona e por isso foram necessárias as mudanças. "Nós apenas tornamos isso mais claro nas atualizações propostas pelos novos termos", informou o Facebook Brasil. 

As escolhas que os usuários possuem, como a opção de desabilitar a publicidade social ou especificar para quem o conteúdo será mostrado, permanecem inalteradas. Porém, em meio a críticas, não houve o anúncio do lançamento oficial da nova política, que segue sem data para entrar em vigor.

Ainda de acordo com o Facebook Brasil, as mudanças se aplicam a todos os usuários e não houve determinação de um prazo para realizar as alterações. Portanto, a rede social afirma que não se trata de um adiamento. Inicialmente, foi informado aos usuários que os novos documentos estariam sobre consulta pública por sete dias, antes do lançamento.

É bom lembrar que, para usar os dados dos usuários, os anunciantes precisam respeitar as "Diretrizes de Publicidade", incluindo as relacionadas à dados sensíveis e público restrito.

Portanto, quem não estiver interessado na plataforma de publicidade social pode desabilitá-la. Entretanto, não é possível fazer o "opt-out" (optar por não participar) do serviço de Histórias Patrocinadas, que são essencialmente um outro tipo de anúncio. Tais anúncios mostram que um usuário está engajado com uma marca quando curte um post em sua página. Neste caso, o dono da página pode pagar à rede social para garantir que seu post apareça no feed de amigos.

De qualquer maneira, o Facebook está analisando os comentários dos usuários, para determinar se atualizações são necessárias, e espera finalizar o processo em breve. A rede social afirmou ainda que não compartilha informações capaz de identificar os usuários pessoalmente sem sua permissão. Logo, fique atento às configurações do seu perfil na rede.

*Colaborou Melissa Cruz

Tem alguma dúvida de tecnologia? Os especialistas do Fórum do TechTudo podem te ajudar!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares