25/09/2013 09h40 - Atualizado em 25/09/2013 09h47

Prezi, alternativa ao PowerPoint, lança versão gratuita em português

Paulo Alves
por
Para o TechTudo

Buscando ampliar sua base de usuários brasileiros que já conta com um milhão de pessoas, a ferramenta para criação de apresentações Prezi chega ao Brasil com interface totalmente em português. Como principal diferencial frente o Microsoft PowerPoint, software concorrente e dominante no segmento, é seu modelo de negócio com opção gratuita para internautas.

Aprenda a converter apresentações do PowerPoint 2013 em vídeo

Prezi (Foto: Divulgação/logoblink.com)Prezi, rival do PowerPoint, agora também com versão em português (Foto: Reprodução/Logoblink.com)

Outro fator de novidade é que o Prezi organiza a produção em uma única tela, em que o usuário pode aproximar trechos e criar apresentações mais criativas e também interativas. Além disso, o serviço é colaborativo e permite edições em grupo para as apresentações.

"O Brasil sempre foi conhecido por ser um país de cultura altamente engajada, solidária e criativa e, por isso, acreditamos muito no potencial de crescimento de Prezi na região”, explica o presidente do Prezi, Peter Arvai. Para entregar o prometido, a empresa de origem húngara utiliza plataforma web para permitir colaboração entre vários usuários em tempo real.

Atualmente, Argentina, Chile, Colômbia e Peru são os países da América do Sul que mais utilizam o Prezi colaborativamente. Com o lançamento da versão oficial em português brasileiro, um blog e perfis no Facebook e no Twitter, espera-se que o programa se torne ainda mais popular no Brasil, fazendo com que ocupe as primeiras posições em breve.

Como funciona o Prezi

De primeira, o usuário percebe o diferencial da ferramenta. Em vez de slides de apresentação tradicionais, o Prezi utiliza uma tela aberta que permite ao usuário incluir todo o conteúdo desejado em um só lugar, arrumando-o em espaços vazios que podem ser ampliados no momento da edição e da apresentação, criando uma espécie de linha do tempo dos temas.

É possível aproximar imagens ou afastá-las para ter uma visão geral da apresentação. Na prática, cada zoom equivale a um slide da apresentação. O Prezi acredita que essa característica ajuda na hora de conectar os assuntos, resultando em apresentações mais coesas e, principalmente, mais interativas. Os slides, portanto, já são "coisa do passado".
 

Para inserir conteúdo, escolha o frame e clique na caixa de texto (Foto: Reprodução/Prezi) (Foto: Para inserir conteúdo, escolha o frame e clique na caixa de texto (Foto: Reprodução/Prezi))Para inserir conteúdo no Prezi, escolha o frame e clique na caixa de texto (Foto: Reprodução/Prezi)

 

 

Para ajudar os iniciantes, a ferramenta conta com diversos templates que podem ser usados na apresentação. Separados nas categorias Profissional, Inspiracional e Fotográfico, os templates servem para preparar uma apresentação rápida, começar uma do zero pode tomar algum tempo. Para os mais exigentes, há inclusive templates 3D disponíveis gratuitamente.

Como no PowerPoint, é possível inserir diversos tipos de mídias no Prezi como vídeo (fazendo arquivo do computador ou via YouTube) e áudio. Porém, diferentemente da solução da Microsoft, o Prezi salva todo o conteúdo em um único arquivo, não sendo necessário levar as mídias em um pendrive ou armazená-las no HD para tocarem dentro da apresentação.

Ao terminar sua criação, basta salvar o arquivo no computador ou pendrive e executá-lo a qualquer momento em máquinas com suporte ao plugin Adobe Flash. É possível também iniciar uma apresentação online por meio da própria plataforma, embora a velocidade de transição dos quadros dependa da qualidade da sua conexão. Também é possível compartilhar sua apresentação no Facebook ou em incorporá-la em qualquer site.

Para compartilhar, basta clicar no canto superior direito e escolher a melhor opção (Foto: Reprodução/Prezi) (Foto: Para compartilhar, basta clicar no canto superior direito e escolher a melhor opção (Foto: Reprodução/Prezi))Para compartilhar, basta clicar no canto superior direito e escolher a melhor opção (Foto: Reprodução/Prezi)

Planos e recursos

Os “prezis” podem ser feitos diretamente na plataforma disponível site do serviço prezi.com. Basta cadastrar uma conta com usuário e senha, e começar a criar. Para os usuários mais exigentes, há mais duas opções de planos: a primeira "Enjoy", de US$ 4,90 ao mês (cerca de R$ 10) oferece 500 MB de armazenamento, e a segunda "Pro", de US$ 13,25 (ou R$ 29) que inclui 2 GB para guardar os arquivos. A versão grátis "Public" tem recursos básicos e 100 MB.

O plano Pro ainda conta com uma versão do Prezi para desktop, permitindo que o usuário crie suas apresentações e utilize todos os recursos da ferramenta offline, com exportação de arquivos diretamente na máquina e suporte para colaboração. Os dois planos pagos permitem que qualquer usuário teste o serviço por 30 dias antes de decidir pela assinatura.

Outra diferença marcante entre o plano gratuito e os pagos são a privacidade dos dados publicados em "prezis", no plano "Public", como sugere seu nome, as apresentações são públicas e todos poderão ver seus "prezis". Já nos planos "Enjoy" e "Pro" as aprsentações são privadas, não mostram a logo do Prezi, oferecem suporte online com respostas rápidas.

Seguindo uma tendência de diversos serviços web, o Prezi também permite que os usuários acessem suas apresentações em dispositivos móveis. Assim, é possível visualizar seus “prezis” no iPhone e até editá-lo no iPad. Os aplicativos móveis iOS já foram baixados por mais de 3,5 milhões de usuário de smartphones e tablets da Apple. Não há versão Android.

Confira uma apresentação feita pelo designer brasileiro Guilherme Criscuolo, que tem desenvolvido apresentações no Prezi há um ano, e veja como os resultados podem ficar. 

“Podemos transformar uma apresentação simples em uma experiência memorável, além de ser muito prático e simples de utilizar”, explica Criscuolo.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Gleiner Pelluzzi
    2013-09-25T16:42:13

    Que ótimo! Já me cadastrei e usarei sem parcimônias! Valeu Tech! ;D

  • Thiago Marangoni
    2013-09-25T14:16:09

    Vale ressaltar que ao cadastrar um e-mail educacional ".edu" (alunos e professores) você terá a licença "Enjoy" gratuitamente e para assinatura da Pro o valor cai para 4,92 dólares.