02/10/2013 07h25 - Atualizado em 02/10/2013 08h29

Oyster, o ‘Netflix dos livros’, oferece acervo de 100 mil títulos

Marvin Costa
por
Para o TechTudo

Desenvolvido para amantes de literatura, o Oyster tem a proposta de ser o "Netflix dos livros". Com uma vasta biblioteca na nuvem, o app - no momento disponível apenas no iPhone e mediante convite - usa o esquema de assinaturas mensais para dar acesso a mais de 100 mil títulos.

Oyster, o 'Netflix dos livros', cobrará taxa mensal para acesso de grande acervo (Foto: Divulgação)Oyster, o 'Netflix dos livros', cobrará taxa mensal para acesso de grande acervo (Foto: Divulgação)

Por US$ 9,95 ao mês (aproximadamente R$ 23), qualquer usuário poderá fazer o download e desfrutar de títulos de diversas editoras internacionais, como HarperCollins, Workman, Melville House e Houghton Mifflin Harcourt. Até o momento, o Oyster tem em seu catálogo mais de 100 mil títulos e seus criadores vêm buscando novas parcerias com editoras em todo mundo.

A estratégia pode ser comparada com o Netflix e o Spotify; serviços que oferecem filmes e músicas para seus usuários a partir de uma assinatura mensal. “Estamos construindo um produto especificamente para dispositivos móveis. A partir de recomendações de consumidores, buscamos meios de facilitar a leitura em momentos de impulso dos usuários, que poderão acessar o serviço durante todo o dia. Seja no metrô, esperando um amigo ou tomando um café enquanto relaxa no parque”, revelam seus criadores no blog da empresa.

Nomes ligados ao crescimento do Facebook estão apostando no sucesso do Oyster, como a Founders Fund, um grupo de investidores de risco que tem Peter Thiel e Sean Parker (fundador do Napster e ex-presidente do Facebook) como membros. No momento, o Oyster está em beta fechado no iPhone, com convites sendo lançados por e-mail. Não há informações sobre quando será seu lançamento oficial e sua chegada às outras plataformas.

Via Business Insider.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares