Video game

18/10/2013 13h49 - Atualizado em 13/11/2013 15h17

PlayStation 4: conheça alternativas para comprar o console mais barato

Emanuel Schimidt
por
Para o TechTudo

O PS4 teve seu preço para o mercado brasileiro anunciado nesta quinta-feira (17) pela Sony. O console chegará às lojas daqui custando surpreendentes R$ 3.999, valor quase duas vezes maior do que o Xbox One (R$ 2.200). Sendo assim, o TechTudo pesquisou alternativas para quem quiser comprar o console pagando menos que o valor anunciado para o Brasil.

Confira a reação dos internautas brasileiros ao anúncio do preço do PlayStation 4.

PS4 preço 4 mil (Foto: Reprodução / TechTudo)PS4 será vendido no Brasil por R$ 4 mil (Foto: Reprodução)

Viajando para os Estados Unidos

A primeira forma alternativa de comprar um PS4 não é a mais barata, mas pode ser a mais divertida – e ainda assim mais em conta que o preço do videogame no Brasil. Veja o que seria preciso (e quanto custaria) para ir aos Estados Unidos e trazer o console na bagagem:

1) Tirar passaporte

O valor atual para um passaporte novo é de R$ 156,07 e todo o processo leva de 30 a 60 dias para ser finalizado. Veja a documentação necessária no site da Polícia Federal;

2) Conseguir visto de entrada nos Estados Unidos

Custa hoje US$ 160 (R$ 345). Veja o que é preciso no site da embaixada americana. O processo todo leva cerca de 30 dias e exige o passaporte para ser finalizado, mas nada impede que você comece o processo pouco antes de estar com o passaporte em mãos;

3) Comprar passagem de ida e volta

Valor de passagens de ida e volta para Miami. (Foto: Techtudo) (Foto: Valor de passagens de ida e volta para Miami. (Foto: Techtudo))Valor de passagens de ida e volta para Miami. (Foto: Reprodução)

O lançamento do PS4 nos Estados Unidos é dia 15 de Novembro. Como é feriado no Brasil, as passagens costumam ser um pouco mais caras. Por isso fizemos uma pesquisa agendando a passagem para Miami partindo dia 18 de novembro e retornando dois dias depois, ambas pela Gol. Como pode ser visto na imagem abaixo, o valor total das passagens, já com as taxas, é de R$ 2.129,71.

Duas diárias em Miami para o período da viagem. (Foto: Techtudo)Duas diárias em Miami para o período da viagem
(Foto: Reprodução)

4) Hospedagem

Nossa pesquisa considerou dois dias de intervalo entre a ida e a volta, ou seja, serão duas noites em Miami. Na imagem ao lado um hotel cobra R$ 243 já com as taxas.

5) Alimentação

Segundo o site Numbeo o custo médio de uma refeição em Miami é de cerca de US$ 15 (cerca de R$ 34 já contando com os 6,38% de IOF cobrado pelo gasto em moeda estrangeira). Como serão 6 refeições no exterior durante os 2 dias de viagem, o total daria R$ 204. Contabilizando mais três refeições feitas no Brasil durante a viagem, e cada uma a R$ 20, o total daria R$ 264 em refeições.

6) PlayStation 4

O console nos Estados Unidos está sendo vendido por US$ 399 que, convertidos, totalizariam R$ 861,48. Adicionando o valor do IOF de 6,38% seriam gastos R$ 916,44. Para compras de até US$ 500 não é necessário pagar os 60% de imposto de importação quando você está viajando para outro país. Só será necessário prestar atenção se as lojas dos Estados Unidos estarão com consoles em estoque, já que as grandes redes dizem não ter mais PS4 para o lançamento e semanas seguintes.

O total da viagem com todos os gastos daria R$ 4.053,78, cerca de R$ 50 a mais do que o valor cobrado pela Sony no Brasil. Mas note que deixamos uma bela gordura que os mais sovinas poderiam queimar. Por exemplo, provavelmente você conseguiria gastar bem menos do que R$ 268 em alimentação ou poderia ainda dormir apenas uma noite nos Estados Unidos, diminuindo o gasto com as diárias e alimentação - e este dinheiro poderia ser investido em um ou dois jogos para a plataforma, por exemplo. Ou seja, seria possível ir e voltar dos Estados Unidos com um PS4 na bagagem pagando o mesmo valor do console vendido no Brasil.

Comprando online

Diversos sites americanos realizam entregas para o Brasil. Como dito acima, o PlayStation 4 custa US$ 399 nos Estados Unidos, mas algumas taxas deverão ser pagas: frete, imposto de importação de 60% e IOF.

Playstation 4 nas lojas online americanas estão difíceis de ser encontrados. (Foto: Techtudo)Playstation 4 nas lojas online americanas estão difíceis de ser encontrados. (Foto: Reprodução / Techtudo)

O frete pode variar bastante dependendo do tipo de entrega solicitada. As mais em conta dificilmente saem por menos de US$ 50 devido ao tamanho e peso do videogame. Isso nos daria US$ 450 de despesa total, aproximadamente R$ 972. Além disso, ao usar o cartão de crédito, o comprador terá de pagar o IOF de 6,38%, ou seja, R$ 62. Ainda é preciso pagar o imposto de importação devido à Receita Federal, e o valor cobrado seria de R$ 583.

Somando tudo: R$ 972 (PS4 e frete) + R$ 62 (IOF) + R$ 583 (60% de imposto) = R$ 1.617. Ou seja, menos da metade do preço praticado pela Sony no Brasil.

Comprando com importadoras

Outra possibilidade é comprar diretamente com importadoras, que são empresas especializadas em trazer produtos do exterior. Elas geralmente cobram taxas que variam entre 20% e 50% do valor do produto. Fizemos a simulação no site RAShop, que está cobrando US$ 499 pelo PlayStation 4 mais US$ 50 de frete (totalizando R$ 1.188). Da mesma forma que comprando em uma loja virtual americana, a chance de ser taxado é grande.

Teríamos então a seguinte conta: R$ 1.188 (PS4 e frete) + R$ 713 (60% de imposto) + R$ 75 (IOF) = R$ 1.976.

Valor do PS4 se comprado em uma empresa de importação. (Foto: Techtudo)Valor do PS4 se comprado em uma empresa de importação. (Foto: Reprodução / Techtudo)

Algumas empresas oferecem a opção de comprar o console já em reais, o que eliminaria a cobrança de IOF. Nesse mesmo site o valor em reais do console mais frete seria de 1.459,65. Com o imposto de importação o valor total seria de R$ 2335,44.

Conclusão

Logo, o entendimento mais óbvio é a de que o preço do Playstation 4 anunciado pela Sony é extremamente abusivo, principalmente quando comparado com seu maior concorrente, o Xbox One, que nos Estados Unidos é US$ 100 mais caro, mas aqui no Brasil custa R$ 1.800 a menos que o videogame da Sony.

Infelizmente a melhor opção será a importação e neste caso o consumidor é o único que perde. A Sony continuará vendendo, e o governo receberá o imposto de importação. O jogador, por sua vez, terá que pagar o videogame em uma única parcela, poderá ter dificuldades para utilizar a garantia em caso de defeitos e terá bastante trabalho para conseguir um PlayStation 4. Uma pena.

OBS: Usamos nesta matéria a cotação de R$ 2,15 para US$ 1.