Internet

15/10/2013 12h29 - Atualizado em 24/11/2016 10h18

Quais são e como funcionam os sites de reclamações na Internet

Henrique Duarte
por
Para o TechTudo

Boa parte dos consumidores já comprou um produto ou contratou um serviço que não atendeu às suas expectativas. Em casos mais graves, apenas uma reclamação pública na Internet consegue trazer o dinheiro de volta ou garantir a troca por um produto novo. Uma boa maneira de reivindicar um direito quando a empresa não dá ouvidos - mesmo após utilizar o SAC oficial - é utilizar sites especialmente criados para atender reclamações.

Muitos oferecem um cadastro de empresas e consumidores, como um canal de comunicação virtual, e ainda mostram estatísticas que ajudam clientes a escolher em qual loja comprar.

Problemas com compras? Sites de reclamação podem ajudar o consumidor (Foto: Pond5)Problemas com compras? Sites de reclamação podem ajudar o consumidor (Foto: Pond5)

Precisa abrir uma reclamação na Anatel? Saiba como fazer

Como funciona

O consumidor cadastra sua reclamação e a empresa responsável pelo produto ou serviço recebe uma notificação do problema, cabendo a ela responder e resolver o chamado.

Uma contestação online pode ser bastante eficaz, já que dificilmente uma empresa vai desejar ter o seu nome relacionado a problemas em páginas públicas de Internet, causando má impressão para seus atuais e futuros consumidores. Sendo assim, a marca que fornece o serviço ou o produto costuma buscar uma solução junto ao cliente o mais rápido possível.

É bom lembrar que, embora os serviços sejam online, as reclamações não são restritas a compras e contratações feitas pela Internet, e abrangem um universo ainda maior. Confira a lista que o TechTudo preparou com os melhores sites de reclamações na web e tente resolver os seus problemas de forma ágil e eficiente.

Reclame Aqui

O Reclame Aqui é um dos mais famosos sites que prestam serviços para insatisfeitos com compras. Para inserir uma nova queixa, basta clicar na aba “Reclame”. Então, busque pela empresa cadastrada no site, digite sua reclamação e identifique-se. O Reclame Aqui avisará quando uma resposta do responsável chegar e será possível fazer réplicas a elas.

Reclame Aqui (Foto: Reprodução/Luana Marfim)Reclame Aqui (Foto: Reprodução/Luana Marfim)

A plataforma também conta com um grande banco de dados de reclamações respondidas, assim como um ranking com as empresas que mais e menos recebem queixas. Seu sistema funciona de forma parecida ao de uma rede social em que o usuário pode cadastrar login e senha ou utilizar suas credenciais do Facebook para se conectar ao serviço online e manter um histórico.

Reclamão

O Reclamãoé uma outra boa opção para buscar queixas de usuários sobre empresas ou cadastrar a sua reclamação. É bastante parecido com o Reclame Aqui, com a exceção de uma seção chamada "Reclamação Patrocinada". Nela, o internauta paga uma taxa de R$30 e obtém suporte do Reclamão para a solução do seu problema, como mostra a figura abaixo.

reclamaoFaça uma reclamação patrocinada no Reclamão (Foto: Reprodução)

O site oferece uma espécie de consultoria e também possui um ranking das empresas com maior e menor número de reclamações. É possível fazer login com credenciais do Facebook.

Denuncio

O Denuncio (denuncio.com.br) fecha a lista de serviços eficazes de denúncias e reclamações online. A página também é similar aos outros serviços listados. Um bom diferencial, no entanto, são as estatísticas que o site oferece, que mostram as empresas mais negligentes com os consumidores e as mais atenciosas, assim como o número de reclamações atendidas.

Denuncio.com.br (Foto: Reprodução/Luana Marfim)Denuncio.com.br (Foto: Reprodução/Luana Marfim)

Defesa do Consumidor no O Globo

No site do Jornal O Globo também existe uma parte voltada para a Defesa do Consumidor (oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/), dentro da seção Economia. A página funciona de forma parecida com os sites já citados, sendo possível para o consumidor fazer uma pergunta e a empresa respondê-la. Tudo muito prático e simples. Para utilizar o serviço é preciso fazer um cadastro gratuito na Globo.com.

Defesa do Consumidor no O Globo (Foto: Reprodução/Luana Marfim)Defesa do Consumidor no O Globo (Foto: Reprodução/Luana Marfim)


Se mesmo assim você não teve seu problema resolvido e deseja tomar medidas legais, o Procon, órgão que regula os direitos do consumidor, possui sites em diversas regiões e todos os telefones disponíveis das agências por todo o Brasil para tomar medidas mais enérgicas.

Problemas com os links do Reclame Aqui? Veja como resolver no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Cleis Donegal
    2018-06-14T11:38:16

    BOM DIA, A EMPRESA DROGARIA ONOFRE NAO ESTA CUMPRINDO COM O PRAZO PROMETIDO, ELES NAO TEM NENHUMA RESPONSABILIDADE E RESPEITO COM AS PESSOAS, MINHA FILHA TOMA REMEDIO CONTROLADO E ATE AGORA NAO ENTREGARAM O PRODUTO E A RECEITA ESTA RETIDA COM ELES. FALTA COMPROMISSO ,COMPROMETIMENTO COM O SER HUMANO.

  • Antonio Gomes
    2017-06-23T18:51:09

    Seriam um sites para que o ruim pareça bom! Já perguntou por que uma empresa faria um serviço de graça para você? Quem paga este serviço e porque? Nos links '' institucional'' do site falam, mas não dizem.

  • Sérgio Pereira
    2013-12-01T13:31:45  

    Tentei fazer 1 compra na Submarino de 1 TV Sony 42 polegadas q vem acompanhada de 1 aparelho Bluray Sony, Fiquei de 22 hs do dia 28/11/13 até as 13:15 hs do dia 29/11/13 tentando ligar pra Submarino e tb tentando fazer a compra pelo site (noite toda em claro, não dormi um minuto sequer) e só consegui falar na Submarino as 13:15 hs do dia 29/11/13, daí me disseram q o produto ja havia esgotado... AFFFF O site só dava erro o tempo todo (com isso não consegui fazer essa compra), e pelo telefone só dava ocupado e quando atendia dava mensagem que todos atendentes tavam ocupados, agora PROCON NELES!

    recentes

    populares

    • Sérgio Pereira
      2013-12-01T13:31:45  

      Para compras internacionais, ha algum site na italia ou estados unidos ?

  • Maria Maciel
    2016-06-01T16:13:28  

    Quero Parabenizar o Site Reclamão,pois envio toda semana I-mail,para CENTAURO DPEVAT, e nunca me respondem. Espero resposta desde o dia 24 de Maio de quando receberei indenização de um atropelamento em Junho de 2014.Reclamei segunda feira, e imaginem dizer que não conseguem falar comigo. Poxa Parabéns RECLAMÃO. Acho que agora a Excelcior , pode até me pagar.. VALEU RECLAMÃO.

    recentes

    populares

    • Maria Maciel
      2016-06-01T16:13:28  

      Conseguiu resolver?

  • João Carvalho
    2013-10-15T17:20:03  

    Problemas com compras pela internet hoje em dia é muito comum e a maioria vai passar por isso. O que se deve ter em mente é ter a tranquilidade em tentar resolver o problema. Uma dica é sempre antes de comprar, pesquise pela loja no ReclameAqui e tmb no E-bit. E outra dica é ficar de olho em promoções, como por exemplo as do site "BaratoDescontos" que filtra as ofertas só de grandes logistas da internet (100% confiáveis).

    recentes

    populares

    • João Carvalho
      2013-10-15T17:20:03  

      ReclameAqui informa que a empresa é ótima, mas Nesthoes não entrega suas compras.

  • Carlos Martins
    2014-02-08T12:44:40

    Fantasticas dicas...muito Obrigado e recomendo !!

  • Denis Correia
    2014-02-05T09:20:50

    Há algum tempo venho com um problema muito chato,no qual meu Ultrabook Samsung estava apresentando um problema muito grande de lentidão e ele não tinha arquivos nenhum porque eu usava um HD externo,não efetuava leitura de pen drive, e quando eu fui abrir a tampa do notebook a tela trincou.Levei na assistência Centerffil Ltda Avenida Santa Ursula 35 Centro de Barueri4199-3020 e já sabia que não era boa fui com meu celular gravando,a menina me fez até uma piada dizendo que eu só iria conseguir a garantia da minha tela se eu fosse na justiça, pois ela nunca viu isso desde quando ela trabalha lá.