21/10/2013 19h28 - Atualizado em 22/10/2013 04h47

Smartphones poderão 'pagar' passagens de ônibus via NFC no Rio de Janeiro

Raquel Freire
por
Para o TechTudo

A tecnologia NFC (Near Field Communication) está se mostrando cada vez mais útil no dia a dia e agora mais uma novidade está chamando a atenção: o pagamento de passagens de ônibus, trens, barcas e vans legalizadas apenas com o smartphone. O projeto começou a ser testado hoje pela Fetranspor, federação que reúne sindicatos e empresas de meios de transporte do Rio de Janeiro.

Dúvidas sobre o NFC? Faça uma pergunta no Fórum do TechTudo

Pagamento de passagem com Smartphone começa a ser testado no Rio (Divulgação/Feranspor)Pagamento de passagem com smartphone, via NFC, começa a ser testado no Rio (Divulgação/Feranspor)

O sistema funcionará da seguinte forma: o usuário precisará instalar um aplicativo no seu smartphone, que adicionará créditos em um data específica. As recargas serão feitas diretamente na condução ou nos terminais de autoatendimento da RioCard. Se os créditos acabarem antes do prazo, será possível comprar mais, da mesma forma como no RioCard Expresso. O objetivo é eliminar os bilhetes e cartões físicos atualmente usados para esse propósito.

O metrô, no entanto, está de fora do projeto. Os aparelhos usados nos testes são da Motorola, que forneceu celulares do modelo Razr D3 para 50 funcionários das companhias da Fetranspor. O experimento teve início nesta segunda-feira (21) e irá durar três meses, após os quais será feita uma avaliação final da tecnologia. 

 Além da Riocard e Motorola, fazem parte do projeto a Gemalto, fabricante dos chips instalados nos smartphones, GSMA, consultora na gestão e execução do estudo, e as operadoras Vivo, Claro, Tim e Oi, que ajudaram na sincronização do NFC.

Via Fetranspor

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Wellington Oliveira
    2013-11-18T03:31:13

    Valeria mais a pena se não houvesse a necessidade de expor o smartphone no validador. Um ladrão pode ficar perto da roleta observando os aparelhos, como um cardápio, e depois abordar a vítima ainda dentro da condução ou após segui-lo no desembarque. Infelizmente.

  • Gustavo Roberto
    2013-10-24T09:33:53  

    Isso pode aumentar o roubo de celulares no rio de janeiro, o que ja acontece e muito !! Sempre tem um pivete correndo no meio dos carros da presidente vargas e rio branco com o celular ou bolsa de alguém !!!

    recentes

    populares

    • Gustavo Roberto
      2013-10-24T09:33:53  

      Relativo isso. Quem é que não tem celular? A escolha se quer ou não pagar através do celular é sua. Não acho que eliminara de vez as bilheterias.

  • OTAVIO ROICHMAN
    2013-10-25T11:15:40

    Um celular pode ter senha para acessar, pode ser bloqueado e até rastreado. Já um cartão plástico roubado, ja era, será utilizado até que o cliente consiga cancelar. Pagamentos com o celular são muito mais seguros e práticos do que com cartões.

  • Sidney Ribeiro
    2013-10-24T09:03:01

    A pergunta que não quer se calar e se o celular for perdido ou roubado, será que tem uma senha ou algo assim para proteção? o chip é transferível? a ideia é boa.....

  • Breno Fernandes
    2013-10-23T01:48:11

    Aqui em Natal a recarga dos cartões tem sido feitas com os smartphones Motorola!

  • Marcos Machado
    2013-10-22T17:25:49

    Raquel, eu gostaria de lhe enviar o release completo sobre esta notícia. Pode informar um email seu?

  • Júlio César
    2013-10-22T14:51:39

    Seria ótimo se não tivessem tantos assaltos no Rio. Semana passada mesmo tive meu Sony Xperia S roubado dentro do onibus... Me diz, como usar algo, se vc corre o risco de ser assaltado?

  • Matheus Souza
    2013-10-22T11:58:16  

    Eu ja esperava por isso. Porém, acho que a atenção a violência teria que ser redobrada. Há muitos assaltos em ônibus no Rio de Janeiro. A população não teria coragem de investir em algo que possa perder de forma tão intrigante como um assalto.

    recentes

    populares

    • Matheus Souza
      2013-10-22T11:58:16  

      Isso aí, seria bom se fosse numa cidade segura... eu mesmo semana passada fui assaltado dentro do onibus, perdi meu Xperia S... Imagina se o cara vê alguem puxando um celular mais moderno?

  • Cristian Alemão
    2013-10-22T11:55:11

    Muito bom, torço para que essa tecnologia se desenvolva aqui no Brasil.

  • Jhonatas Alves
    2013-10-22T11:09:14

    Interessante!