TechTudo

30/10/2013 16h46 - Atualizado em 01/11/2013 18h34

Toren, jogo brasileiro, é inspirado em Zelda e Shadow of the Colossus

Pedro Zambarda
por
Para o TechTudo

Toren, da desenvolvedora gaúcha Swordtales, é um dos jogos mais aguardados da indústria nacional por sua proposta imersiva, exploração de belos cenários e interação com criaturas místicas. O título também chamou atenção ao conseguir um financiamento inédito do governo via Lei Rouanet e, para conversar sobre este incentivo e detalhes do jogo, a Coluna Geração Gamer entrevistou Alessandro Martinello (27), diretor de arte da companhia.

Toren, o jogo brasileiro com incentivo da Lei Rouanet, pode sair em 2014 (Foto: Divulgação)Toren, o jogo brasileiro com incentivo da Lei Rouanet, pode sair em 2014 (Foto: Divulgação)

Como foi criado Toren?

“Foi apenas uma equipe e não é uma super produção. Por muito tempo foram apenas nós quatro da Swordtales (Alessandro Martinello, Conrado Testa, Luiz Alvarez e Vitor Leães), mas chegamos a ter ajuda de nove pessoas ao longo do projeto”, diz Alessandro, que joga videogame desde os três anos de idade, em um Atari 2600. Ele explica também que o jogo aborda a história de uma garota que cresce tentando sair de uma torre. Segundo os criadores, o game é uma espécie de “poema épico” e bastante visual.

Alessandro Martinello (à esquerda) e a equipe desenvolvedora de Toren (Foto: Arquivo Pessoal)Alessandro Martinello (à esquerda) e a equipe desenvolvedora de Toren (Foto: Arquivo Pessoal)

Toren reflete parte dos gostos do diretor de arte. “A mecânica do jogo foi baseada em adventure games em 3D, como The Legend of Zelda: Ocarina of Time. A história vem dos filmes de Hayao Miyazaki, como A Viagem de Chihiro. Durante o desenvolvimento, usamos uma linguagem minimalista que lembra os games do Team Ico, como Ico e Shadow of the Colossus", diz o desenvolvedor. O projeto buscou em ícones consagrados da indústria de entretenimento inspiração para criar um jogo que se destaque no cenário brasileiro.

Outro ponto que chama a atenção é que Toren foge do estereótipo de herói masculino, tão explorado nos games, e apresenta uma protagonista feminina. A heroína supera inúmeros desafios durante a aventura e inclusive enfrenta monstros grandiosos, como um dragão.

A aventura de Toren se passa dentro de uma torre (Foto: Divulgação)A aventura de Toren se passa dentro de uma torre (Foto: Divulgação)

O jogo está em desenvolvimento desde 2011 e Alessandro Martinello ainda não deixa claro quando o game realmente chegará aos jogadores. “O jogo estará disponível para o público quando acharmos que é a hora, ou seja, quando ele completar três anos de produção como normalmente são com jogos polidos”, diz o desenvolvedor. Então, se você está aguardando Toren, provavelmente terá que esperar até 2014.

Já sobre o impacto da Lei Rouanet no projeto, Alessandro explica: “O projeto conseguiu uma arrecadação de imposto de empresas pela lei em um total de R$ 370 mil. Deste valor, R$ 100 mil já foram doados ao projeto”. O financiamento de Toren vai contra a declaração pública da ministra da cultura, Marta Suplicy, de que “games não são cultura”.

Os desenvolvedores de Toren optaram por criar uma protagonista feminina, ao invés de um menino (Foto: Divulgação)Os desenvolvedores de Toren optaram por criar uma protagonista feminina, ao invés de um menino (Foto: Divulgação)

Cenário de games no Brasil

“O cenário de jogos em nosso país só vai crescer. No entanto, ainda estamos pagando pra ver se brasileiros compram games bem feitos de seu próprio país. Até agora, os números de outras empresas, mesmo com jogos que são sucesso internacional, têm sido infelizmente irrelevantes”, afirma Alessandro. Para o desenvolvedor, o brasileiro precisa enxergar a importância de sua própria indústria para investir nela.

A heroína de Toren encara um monstro parecido com um dragão (Foto: Divulgação)A heroína de Toren encara um monstro parecido com um dragão (Foto: Divulgação)

Jogos como expressão artística

Após jogar vários consoles de todas as gerações, Alessandro Martinello decidiu investir em uma carreira totalmente dedicada aos games digitais. “Decidi criar jogos, porque estava descontente com outras mídias e suas visões pobres e limitadas do que é arte. Nos games, isso ainda me parece uma incógnita desprovida de preconceitos. Por isso, eu posso experimentar e fazer a arte que acredito ser superior”, explica.

A torre que é o principal desafio em Toren (Foto: Divulgação)A torre que é o principal desafio em Toren (Foto: Divulgação)

Por que lançar um trailer agora?

“Disponibilizamos o trailer agora porque era obrigatório para a IGF (Independent Games Festival). Esse é o maior festival de jogos independentes do mundo”, explicou Alessandro. A edição de 2014 do IGF ocorre em São Francisco, na Califórnia, entre os dias 17 e 21 de março do ano que vem.

Veja abaixo o vídeo que eles prepararam para exibir o game nacional no festival norte-americano.


Participe do fórum TechTudo: Com que idade você aprendeu a programar?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Gustavo Lehnen
    2015-05-03T13:42:47

    Olá, alguém já sabe se o game já tem uma distribuidora e para quais plataformas irá sair?

  • Marcos Godinho
    2013-10-30T21:47:39  

    MEU DEUS DO CÉU. É pra ESSE jogo que está indo o dindin do nosso imposto?? É pra PS2??? MUUUUUUUUITO FRACO. Espero REALMENTE que essa galera aproveite bem essa graninha pra dar um upgrade no game, pq do jeito que tá, não vai vingar, não...

    recentes

    populares

    • Marcos Godinho
      2013-10-30T21:47:39  

      Infelizmente o Dinheiro dos teus impostos não estão indo para esse tipo de ação, infelizmente o dinheiro dos teus impostos estão indo para o bolso de politicos corruptos que ao invés de financiar e alavancar os pequenos nichos de mercado cultural no Brasil, preferem manter o pais com a ignorância e a mentalidade pequena de pessoas que nem tu... Se o Dinheiro de teus impostos estivesse indo para projetos culturais como este provavelmente tu não teria parado no PS2 e ja teria um PS3 ou até o final do ano um PS4... Depois não reclame do altos valores dos jogos...

    recentes

    populares

    • Marcos Godinho
      2013-10-30T21:47:39  

      já viu o trailer do jogo no site deles?os gráficos desse jogo estão maravilhosos e estão tão bons que não rodaria em um Xbox 360 ou em um ps3 mt menos em um Wii u só pra vc ver como vc fala porcaria

  • Henrique Silva
    2013-10-31T17:37:21

    Cara desejo sorte a todos vocês, eu sei o quanto é difícil desenvolver um jogo, e mesmo que na criação final não seja o esperado, não fiquem chateados, pois o ponta pé inicial foi dado.

  • Claudio Silva
    2013-10-31T13:09:31

    espero poder jogá-lo, sou fã de todas as referências da produção, deve ficar lindo!

  • Alef Cruz
    2013-10-31T12:31:05

    Ta na hora do brasil crescer na area de games, ja cansei de tentar ler enão conseguir o inglês.

  • Alle Calixto
    2013-10-31T12:04:55

    Deu vontade de jogar!!!

  • Sandra Araujo
    2013-10-31T09:17:56

    O vídeo de divulgação começa muito bem, bons cenário, apenas a personagem precisa ser mais lapidada, a música é bem interessante. Acredito que um olhar mais atento do mercado de marketing. pode colocar o mercado de games nacionais em um patamar atrativo para investidores.

  • Andrey Abreu
    2013-10-31T00:15:11

    Pude presenciar o Game na DGEX em Novo Hamburgo, onde moro. Torço muito para que Toren seja um sucesso, o game esta ficando fantastico!!!

  • Grandao Matos
    2013-10-30T22:43:35

    Falo com toda convicção, compraria com toda certeza, Parabéns equipe Swordtales, espero que vocês torne esta empresa conhecida mundialmente.Para mim como brasileiro dou o maior apoio e quando sair com certeza irei joga-lo.

  • Hugo Fraga
    2013-10-30T21:46:42

    Muito bom esse Indie.. Tomara que saia pra Consoles e Pc também pra aumenta a visibilidade de produtoras do Brasil, eu tinha uma grande vontade de trabalha nessa área de jogos mais no Brasil acho que e pouco valorizado..

  • Plinio Santos
    2013-10-30T17:29:53

    projeto interessante

  • Jeronimo Silva
    2013-10-30T17:03:28

    parabens, tomara que de muito certo