29/11/2013 01h22 - Atualizado em 29/11/2013 17h32

Black Friday: sites saem do ar e prometem prorrogar ofertas até sábado

Isadora Díaz
por
Para o TechTudo

As primeiras horas de Black Friday foram marcadas por algo além de superpromoções. Alguns sites não aguentaram o alto número de visitantes e o acesso passou a ser difícil a partir da meia-noite desta sexta-feira (29). Dois deles foram o Submarino e a Americanas, ambos do grupo B2W. Já nas primeiras horas, as lojas bateram recordes de reclamações.

Guia da Black Friday: veja dicas, lojas e aproveite preços e promoções

Em nota, o grupo B2W que administra as lojas Americanas.com e Submarino disse que as ofertas - que estariam encerradas pouco antes da meia-noite desta sexta-feira - serão prorrogadas para que todos possam aproveitar os peços baixos da Black Friday Brasil 2013. Os valores anunciados hoje serão válidos até o meio-dia deste sábado até o fim do estoque.

"A Americanas.com informa que vai prorrogar todas as ofertas da Black Friday, conforme disponibilidade de estoque, até 12h de sábado (30)", informou o grupo. O mesmo ocorre com o Submarino, que também prorroga as vendas até que as unidades se esgotem no site.

Black Friday tira site da Americanas.com do ar (Foto: Reprodução)Black Friday tira site da Americanas.com do ar (Foto: Reprodução)



O internauta, ao acessar os sites, se depara constantemente com uma espécie de "fila virtual", que pede que o usuário aguarde alguns instantes sem atualizar a página. O tempo de espera, no entanto, ultrapassa os quinze minutos, de acordo com testes realizado pelo TechTudo.

Submarino.com, também da B2W, sai do ar durante a Black Friday (Foto: Reprodução)Submarino.com, também da B2W, sai do ar durante a Black Friday (Foto: Reprodução)



Essa é a segunda vez que sites da companhia enfrentam problemas durante períodos de alta visitação. Mais cedo neste ano, durante o evento Black Night, uma espécie de prévia da Black Friday organizada pela B2W em outubro, os usuários tiveram dificuldade em navegar nas páginas para conferir as ofertas. O Procon-SP chegou a notificar Submarino, Americanas e Shoptime pelo problema. A empresa não se manifestou na ocasião.

Os problemas de acesso foram normalizada no início da manhã desta sexta-feira, quando a demanda de acessos foi menor. Porém, por volta das 9h os sites voltaram a apresentar a tela com a "fila virtual" ou não permitir login de usuários, além de outros problemas graves.

A instabilidade atinge outros sites de e-commerce como Fast Shop, Extra, Saraiva e Apple.

Cadastro de novos clientes sobre pane

Segundo o site Reclame Aqui, que organiza um ranking em tempo real com a quantidade de reclamações recebidas por cada loja, diversos consumidores que seguem o perfil do @ReclameAQUI no Twitter enviram mensagens sobre problemas que tiveram com as lojas Submarino e Americanas durante a Black Friday Brasil. No meio da chuva de tuítes, muitos reclamavam que não era possível realizar o cadastro de novos clientes e fazer compras.

No Twitter, consumidores reclamam que não conseguem editar seus cadastros em lojas (Foto: Reprodução/Twitter)No Twitter, consumidores reclamam que não conseguem editar seus cadastros (Foto: Reprodução/Twitter)


Além do problema com o cadastro, há lentidão nas lojas virtuais e produtos da promoção que não aparecem nos carrinhos dos clientes também estão entre as principais queixas.

Situação deve piorar

De acordo com Marcelo Salhab, engenheiro de computação e diretor-executivo da Vialink, empresa especializada em tecnologia da informação, a expectativa é de que os problemas encontrados na noite de ontem se agravem hoje e se estendam pelo fim de semana.

Veja as bizarrices da Black Friday: preços errados e descontos de só R$ 0,14

“A maior parte dos clientes deve começar a procurar os descontos e realizar as suas compras na noite desta sexta-feira, o que gerará um tráfego ainda mais intenso para os sites. Além disso, muitos consumidores têm reclamado sobre falhas encontradas em compras online, como empresas que vendem mais produtos do que a loja física possui em estoque; erros encontrados na finalização da venda, mas a cobrança no cartão é realizada e até mesmo recebimento de e-mails de confirmação de compra e esta não ter sido realmente realizada”, explica o especialista.

Furada ou boa oportunidade? Diga qual sua expectativa para a Black Friday no Fórum.

* Colaborou Fabrício Vitorino e Melissa Cruz