Internet

13/11/2013 10h41 - Atualizado em 21/11/2013 10h42

Golpe no Instagram: InstLike prometia curtidas e seguidores e engana 100 mil

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O golpe do InstLike deixou uma lição para quem busca apps que supostamente melhoram a popularidade no Instagram. O serviço prometia curtidas e seguidores mas, na verdade, roubava dados de contas e arrecadava dinheiro às custas dos usuários. O aplicativo, que tinha versões para Android e iOS (iPhone), já foi tirado do ar após um alerta de segurança.

Mais de 70 mil caem no golpe do 'Gerador de Facebook Credits'; entenda

O aplicativo oferecia em troca 20 moedas grátis por dia para os usuários. Um "curtiu" (like) custava uma moeda e um seguidor dez moedas. Era preciso comprar com dinheiro de verdade moedas adicionais, depois que as oferecidas gratuitamente acabassem. Os pacotes tinham no mínimo cem moedas, por US$ 1 (cerca de R$ 2,30). Com recomendações do app para os amigos, o usuário ganhava 50 moedas. Em fotos usandi a hashtag #instlike_com, mais 20.

Instagram vídeos sem som (Foto: AP)Golpe no Instagram prometia mais curtidas e engana 100 mil usuáros (Foto: AP)

Assim, o desenvolvedor criou um ambiente sofisticado e que não passava a ideia de fraude para o Instagram. Porém, eles coletavam todos os dados de login e senha destas contas e tinha, ao seu controle, milhares de perfis da rede social de compartilhamento de fotografias.

Ao receber o login e a senha do Instagram destes usuários, era possível, por exemplo, postar imagens/anúncios nestas páginas ou até mesmo trocar os nomes de usuário e as senha e, de fato, “roubar” o perfil da pessoa. Além, é claro, de usá-los para curtir fotos. Estima-se que mais de 100 mil internautas tenham caído no golpe – e a recomendação é de que mudem as senhas.

InstLike enganava usuários (Foto: Reprodução/Mashable)InstLike enganava usuários (Foto: Reprodução/Mashable)

“As pessoas não perceberam que estavam sendo enganadas para dar seus dados de login para este aplicativo. É curioso o quão longe as pessoas vão simplesmente para ter curtidas nas suas fotos. Se você está dando seus dados de login para um aplicativo, há um problema de segurança aí”, explicou Satnam Narang, pesquisador da Symantec que fez a descoberta da fraude na rede social.

O aplicativo ficou meses no ar e passou despercebido, mesmo com configurações como o pedido de login e senha do Instagram, em vez de usar a API da rede social para realizar atividades. Criado em 9 de junho para iOS (iPhone e iPad) e 19 de setembro para Android, segundo o App Annie, ele só saiu do ar, após alerta da Symantec, em 7 de novembro e 25 de outubro, respectivamente. Apple e Google não quiseram comentar o caso. O site instlike.com, porém, continua no ar com links que pedem logins e senhas.

Via Mashable

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Alex Gonçalves
    2014-01-21T17:14:30

    Mentira, eu mesmo usei e não aconteceu nada em minha conta. Pelo menos nunca precisei de colocar dinheiro real la, porque eu jogava o joguinho da roleta e sempre ganhava 100 créditos, abç. E o Instlike n acabou, ele virou o LikeFol e agora estão programando um outro IstLike, dizem que não vai precisar de logar se tiver logado no app do instagram.

  • Juliano F
    2013-11-13T16:27:56  

    Gente bur.ra tem mais é que se dar mal mesmo tentando ganhar vantagem no "jeitinho brasileiro".

    recentes

    populares

    • Juliano F
      2013-11-13T16:27:56  

      Nesse caso não pode ser chamado de "jeitinho brasileiro" pois não foram apenas brasileiros que cairão no golpe