11/12/2013 11h18 - Atualizado em 11/12/2013 11h18

Agência de Segurança Americana espionava jogadores na Xbox Live

Rafael Monteiro
por
Para o TechTudo

A Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, envolvida no grande escândalo de espionagem global, e o Quartel-General de Comunicações do Governo (GCHQ) da Inglaterra, aparentemente também vinham espionando jogadores de videogames na Xbox Live, além de usuários de títulos como World of Warcraft e Second Life. Segundo as agências, tais jogos poderiam ser usados por terroristas como forma de comunicação, treinamento, entre outros.

Muitos usuários se preocupam em serem espionados pelo Kinect (Foto: youtube.com) (Foto: Muitos usuários se preocupam em serem espionados pelo Kinect (Foto: youtube.com))Muitos usuários se preocupam em serem espionados pelo Kinect (Foto: youtube.com)


A suspeita veio de documentos vazados por Edward Snowden, ex-especialista em computação da NSA que se tornou grande inimigo dos Estados Unidos ao revelar ao mundo o esquema de espionagem da agência, que monitorava inclusive aliados. Uma matéria conjunta entre os jornais The Guardian, New York Times e ProPublic investigou a extensão dessa espionagem também em jogos online.

Um documento da NSA chamado “Explorando Usos Terroristas de Jogos e Ambientes Virtuais”, descreve jogos como ferramentas que podem servir a grupos extremistas se ficarem sem supervisão. Segundo eles, alguns títulos podem fornecer comunicação segura entre integrantes, servir como uma forma de treinamento, lavagem de dinheiro, influenciar jovens ou mesmo recrutar membros.

Jogos de tiro em primeira pessoa poderiam treinar soldados por trazerem armas realistas, ensinando qual arma usar em cada situação contra cada alvo, qual a distância que elas podem atingir, além de oferecer conhecimento sobre operações militares, reconhecimento de terreno e habilidades de liderança. É citado o exemplo dos atentados de 11 de setembro, onde alguns dos terroristas que pilotavam os aviões apenas haviam treinado no jogo Microsoft Flight Simulator, sem nunca terem pilotado uma aeronave real.

Sob esta possibilidade de ameaça, a NSA infiltrou agentes em jogos como World of Warcraft, com a finalidade de espionar e impedir possíveis atentados, se aproximando de jogadores e construindo um perfil deles no mundo real, tentando ter acesso a fotos e amostras de voz. Além disso, o documento afirma que a agência tem ferramentas para espionar os quase 50 milhões de usuários da Xbox Live.

NSA pode estar espionando jogadores de World of Warcraft e outros jogos (Foto: pri.org, superradnow.wordpress.com / Reprodução: Rafael Monteiro) (Foto: NSA pode estar espionando jogadores de World of Warcraft e outros jogos (Foto: pri.org, superradnow.wordpress.com / Reprodução: Rafael Monteiro))NSA pode estar espionando jogadores de World of Warcraft e outros jogos (Foto: pri.org, superradnow.wordpress.com / Reprodução: Rafael Monteiro)


A lista de terroristas que tiveram nomes atrelados a esses jogos, utilizando-os em maioria como formas de comunicação, incluía membros da Al Qaeda, Hezbollah, Hamas, hackers chineses e até mesmo um cientista nuclear iraniano. O jornal The Guardian ressalta no entanto que não há documentos dizendo se tais interações com os jogos permitiram prevenir ou desvendar qualquer esquema. O número de agentes envolvidos também não é revelado, mas aparentemente são muitos, ao ponto de estar relatado que precisavam tomar cuidado para não esbarrarem nas operações uns dos outros.

Tanto a Microsoft, responsável pela Xbox Live, quanto a Activision Blizzard, a criadora de World of Warcraft, deram pronunciamentos semelhantes sobre o acontecido. Ambas afirmaram que não estavam cientes das operações das agências de vigilância em seus jogos e que qualquer forma de espionagem estava sendo feita sem o consentimento delas.

Colocar na sala um Xbox One com câmera é seguro? Comente em nosso Fórum

Via VG247, GameInformer e Eurogamer

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares