Segurança

10/01/2014 17h01 - Atualizado em 10/01/2014 17h01

'Comportamento seguro não migrou para o mobile', diz diretor da Symantec

Fabrício Vitorino
por
Da CES 2014

A Symantec, empresa por trás da popular suíte de produtos de segurança Norton, trouxe um caminhão para a CES 2014. A ideia da companhia é fazer um “showroom" de como os usuários podem ser roubados, com representações ao vivo de hackers e cybercriminosos. Mas Beto Santos, gerente da empresa no Brasil, lembra que o padrão da ação online mudou. “Eles não querem mais ser famosos. Eles agem em silêncio, já que seu celular e tablet não travam. Você pode estar sendo roubado e nem percebe”.

Confira todas as novidades da CES 2014

Segundo o executivo, a principal ação dos bandidos digitais agora é o phishing. O link é instalado e o usuário fica à mercê da ação do hacker. “Hoje encontramos um modo de ação do malware: redes sociais. O criminoso não pega dado seu, mas posta algo na sua timeline e obtém os dados de todos”.

Norton na CES 2014 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Caminhão da Symantec, fabricante do Norton, na CES 2014 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)



"Nós pegamos um cliente que teve o perfil na rede social invadido e o bandido pediu dinheiro emprestado aos amigos da vítima. E olha, eles emprestaram. Depositaram dinheiro na conta clonada”, relata Santos, lembrando ainda que, por vezes, a segurança depende muito pouco do antivírus, mas muito do comportamento do usuário.

A Norton realiza seu monitoramento constante no Brasil, com mais de 20 milhões de pontos (em um universo de 150 milhões em todo o mundo). E isso leva a peculiaridades do mercado, como o fato de que, no Brasil, há uma mistura entre gadgets pessoais e corporativos.

“Um tablet ou um celular, da empresa, é levado para casa e usado por filhos, parentes e afins. Assim, ficam mais expostos. E nós temos que monitorar e rastrear onde aconteceu a falha de segurança e tentar consertar. Isso é uma particularidade do Brasil”, disse.

Para as empresas, Beto Santos dá dicas: duas ou mais camadas de autenticação. “Uma senha não é nada. E monitoramento constante. As empresas, de todos os portes, têm que fazer monitoramento constante de suas redes, de seus aparelhos e de seus dados”. Além disso, Santos também lembra que o usuário precisa ser reeducado. “No desktop, ninguém mais clica em links maliciosos. Mas no celular e tablet, todo mundo clica em links de SMSs, Whatsapps e redes sociais. O comportamento seguro não migrou de plataforma”, conclui.

Santos lembra que que o Brasil tem a maior média de crime digital por pessoa do mundo.
E para os usuários finais, o executivo dá as dicas: “Use uma senha forte. É simples. E faz muita diferença. E não deixe a senha em lugar de fácil acesso no celular. Outra boa dica é, vai realizar uma transição bancária? Não use redes wi-fi públicas. Espere algumas horas até chegar em casa ou em algum lugar seguro.”

Em sintonia com as tendências da CES 2014, Beto Santos lembra que, com a popularização de carros, TVs conectadas e demais gadgets “vestíveis”, o risco é maior. “Já vimos que, para tablets e celulares, nada mudou. Imagina quando chegarmos nos carros. Nós precisamos de produtos fortes, claro, mas precisamos muito mais de educação. Tenha cuidado”, alerta o executivo.

E para você, qual a novidade mais surpreendente da CES 2014? Comente no Fórum do TechTudo.

 


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Bruninho Feroz
    2014-01-10T23:00:28

    O Windows já é um vírus. Do que adianta você instalar um monte de software de segurança, se a própria Microsoft abre brechas no sistema para que a NSA espione as pessoas.

  • Dalber Santos
    2014-01-10T18:46:58  

    Norton pro pc é um lixo!!

    recentes

    populares

    • Dalber Santos
      2014-01-10T18:46:58  

      Então qual é melhor antivírus pro pc ou note?