Redes sociais

24/02/2014 13h11 - Atualizado em 18/06/2014 11h18

Após venda do WhatsApp, Telegram registra 5 milhões de novos downloads

Thiago Barros
por
Para o TechTudo

O Telegram registrou quase cinco milhões de novos downloads no último domingo (23). Um dos muitos rivais do WhatsApp, o aplicativo parece ter se beneficiado de dois casos envolvendo o popular mensageiro: a venda dele para o Facebook e a interrupção, por um longo período de tempo, do serviço no último fim de semana, deixando usuários sem acesso ao app na tarde de sábado (22).

WhatsApp ataca Viber e Skype e anuncia chamadas de voz ainda para 2014

Telegram está crescendo (Foto: Divulgação/Telegram)Telegram está crescendo (Foto: Divulgação/Telegram)

Disponível gratuitamente para Android e iOS 7, o Telegram tem um bem design limpo, com tudo muito organizado, até parecido com o do WhatsApp, com opções de personalização dos fundos de janelas, por exemplo. Tem envio de fotos e vídeos, conversas em grupo e troca de emoticons, mas não está disponível em português nem faz ligações gratuitas como Skype e Viber.

No entanto, ele nunca foi muito popular. Até porque não tem lá grandes diferenciais para se destacar do rival. Entretanto, o aplicativo se tornou extremamente famoso nos últimos dias, por ser uma alternativa mais nova ao WhatsApp do que os muitos outros aplicativos que já estavam no mercado, como o Line, por exemplo.

Baixe novos aplicativos de bate-papo para enviar mensagens grátis no Android

Mas este absurdo crescimento de cinco milhões de novos cadastros em um dia não era esperado por ninguém da companhia. No Twitter, a empresa explicou que tinha o suporte para, no máximo, um milhão de novos registros. Por isso, teve que ficar fora do ar por um período de duas horas e desabilitar o compartilhamento de fotos até se estabilizar.

O último dado que se tinha do Telegram era de 100 mil usuários ativos diariamente (bem menos do que as centenas de milhões do WhatsApp), em outubro de 2013. No início de fevereiro, a companhia destacou que estava crescendo com 200 mil usuários novos, só da Espanha, diariamente. E, agora, viu este “boom” do final de semana.

Projeto 'não comercial'

Apesar do sucesso, o Telegram rechaça qualquer possibilidade de ser comercializado em um acordo semelhante ao que foi feito entre WhatsApp e Facebook. Isso porque o aplicativo foi criado com uma estrutura de doações de usuários, e segundo os próprios desenvolvedores, é um projeto “não comercial”.

“O Telegram não quer fazer lucro, nunca vai vender anúncios ou aceitar investimento externo. Não pode ser vendido. Não estamos construindo nenhuma base de usuários, estamos construindo um mensageiro para as pessoas”, diz o site oficial do Telegram.

Mesmo com este crescimento, o Telegram ainda está longe de incomodar o WhatsApp. O mensageiro recém comprado pelo Facebook anunciou durante participação no evento MWC 2014, nesta segunda (24), que chegou à marca de 330 milhões de usuários diários e 465 milhões mensais.

Via TNW

Como instalar 2 WhatsApp em um celular dual chip? Descubra no Fórum do TechTudo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Rafael Rocha
    2014-03-13T17:49:49

    Fraco ainda.

  • Ian Gabriel
    2014-02-25T18:54:04

    tbm tem o 'migram beta' que é o telegram do windows phone, mas vcs nunca colocam windows phone, não sei pq